É um craque, salvo prova em contrário – como ele mesmo pediu | Observatório da Imprensa - Você nunca mais vai ler jornal do mesmo jeito
Quinta-feira, 16 de Agosto de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1000
Menu

CÓDIGO ABERTO > Desativado

É um craque, salvo prova em contrário – como ele mesmo pediu

Por Luiz Weis em 16/11/2005 | comentários

Aos 27 minutos de sua fala, o ministro Antonio Palocci finalmente pronunciou a palavra denúncias. Começou criticando a polícia e o ministério público de Ribeirão Preto. Não se furtará, disse, a esclarecer o que for, mas sem que se violem a honra e os direitos constitucionais – dele, evidentemente.

Queixou-se de que foi alvo de uma devassa por parte da polícia – o que, protestou, não é um critério constitucional de investigação.

Mencionou que pessoas falaram em “provas concretas secretas” contra ele. Hoje, na imprensa, as mesmas pessoas dizem que essas provas não existem, ressaltou. Declarou-se, a propósito, defensor da liberdade de imprensa. Mas quer tudo sempre “dentro da lei”.

”Eu não me considero uma pessoa acima de qualquer suspeita”, continuou. Mas reclamou das investigações politicamente motivadas contra ele.

Todos os contratos do seu primeiro mandato em Ribeirão Preto foram auditados e aprovados, disse em seguida. O seu alvo são as autoridades paulistas, não as CPIs, fez questão de distinguir.

Reafirmou, citando o que havia dito na coletiva de agosto, que não houve mensalinho em Ribeirão Preto.

Desmentiu o tucano Arthur Virgílio: não existem dois Paloccis.

Por que não processa Buratti ou órgãos de imprensa? Porque seria constrangê-los. Compreende, mas não aceita o que Buratti falou a seu respeito.

E a campanha do presidente Lula? “Não fui tesoureiro, mas coordenador do programa de governo, no lugar de Celso Daniel, o prefeito assassinado de Santo André. Não há recursos de Cuba na campanha do presidente Lula, nem de Angola, nem das FARC – mas tudo deve ser investigado.”

Não se furtará a dar todos os esclarecimentos que lhe forem pedidos: ‘Contem comigo para isso.’ Mas pede que se investigue tudo com equilíbrio e serenidade, para fortalecer e não enfraquecer as instituições.

O homem é um craque.

***

Serão desconsideradas as mensagens ofensivas, anônimas e aquelas cujos autores não possam ser contatados por terem fornecido e-mails falsos.

Todos os comentários

  1. Comentou em 25/11/2005 Jayme Barbarisi

    Natural e não poderia ser diferente !!!!
    Conforme o treinamento, Palocci mais uma vez, fala uma coisa, pensa outra e faz outra.
    Sem dúvida um craque !!!!

  2. Comentou em 21/11/2005 MARCELO PINTO Pinto

    CONCORDO E NÃO TENHO DÚVIDAS, QUE O MINISTRO PALOCCI É UM CRAQUE!
    O GOVERNO DEVERIA TORCER PARA QUE O CONGRESSO O CONVOCASSE TODA SEMANA.

  3. Comentou em 18/11/2005 Arilson Aragão Aragão

    Já está mais do que provado que à oposição Tucana e Pefelista,não interessa apuração de nenhum suposto ilícito. O que eles querem é manter o denuncismo vazio estendido até o próximo ano, para assim tentar enfraquecer o Governo.
    E, se analisarmos bem o passado pregresso desses dois partidos, veremos que o medo é muito grande, uma vez que em matéria de corrupção, malversação de dinheiro público os dois têm, sem dúvida alguma, o maior KNOW-HOW, e que se houver investigações sérias os dois fatalmente serão envolvidos até a medula, haja vista os casos de Eduardo Azeredo e Artur Virgílio envolvidos em casos de caixa dois.

  4. Comentou em 18/11/2005 Carlos Mendes

    Quero dizer q esse blog é show de bola.
    Tem uma coisa q falta ao muitos blogs que falam de política q andam por ai…IMPARCIALIDADE.
    Depois de 4 meses cai a primeira máscara, a primeira das 3 CPI´s, a do Mensalão sem provar que houve mensalão. A CPI dos Bingos, também chamada de CPI do fim dos dias é controlada pela oposição que só pensa em 2006. Ao meu ver só não foi enterrada porque o Governo não quiz. Bastava ir ao Supremo e questionar o objeto de investigação. Um dos responsáveis pela sua criação, o deputado Magno Malta disse ontem que ela perdeu o sentido. E tenho q concordar totalmente com ele. Essa, das 3 CPI´s criadas é a única totalmente voltada para o denuncismo total.
    Se aparecer um amigo do Palocci dizendo q na 3ªsérie ele roubava merenda no recreio, ele manda chamar o Ministro para se explicar. O Palocci realmente deu um baile como disse o Lula antes da ida dele ao CAE. Hoje vai para o ralo a medida provisória da Super Receita porque a oposição, capitaneada pelo Senador-Lutador Arthur Vírgilio tá pensando em derrotar o Governo no Senado (já passou pela Câmara). Pergunta, ele está pensando no Brasil??? Resposta, NÃO.
    (Ufa, como fala esse rapaz)

  5. Comentou em 17/11/2005 Pablo Vilarnovo

    Tá vendo! É só mentir com um pouco de convicção que todos acreditam…

  6. Comentou em 17/11/2005 ibrium

    Triste situação do contribuinte,
    Vejo todos falarem de denúncias (achava que imprensa noticiava, de preferencia, sem tendências) contra fulano e cicrano. Quantas CPIs tiveram resultados concretos? Quanto custa pra nós este joguete de marketing? Qual país em que alguém ameaça seu chefe de estado e fica por isso mesmo?
    Acho sim que devemos exigir que esses senhores apocalipticos das CPIs, deveriam sim, em caso de resultado nulo, ressarcir o nosso dinheiro, e trabalhar realmente.
    Cadê o projeto de lei popular das privatizações?
    Quem se lembra do Ackel na década de 80?
    Quem fala do contrato de exportação de minério por mais -sei lá- anos?
    E a regulamentação do uso do sub-solo brasileiro como vai?
    Tenho cada vez mais uma certeza, estamos pagando por serviços que não recebemos, e realmente chegando ao neo-feudalismo.

  7. Comentou em 17/11/2005 Jose de Almeida

    Este é o Brasil onde para a imprensa so existe corrupção perpetrada pelo PT, e quando conveniente por Maluf, por Garotinho, ACM, Requião… nunca pelo tucanato da privataria – o que quase acaba o Brasil. Lembra do apagão?
    Este é o Brasil onde não existe Dossiê Cayman mas ‘é fato’, puro e líquido que um país miseravel mandou 3 milhões para um partido entregar aos ‘goelas’ da República.
    Este é um país normal. Onde a imprensa, auto-classificada como deusa, somente trabalha a troco de polpudas verbas ou promessas delas. Tudo custa dinheiro, né?

  8. Comentou em 16/11/2005 Iolando Fagundes

    E bota craque nisso! Como eu já havia reportado em outros blogs, sem dúvida nenhuma é um médico que entende de economia. Quanto a oposição, sem dúvida nenhuma, vem demonstrando que não está mais afim de investigar nada, só quer mais circo e mídia em torno dela. Deu prá perceber que são incompetentes quando são discutidas idéis e não ilações, factóides, acusações, etc… Se aprofundassem o debate ainda mais iam perceber o grande contraste entre os 8 anos do governo passado e os resultados do governo atual. Como explicar números tão díspares? Se os dois usaram a mesma receita de bolo, podemos concluir então, que o Governo Lula foi mais competente. Sugiro aos urubus e aves de mau agouro que convoquem o Palocci para a ‘CPI do fim do mundo’. Colaborem mais ainda para mostrar a irresponsabilidade, já verificada pela maioria do povo brasileiro, de uma oposição que tenta desesperadamente minar as chances de reeleição do Lula, utilizando-se de todos os meios possíveis e inimagináveis.

  9. Comentou em 16/11/2005 Ary Carlos Moura Cardoso

    Prezado Luiz Weis:

    De fato, o nobre ministro é coerente com a patota que o gerou politicamente. Afinal, esse patido não é o do ‘CIM’? Haja corrupção, haja incompetência, haja mentira!
    E olha que essa gente se apresentava como a última grande e genuína possibilidade de mudança Progressista. Quem diria, infelizmente, sou obrigado a pensar algo tão surrealista como o seguinte: à medida em que vou conhecendo o PT, tibe, vou tendo admiração pelas irmãzinhas dos pés descalços
    do PFL. Pode isso, meu amigo? A que ponto chegamos! Que Brasil é esse?!

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem