Terça-feira, 22 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº987
Menu

CÓDIGO ABERTO > Desativado

Febem em destaque

Por Mauro Malin em 24/11/2005 | comentários

Para quem andou acusando indiscriminadamente a imprensa de poupar no noticiário a administração do governador tucano Geraldo Alckmin, como fez o PT paulista em seu programa de propaganda obrigatória na segunda-feira, o desmentido está há dois dias no destaque dado a uma rebelião de internos da Febem no bairro paulistano do Tatuapé. Tanto o Estado de S. Paulo como a Folha deram chamadas na primeira página, ontem e hoje.


Ontem, a Rádio CBN deu voz à presidente da Associação de Mães e Amigos dos Adolescentes em Risco (Amar), Conceição Paganelle, para se defender da acusação, feita pouco antes na mesma CBN pelo governador Alckmin, de que provoca rebeliões em unidades da Febem. Paganelle disse primeiro que a rebelião decorreu do descontentamento dos internos, depois que a rebelião foi provocada por funcionários descontentes com a gestão da nova presidente da Febem, Berenice Gianella. A presidente da Amar negou ter motivação política. Ela foi ouvida também no SP-TV da Rede Globo.

Todos os comentários

  1. Comentou em 28/11/2005 Mauro silva

    Mauro gostaria que com seus conhecimento vc
    conseguisse o edital da fembem SP do inicio do ano de 2000 (janeiro ou fevereiro) para assim termos o que comentar sobre varios erros da fundacao. se o senhor conseguir o
    edital gostaria de uma cópia se puder. desde ja agradeço . e eu não queria se pussivel que este email fosse publicado.

  2. Comentou em 28/11/2005 MAURO silva

    Mauro BOM DIA,comentar sobre a fundação do BEM ESTAR DO MENOR não é e não será prioridade minha , mas gostaria e muito de saber por que? os funcionários que estão em BRASILIA fazendo greve de fome não são ouvidos e não tem seus direitos conquistados perante o TRT ou STJ, pois foram acusados de torturas (sem provas).e creio que deveriam ser reconvocados e inventigados perante a corregedoria da fundação sim, mas muitos deles prestaram concurso e eu sei a situação de amigo meu que não tem nada que desabone sua conduta esta a mais de SEIS meses sem receber nada,pois foi demitido com os mais de 1700 funcionarios da fundacao estando em tratamento piscológico após passar horrores dentro de unidades da FEBEM (foi refem e roubado por menores em fuga)será que o noticiario não se interessa por essas pessoas. A pesssoa a que me refiro prestou concurso PÚBLICO em 2000 no inicio do ano, (fevereiro ou marco.Foi para o cargo de AGENTE DE PROTEÇÃO e macro regiao 12 que seria para exercer a sua funcao na grande SÃO PAULO aos arredores do ABC paulista foi chamado em 2002 para SAO PAULO (capital)não aceitou e chamado novamente em março 2004 sendo obrigado a aceitar ou perderia o direito.aceito e disseram que AGENTE DE PROTEÇÃO foi trocado para AGENTE DE APOIO que foram demitidos por acabar o cargo é certo uma pessoa que fez provas (escrita, psicoligica e fisica)ser demitido pq acabou o cargo.

  3. Comentou em 24/11/2005 Antonio Luiz Teixeira

    Ótimo. Se a coisa a coisa é tão equitativa como afirma o jornalista, então por que não enviar o tema, que é sim escândalo internacional, para a CPI dos Bingos, aquela que passa tudo e qualquer tema a limpo, excetuando-se os Bingos, obviamente. Ou então, por que não instalar-se uma CPI paulista. Ou esta seria a 65ª a ser vetada pelo governo Alckimin em São Paulo? Por outro lado, dar destaque em manchete sobre o que acontece na FEBEM é uma coisa, criminalizar e condenar como ocorre com outras manchetes referentes ao PT é outra. E essa equidade não interessa à grande imprensa por razões óbvias. São 12 anos de FEBEM, desde Covas, e a mídia virulenta contra Marta, Lula e PT, só amacia. Amanhã ela estará entrevistando o novo responsável pela área que, certamente, será mais um entre tantos outros ilustres que por lá passaram. O problema é de ideologia: prefere-se fechar e desmerecer os CEUs, onde se investe R$ 250,00/mês em cada aluno, e manter uma FEBEM, onde se gasta muitas vezes mais para humilhar e mutilar os desgraçados da vida. A quem interessa e sob qual justificativa? Certamente a resposta não virá desta mídia, cujos profissionais, em sua grande maioria, também já foram terceirizados com o dinheiro público.

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem