Sábado, 20 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

CÓDIGO ABERTO >

Culpando por associação

Por Luiz Weis em 15/01/2007 | comentários

Começa a se formar na internet, ao que parece, um clima de linchamento moral do jornalista Ricardo Noblat porque a sua mulher, Rebeca Scatrut, figura entre as nove pessoas denunciadas pelo Ministério Público na ação por desvio de recursos públicos para o pagamento de contratos de publicidade do Incra (Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária), entre 1998 e 2002.

O principal denunciado é o deputado Raul Jungmann, do PPS, à época ministro do Desenvolvimento Agrário. A acusacão contra ele foi noticiada por quase toda a imprensa com destaque compatível com a notoriedade adquirida por Jungmann na CPI dos sanguessugas, da qual foi vice-presidente.

Dos principais jornais, só o Estado praticamente escondeu a informação, numa coluna de notas breves na seção nacional.

Leitores que reclamam que a mídia devia ter divulgado o nome do jornalista ao noticiar a iniciativa do Ministério Público querem insidiosamente, isso sim, culpá-lo por associação. Afinal, o seu nome não consta da ação movida pela Procuradoria da República.

O Blog do Noblat, aliás, remeteu o leitor para uma das primeiras e mais circunstanciadas notícias da denúncia, publicada no dia 11 pelo site de assuntos jurídicos Última Instância [http://ultimainstancia.uol.com.br/noticia/34446.shtml].

***

Os comentários serão selecionados para publicação. Serão desconsideradas as mensagens ofensivas, anônimas, que contenham termos de baixo calão, incitem à violência e aquelas cujos autores não possam ser contatados por terem fornecido e-mails falsos.

Todos os comentários

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem