Domingo, 18 de Novembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1013
Menu

CÓDIGO ABERTO >

Blogueiros consomem mais notícias que público comum

Por Carlos Castilho em 20/07/2006 | comentários


Quem diz isto é ninguém menos que o influente Pew Internet & American Life Project numa pesquisa de quase um ano sobre os hábitos de internautas e blogueiros norte-americanos e que foi publicada nesta quarta feira (19/7).


Nada menos que 95% dos 250 autores de blogs entrevistados afirmaram que lêem regularmente notícias online, um percentual muito mais elevado do que a população comum e quase 20% maior do que o dos internautas.


O interessante da pesquisa é que a maioria dos que visitam blogs rotineiramente criaram seu próprio cardápio noticioso, onde os sites de grandes jornais e redes de televisão formam apenas uma metade. A outra metade é formada por outros blogs e páginas de informação alternativa.


Os resultados da investigação mostram também dados não menos surpreendentes, como o fato a juventude dos blogueiros ( 54% tem menos de 30 anos), de não haver grandes diferenças entre sexos e nem entre grupos étnicos. É claro que estamos falando apenas dos Estados Unidos.


Outro elemento que vai alimentar muitas especulações é o fato de nada menos de 77% dos donos de blogs entrevistados produzirem regularmente textos que são publicados como uma forma de realização pessoal, sem preocupação com exibicionismo ou desejo de ganhar dinheiro.


Perguntados se encaravam a sua atividade como uma variante de jornalismo, 35% disseram que sim, e 65% não, indicando que a grande maioria tem claro as diferenças que existem entre estilos de narração. A pesquisa mostrou que 1/3 dos entrevistados admitiu usar técnicas jornalísticas como checagem de informação e diversidade de fontes, na hora de produzir um texto, mesmo nos casos em que de autores de diários e autobiografias.


A pesquisa é riquissima em informações e dados sobre o perfil desta nova geração de produtores de conteudo na web. Uma geração que começa a revolucionar a forma como nos relacionamos com a informação e com os veículos de informação.


Se somarmos o fato de que já existem cerca de 49 milhões de blogs ( ver detalhes no site Technorati) em todo o mundo e que este tipo de página pessoal se multiplica ao ritmo de aproximadamente uma nova a cada segundo, estamos diante de um fenômeno cujo potencial revolucionário em matéria de comunicação não pode ser desprezado.


Não há mais muitas dúvidas de que os weblogs estão configurando uma das marcas registradas dos tempos em que estamos vivendo. Tempos em que pela primeira vez na história da humanidade, as pessoas comum conquistam o poder de publicar, acabando com um monopólio de cinco séculos da imprensa convencional.

Todos os comentários

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem