Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1006
Menu

CÓDIGO ABERTO > Desativado

A mídia e o álcool

Por Bruno Blecher em 03/04/2007 | comentários

Tem mais excitação do que informação na mídia sobre etanol. Ora o Brasil é o líder mundial dos combustíveis renováveis e salvador do Planeta, ora os usineiros são tachados de senhores de engenho e escravocratas. Está certo que este é um país de extremos, mas vamos ficar na média.
 Depois da visita de Bush aos trópicos e do bate-volta de Lula aos EUA, vale a pena fazer um breve balanço da cobertura etílica. Faltou substância. A maioria dos jornais e revistas improvisaram a cobertura do tema, mobilizando gente de várias editorias.
 Agora, nesta fase da entressafra, vale preparar melhor o time. Especializar pelo menos um repórter na área da agroenergia, que envolve agricultura, ambiente e economia.


 Uma boa dica é o mega-evento que a Unica está preparando para junho próximo. O Ethanol Summit 2007, em São Paulo (SP),vai debater o presente e o futuro do etanol no mundo, suas implicações sócio-econômicas e ambientais. Alguns nomes:Melinda Kimble (presidente da United Nations Foundation), Daniel Yergin (Cambridge Energy Research Associates, ganhador do Prêmio Pulizter), Iwao Okamoto (ex-presidente do Japan Bank for International Cooperation), jornalista Vijay Vaitheeswaran (The Economist), o presidente Lula e o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso. 


 
   

Todos os comentários

  1. Comentou em 06/04/2007 Tobias Ferraz

    Mestre Bruno, não se assuste que aparecer foto de uma touceira de ‘napiê’ em reportagem sobre cana. A tigrada dos jornalões deveria chamar a roça de Vossa Excelência, tamanha é a intimidade.
    Forte abraço.
    ///

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem