Domingo, 20 de Agosto de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº954

CÓDIGO ABERTO > Desativado

‘Democratas’ saúdam os miseráveis e pedem passagem

Por Luiz Weis em 27/03/2007 | comentários

Tem nome de bloco de antigos carnavais cariocas o “novo” PFL: Democratas. Descendente em linha direta do “maior partido do Ocidente”, que é como o inesquecível governador mineiro Francelino (‘Que país é este?’) Pereira chegou a celebrar a Arena, esteio da ditadura militar, o Democratas colocou no topo de seu programa a defesa dos direitos humanos.

Pode?

O deputado Rodrigo Maia, presidente da sigla DEM, a ser sacramentada amanhã, apresenta o resto da fantasia do pefelê do século 21, em artigo na Folha de hoje.

”O Democratas”, escreve a certa altura o filho do prefeito Cesar Maia, “se propõe, desde já, a dizer o que pensa e o que quer, sem esperar que os marqueteiros indiquem truques oportunistas para atrair os eleitores”.

Como se o próprio nome, despojado do adjetivo “liberal”, já não fosse um truque oportunista para atrair certo tipo de eleitor.

O mais hilário, porém, vem em seguida:

“O Democratas”, diz o parlamentar, tem “apelo popular, de aliança social para apoiar os que vivem na miséria”.

Mas, pensando bem, por que não?

Se o presidente Lula disse outro dia que os usineiros eram “heróis”, por que o partido das velhas oligarquias nordestinas não poderia dizer que vem aí, heroicamente, para apoiar os que vivem na miséria?

O que, por sua vez, leva a perguntar se, no Brasil, o Carnaval não é mais sério do que a política.

***

Os comentários serão selecionados para publicação. Serão desconsideradas as mensagens ofensivas, anônimas, que contenham termos de baixo calão, incitem à violência e aquelas cujos autores não possam ser contatados por terem fornecido e-mails falsos.

Todos os comentários

  1. Comentou em 19/04/2007 José Aildo Carneiro

    Amigos, então o que vcs sujerem?O PTque continue quela abaixo dos brasileiros, como seu comunismo/socialismo mal disfarçado?

    O Democratas é uma opção frente as loucuras do Lula, que sonha em ser um novo Fidel, tentando ser outro Chavez, evcs vem falar do PFL/Democratas………..fala sério!!!

  2. Comentou em 28/03/2007 Marco Tognollo

    De PFL, virou PD (partido da ditadura) ea, agora DEM…..’que beleza’….

    de democrata esses daí devem ter somente os sapatos…

  3. Comentou em 27/03/2007 RONALD BITTENCOURT

    WEIS.
    Muito legal e engraçado o seu comentário…parabéns….
    Só acho que o pessoal do carnaval vai reclamar da comparação, afinal o carnaval não é tão bagunçado assim…..comparar política com carnaval pô…. vai acabar desmoralizando os carnavalescos pô….

  4. Comentou em 27/03/2007 Rogerio Gianlorenzo

    Luiz, sua associação com o carnaval, para esse episódio da polĩtica brasileira, é perfeita. Realmente era o que faltava a todos nós, pobres brasileiros, um partido chamado Democratas, que nasce do PFL, e que segundo o deputado Rodrigo Maia tem bons momentos em sua história. Embora o deputado tenha tentado responder, cabe perguntar: o que motivou a troca de nome, ora pois? Qualquer leigo em política ou economia sabe que algo que emplaca não precisa ter seu nome mudado, pelo contrário, o nome precisa é ser divulgado somente. Basta olharmos as marcas de refrigerante que mais vendem, os veículos que mais vendem etc. O mesmo ocorre com um partido ou político cujo nome ou apelido está ligado à sua imagem e à sua conduta positiva. Estes jamais precisariam mudar de nome para emplacar e para atrair novos e jovens filiados. Poderiamos supor então que o Democratas já nasce torto? Nasce como uma tentativa de articular a desarticula oposição? Ou não dá para supor nada, já que a música de fundo é o ‘Samba do Crioulo Doido’?

  5. Comentou em 27/03/2007 Euclides Rodrigues de Moraes

    Sr. Luis,

    A sigla me parece adequada, DEM…DEMO…DEMONIO.

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem