Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

CÓDIGO ABERTO > Código Aberto

A “gritometria” como ferramenta de participação do leitor

Por Carlos Castilho em 28/09/2009 | comentários

A página Nós e Você: Já são dois gritando está desbravando um território ainda pouco explorado na imprensa brasileira. A proposta das organizações Globo de abrir canais de participação para o público é uma das raras iniciativas das indústrias brasileiras da comunicação voltadas para a valorização do consumidor de informações, seja o leitor, ouvinte, espectador ou internauta.


 


É claro que o conglomerado global procura ocupar espaços no ambiente Web e usa eficientemente o marketing crossmídia, ao divulgar a iniciativa pelos seus jornais impressos, rádios, televisões e sites noticiosos na Web. Mas é inegável que o Dois Gritando também contribui para que as pessoas em geral comecem a se acostumar com a nova participação interativa.


 


O site marca a segunda etapa de campanha “Muito além do papel de um jornal”, por meio da qual as Organizações Globo procuram desvincular-se da percepção pública que a associa ao jornal e à TV Globo para posicionar-se como prestadora de serviços de informação voltados para as necessidades diretas da população.


 


O Dois Gritando foca nas preocupações da população carioca, oferecendo um cardápio de 35 temas sobre os quais os visitantes do site podem postar comentários com até 900 caracteres. Cada comentário, por sua vez, é avaliado por outros visitantes que podem concordar ou discordar.


 


No dia 28/9, o cardápio apontava o tema corrupção como o mais acessado, com 891 comentários. Em segundo lugar vinha a violência do crime organizado com 295 referências distribuídas entre itens como arrastões, assaltos, balas perdidas e milícias. A saúde pública foi o terceiro tema a receber mais comentários, com um total de 294, seguindo-se a morosidade da justiça (233) e a educação pública (211).


 


A relação dos temas que mais despertam a atenção do público não tem nenhuma novidade porque ela está presente em todas as pesquisas de opinião realizadas nos últimos 10 anos. O que chama a atenção é a relevância adquirida pela corrupção e a irritação, que várias vezes se transforma em raiva contida, nos comentários de internautas.


 


Tentei saber se os comentários do Dois Gritando são submetidos a uma filtragem previa antes de serem publicados mas não consegui a informação desejada até a publicação deste texto. Mas vou continuar pesquisando porque é muito provável que exista alguma forma de monitoramento, porque o público do site parece muito comportado, contrastando com as opiniões, em especial sobre corrupção, expressadas em blogs que não monitoram comentários.


 


O site incorpora um componente lúdico ao dar a seus visitantes a possibilidade de medir o seu grito de protesto, usando a voz e o microfone do seu computador. Seria ótimo se a gente pudesse ouvir os gritos que foram dados. Uma verdadeira catarse. A página permite a participação do público por meio de mensagens Twitter.


 


O projeto Dois Gritando funciona em estreita ligação com o Eu Repórter , que é a página de jornalismo cidadão do conglomerado Globo. Com isto a maior corporação midiática do país largar na frente de todos os demais grupos nacionais da indústria da comunicação em matéria de buscar uma reaproximação com os leitores, ouvintes e espectadores.


 


A iniciativa global ajuda a criar uma maior consciência pública sobre a participação cidadã na produção de informações. Mas vai ser interessante observar até onde ela está disposta a bancar esta proposta, porque estamos nos aproximando de um período eleitoral onde as opiniões dos eleitores tendem a uma polarização.


 


O conglomerado Globo tem posições políticas e eleitorais bem definidas. Se ele tentar bloquear posicionamentos diferentes, certamente haverá uma forte resistência do público e a reaproximação com o leitor pode ir por água abaixo. É o risco que correm tanto os sites de empresas jornalísticas como os blogs individuais, quando entram em rota de colisão com os seus visitantes.

Todos os comentários

  1. Comentou em 07/10/2009 andrea frossard

    Sobre eleições, politicages e assédio moral

    A incompetência absoluta é aliada da ignorância
    Logo, a relativa é associada à demagogia e a propaganda enganosa
    O espírito maquiavélico é reduzido à extrema vulgaridade
    A filosofia é de bolso
    A gaiola dos desesperados repletas de quadros sobre a sublime postura da ética
    continuam enfeitando as paredes
    E o bicho homem confunde hierarquia com poder que oprime
    Urge uma reforma de base
    Umas vigas estão corroídas
    Outras com um bom trabalho comunitário tornam-se firmes
    As telas velhas e quebradas precisam de remoção para Gramacho
    Alguns alunos precisam retornar à escola e aprender as diferentes formas de violência e como evitá-las
    Para que haja o Fim da Impunidade
    Para que haja o Fim da ditadura do terror e do dinheiro
    È necessário muito esforço, mas é possível
    A começar por diferir os mocinhos dos bandidos.

    Por Andréa Frossard

  2. Comentou em 02/10/2009 Cristiana Castro

    A Globo é a TV, o resto a gente pode esquecer. Caraca, se um dia eu gritar junto com o Ali Kamel, das duas uma, ou me interna pq eu enlouqueci ou me erra pq eu fiquei super hiper ultra mega multi milionária! ( nesse caso, manda me matar pq eu quero ser feliz mas não quero ferrar ninguém.)

  3. Comentou em 01/10/2009 Anderson Porto

    O site é uma porcaria, muito mal feito, com layout e usabilidade péssima e o que é pior: não funciona para o propósito que foi criado. Em resumo? Uma M**** !!!

  4. Comentou em 01/10/2009 SILAS DE OLIVEIRA E SILVA

    Depois de ‘milhões’ de anos alienando a população com notícias trágicas e vida fácil, alguns esboços de interação começam a surgir não só na Globo. Está mais que na hora das emissoras assumirem (apoliticamente) a cobrança efetiva ante os políticos, em nome de todos os brasileiros, de todos os problemas que emperram o pleno e igualitário desenvolvimento do Brasil

  5. Comentou em 01/10/2009 rogerio pocebon

    abril para opiniao e muito diferente do que foi feito por elles ate agora. sera que elles seguram essa peteca,e so ollhar no you tube sobre a globo.somente com opinioes divergentes sera concretizado o que querem.

  6. Comentou em 01/10/2009 marcelo muniz

    caro senhor carlos…. de nada adanta na minha opinião o globo e qualquer outro veiculo de comunicação colocar essas medidas de participação se só se restringir a um publico restrito.. eu acharia muito mais produtivo se o globo começasse em seu horario nobre colocar materias que pudesse conscientizar a população brasileira dos reais motivos da decadencia do pais.. se por exemplo colocassem matrias como o que faz um prefeito um governador porque houve a fusaõ do estado da guanabara e para que se destina porque um senador leva consigo um suplente indicado quais os candidatos fichas sujas que podem voltar ao poder..enfim assuntos que todos devriam ter a informação necessária.. a despeito de algumas pessaos terem acesso a internet.. que vota e quem elege essa gente saõ pessoas que na amioria das vezes estão nos rincoes desse brasil.. o que adinta eu, voce e alguns leitores dessa midia expressr suas opinioes se a maioria não estão sabendo do que acontece? na minha opiniãoe como enxugar gelo…lembre-se o estado do rio de janeiro elegeu um governador de bem longe do municpio de campos agora pergunto.. foi o povo do rio de jeneiro que elegeu? eu digo seguramente que não;; aqui na cidade do rio de janeiro ele teve uma rejeição absurda só que ganhou com a apio de uma religião e de municpios que nada tinham a ver com a cidade do rio de janeiro

  7. Comentou em 30/09/2009 Cristiana Castro

    É mesmo Antônio Carlos, eu nem me lembrava disso! Era o dia inteiro aquilo na televisão, Zé Carlos, mostra o buraco! Zé Carlos mostra o esgoto! Zé Carlos, Mostra D. Severina andando na lama… Tudo era culpa do Brizola.

  8. Comentou em 30/09/2009 Fábio de Oliveira Ribeiro

    É… mas o JN continua a provocar desinformação:
    http://www.jornaldedebates.com.br/debate/quais-os-verdadeiros-
    valores-sociedade/artigo/jn-jornalismo-desinformativo/13677

  9. Comentou em 30/09/2009 Antonio Carlos Silva

    Logo quando Brizola foi eleito Governador do RJ, a Rede Grobo para fustigá-lo criou o jornal local com jornalismo nos bairros durante todo o horário matutino, então companheiros, podem ter certeza, o conglomerado groubista já está se reestruturando para os próximos embates contra a esquerda a partir de 2010 .

    Sds.

  10. Comentou em 30/09/2009 Cristiana Castro

    Eu não confio tb não. Qdo eu vi no jornal uma página inteira do tal de Dois Gritando onde um dos dois era a(o) Globo e o outro o leitor, pensei, Céus! O que vem por aí?

  11. Comentou em 30/09/2009 Marcelo Idiarte

    Eu não sei explicar porque as coisas que vêm da Globo não me entusiasmam… Ou melhor, eu sei explicar: é por causa do passado (infelizmente sempre presente em todos os atos do grupo). A Globo tem tantas manchas em sua história que até as – supostas – boas intenções carecem de credibilidade. Mas talvez seja mero exagero de um cético. De qualquer forma cabe reportar que a campanha Dois Gritando tem um erro de concordância em um de seus itens, flagrado pelo professor Arquimimo Novaes e reportado em meu blog: http://idiarte.wordpress.com/2009/09/22/dois-gritando-e-alguns-rindo/

  12. Comentou em 29/09/2009 Gracielle Aparecida Carvalhaes

    Não consegui entrar no ‘Dois gritando’. Será que já tiraram do ar?

  13. Comentou em 29/09/2009 Henrique Carvalho

    A idéia do site é boa, mas como bem você Castilho ressaltou, temos que ver até onde a Rede Globo vai querer bancar esta idéia. Temos que analisar também que as opiniões não são postadas diretamente do usuário. Ainda há uma censura implícita nesta interatividade, o que demonstra certo temor da organização global em abrir literalmente o canal para o seu consumidor midiático. A interação entre produtor e consumidor de notícias está entrando nos eixos, quem sabe a barreira está sendo quebrada, o medo da perda de controle está acabando. O grande teste será na próxima eleição, será que veremos opiniões distintas à da grande poderosa da comunicação nacional? É esperar para ver, o importante é que o primeiro passo já foi dado. Um grande abraço.

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem