Segunda-feira, 21 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº987
Menu

CÓDIGO ABERTO > Desativado

Cinema e eleições

Por Mauro Malin em 22/11/2005 | comentários

O cineasta João Moreira Salles diz hoje na Folha de S. Paulo que o interesse do prefeito César Maia por seu documentário Entreatos, sobre a campanha eleitoral de Lula em 2002, é eleitoreiro. Maia criticou no dia 17 de novembro, na mesma Folha, a decisão do cineasta de suspender a exibição do filme. Salles diz que após surgir a crise do “mensalão” recebeu apenas um telefonema de exibidor interessado em exibir o filme durante uma semana em uma sala. E que o filme foi exibido algumas vezes em 2005.


Acusa Maia de, por interesse eleitoreiro, ter feito naufragar comercialmente outro documentário:


“(….) O prefeito não é um neófito; ele conhece documentários, já que foi produtor de um. O excelente Ônibus 174 não teria sido realizado sem o firme apoio da Riofilme, uma empresa 100% subordinada à Prefeitura do Rio. Infelizmente, Ônibus 174 teve um público bem menor do que merecia. Não foi outra a razão: Cesar Maia exigiu que fosse lançado em outubro de 2002, durante o segundo turno das eleições. O propósito era ferir a candidatura da mulher de Garotinho ao governo do estado. Longe de mim achar que o objetivo não era louvável. Mas os métodos, prefeito, definitivamente, não eram bons. Primeiro, por ineficientes. Depois, porque obrigar um filme a estrear, não por razões de mercado, mas por razões de política, é dar o primeiro passo rumo à instrumentalização da arte”.


O cineasta diz que, como Entreatos não está em exibição e o prefeito diz que vem analisando o filme quadro a quadro no seu laptop, é forçado a concluir que ele “comprou uma cópia pirata”.

Todos os comentários

  1. Comentou em 22/11/2005 Mauricio Elarrat

    Prezado Mauro O interesse do prefeito pode até ser eleitoreiro, mas o meu, não. Como não sou afeto a cópia pirata, procurei pelo documentário para locação, na rede de lojas Blockbuster, da família Moreira Salles. Infelizmente não obtive êxito, uma pena, pois deixamos de conhecer os bastidores do poder.

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem