Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

CÓDIGO ABERTO >

As ´descobertas` de Cabral

Por Luiz Weis em 27/07/2008 | comentários

De chorar a reação do governador fluminense Sérgio Cabral à violência sofrida por repórteres-fotográficos de três jornais na Vila Cruzeiro, quando cobriam uma caminhada do candidato a prefeito do Rio, Marcelo Crivella.

Situada no Complexo do Alemão, Vila Cruzeiro, lembra o Globo hoje, foi onde mataram o jornalista Tim Lopes, há seis anos.

Ontem, traficantes obrigaram os fotógrafos a apagar de suas câmaras as imagens da visita. “Mandei não tirar fotos”, falou um deles, armado com um fuzil.

Aí o governador soltou uma nota dizendo que cada vez que se impede o trabalho da imprensa “é sinal de um estado de exceção” – como se os responsáveis fossem autoridades truculentas, e não bandidos, e a nota fosse de uma associação de jornalistas. “O direito de ir e vir de candidatos e da imprensa é sagrado”, disse também, como quem acaba de descobrir a pólvora.

E arrematou: “Fatos como esse, gravíssimo, tornam evidente a necessidade de combate sem tréguas à criminalidade”.

Tornam evidente, isto sim, a necessidade de combate à criminalidade não só sem tréguas, mas com menos sangue e mais competência. Como O Globo de hoje dá na primeira página: “Polícia mata e morre muito, mas prende pouco”.

P.S.

Sobre as milícias que, entre outras coisas, dizem que candidatos podem ou não podem subir aos morros do Rio, o caderno Aliás, do Estado, publica uma bela entrevista com o escritor e jornalista Zuenir Ventura, autor de Cidade Partida.

Pena que a lamentável edição on line do jornal não traga nem a entrevista, nem o próprio Aliás.

P.S. 2 Acrescentado às 16:10 de 29/7: Leitor me adverte que o Aliás é, sim, acessível. Desde que o interessado clique em Suplementos, na página inicial da edição, e depois no link com o nome do caderno, na linha fina que aparece em seguida. A propósito, nunca pensei no Aliás como um suplemento, mas um caderno semanal. E continuo pensando que a edição on line é lamentável – não se compara com a versão original de anos atrás.

Todos os comentários

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem