Sábado, 18 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

CÓDIGO ABERTO >

Caminhamos para um ‘apartheid’ informativo

Por Carlos Castilho em 14/12/2013 | comentários

Onde as pessoas buscam notícias? Até bem pouco tempo atrás a resposta era simples, mas desde a massificação do uso da internet a questão deixou de ser óbvia. Os jornais e a televisão perderam a hegemonia e as redes sociais ganharam um protagonismo inédito e inesperado. Não se trata apenas de trocar um veículo de comunicação por outro, mas de uma mudança de comportamento e de valores cujas consequências ainda não foram totalmente compreendidas.

Uma pesquisa feita nos Estados Unidos revelou que o site Reddit é o mais acessado por adultos norte-americanos procurando notícias, com 22,7 milhões de visitantes únicos por semana (dado fornecido pelo site), um total quase seis vezes maior do que a soma dos leitores das versões online e impressa do The New York Times, o mais importante jornal norte-americano.

O Reddit é uma microempresa digital criada em 2005 e integrada por 29 profissionais e oito estagiários. Já o Times tem 156 anos de existência, cerca de mil funcionários e uma receita operacional anual de 230 milhões de dólares (dado de 2011), enquanto a do Reddit mal consegue chegar ao 2 milhões de dólares.

Mas o mais importante de tudo não são os números e sim o tipo de notícia procurada pelos leitores do Reddit e do NYT. O Reddit é uma comunidade de usuários da web onde cada indivíduo pode publicar notícias (desde que seja usuário registrado) que por sua vez são avaliadas por outros usuários. Caso a notícia seja considerada válida, ela sai publicada na primeira página do site, obedecendo a uma hierarquia que leva em conta o número de votos recebidos do público em geral, o grau de atualidade e o número de comentários postados por leitores.

Estas características fazem com que a agenda noticiosa do Reddit seja radicalmente diferente da obedecida pelo Times. A comparação das duas agendas feita às 14h30 de sábado (14/12) mostra a seguinte relação das dez principais notícias nas respectivas edições online:

Reddit

1. Fac-símile da conta enviada por um hotel norte-americano para a mulher de um empresário que usava quartos para encontros com prostitutas;

2. Foto do degelo da neve numa cidade europeia mostrando a figura gigante de um homem na encosta da montanha;

3. Foto de um filhote recém-nascido de cachorro pendurado numa arvore de Natal;

4. Notícia do presidente da Islândia expulsando agentes do FBI que investigavam o Wikileaks. Legenda da foto: “Aqui prendemos banqueiros e não ativistas”;

5. Leitor pede publicação de fotos de eventos sobrenaturais;

6. Ator Christopher Lee lança disco heavy metal aos 91 anos;

7. Cantor Marylin Mason publica artigo polemico sobre o massacra na escola de Columbine;

8. Notícia do presidente do Uruguai rechaçando criticas norte-americanas à lei que legalizou o uso e cultivo da maconha no país;

9. Notícia sobre adolescente brasileira que se prostituiu para conseguir ingresso para a Copa do Mundo em São Paulo (detalhes aqui);

10. Google compra fábrica de robots eletrônicos.

The New York Times

1. Direita americana pressiona republicanos na questão do orçamento federal;

2. Desparecimento de espião norte-americano no Irã;

3. Polêmica sobre o fechamento de pista em ponte de acesso a Manhattan;

4. Balanço de um ano do tiroteio na escola de Newtown;

5. Fama e desgraça de um imitador do presidente afegão;

6. Velório de Mandela chega a etapa final;

7. Legalização da maconha nos estados de Washington e Colorado;

8. Polêmica sobre o milionário que usou fortuna pessoal para promover agenda político-eleitoral dos conservadores norte-americanos;

9. Disputa de terras nas Filipinas;

10. China coloca espaçonave na Lua.

Tirando o caso da legalização da maconha, não existe nenhuma notícia coincidente nas duas listas de manchetes principais no período pesquisado. O fato de as notícias do Reddit terem sido votadas pelos seus leitores mostra o grau de distanciamento entre as agendas dos dois veículos. Enquanto o site procura refletir os interesses de pessoas comuns, o jornal deixa evidente o alinhamento de sua agenda ao jogo de poder na política, diplomacia e economia.

Sem fazer nenhum julgamento de valor sobre as duas agendas, o que se nota é que elas podem estar refletindo duas formas de encarar a realidade quotidiana. Por um lado, há no Reddit uma perspectiva mais personalizada, paroquial e relacionada ao quotidiano das pessoas, como mostra a preferência pelo bizarro (conta do hotel e filhote na árvore de Natal) e pelo que contradiz a agenda formal da mídia (reação dos presidentes da Islândia e Uruguai, bem como o caso da adolescente).

Na agenda do Times predominam as questões políticas e econômicas, com destaque para a diplomacia (Afeganistão, China, África do Sul e Filipinas). Esta aguda divergência de agendas é natural levando em conta a diversidade crescente de posicionamentos das pessoas. O problema é que a imprensa convencional tende a considerar a sua agenda como mais relevante e a única a ser levada em conta nas decisões nacionais. Esta visão unilateral é a responsável por grandes erros de estratégia de comunicação cujas consequências afetam mais que fecha os olhos para a diversidade.

A imprensa já há algum tempo e deixou de ser a fonte principal de informações da maioria das pessoas. Também deixou de ser referência em matéria de tipo de notícia. Com isso temos uma virtual existência de dois mundos informativos diferentes, uma espécie de ‘apartheid’ noticioso

Todos os comentários

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem