Quarta-feira, 18 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

CÓDIGO ABERTO > Código Aberto

Lula, o blogueiro, pode inaugurar um novo estilo político no país

Por Carlos Castilho em 27/11/2010 | comentários

Caso o presidente Lula leve adiante a sua idéia de ingressar na blogosfera logo depois de passar o governo em janeiro, esta decisão representará a transformação da internet brasileira numa nova arena partidária, com muitas chances de ofuscar os debates parlamentares e reduzir ainda mais o papel da imprensa na mediação com o público.


A entrevista de Lula a blogueiros, no dia 25 de novembro, pode ser vista como o primeiro passo concreto nesta direção, marcando um novo espaço político onde o presidente vai interagir diretamente com os internautas, passando ao largo do seu próprio partido.  Pode ser o que um amigo definiu como “Lula em estado puro”, sem o protocolo presidencial e sem os entraves institucionais.


Caso ele aprenda a manejar os segredos de um blog e do twitter, o presidente poderá voltar ao estilo conversa em  porta de fábrica” que lhe trouxe  tanta  popularidade . Só que agora usando o espaço cibernético, cujo alcance é muitíssimo maior do que o megafone dos seus tempos de sindicato.


Se Lula inaugurou um novo estilo de governar durante os seus oito anos de presidente, ele agora pode promover mais uma inovação, ao criar um novo modelo de fazer política, sem a mediação da imprensa e dos partidos políticos.  O contexto lhe é muito favorável já que vai sair do Planalto com a popularidade em alta e, mesmo fora do governo, tudo o que disser acabará na agenda política nacional, com ou sem blog.


É inevitável. Se não for Lula, pode ser qualquer outro político a empunhar o computador como ferramenta de comunicação, da mesma forma que Brizola usou a rádio para projetar-se no cenário político nacional, nos idos de 1961.


O ingresso de políticos na blogosfera é apenas uma questão de tempo, porque o sistema oferece vantagens demasiado atraentes para serem desprezadas.  Para os políticos é uma plataforma barata e eficientíssima, por conta de seu alcance universal. Para o cidadão é ainda mais atraente porque lhe dá a possibilidade de intervir no debate, coisa que até agora era inviável.


Durante a campanha eleitoral de 2010, a blogosfera entrou em transe por conta das discussões contra e a favor de Lula. Vocês já imaginaram o que acontecerá quando e se o próprio Lula começar a postar sobre tudo e sobre todos?


Há, no entanto,  uma outra cara da moeda. A polarização inevitavelmente gera uma guerra informativa em que a verdade é sempre a primeira vítima. Já tivemos um pouco disso na última campanha eleitoral, mas o fenômeno pode se tornar ainda mais intenso, caso a polêmica entre lulistas e anti-lulistas se transfira de corpo e alma para o espaço cibernético, onde as limitações são muito menores.

Todos os comentários

  1. Comentou em 20/12/2010 Ricardo Jardim

    Prezado Edno Lima, você critica o sr. Lula pela incapacidade de escrita e no entanto o senhor mesmo escreve ‘acessoria’…não entendi, o senhor está sendo irônico ou ‘também’ não émuito chegado no bom português. Eu perdoo o povo, iletrado, não saber se expressar de maneira correta, mas o senhor deve ter curso superior e, no no entanto, veja só…!!! Não sou simpatizante do sr. Lula, mas não venha fazer críticas hipócritas. Por outro lado não creio nesta possibilidade de o presidente atual criar e manter um blog. A falta de educação, o desrespeito, a ignorância que vejo estampada em muitos e muitos comentários na internet vão lhe cortar o entusiasmo rapidamente. As pessoas escondem-se atrás de um pseudo anonimato na grande rede para despejar suas raivas, frustrações e falta de conhecimento. Por isso defendo sempre moderadores para filtrar o que possui conteúdo e verdadeira troca de opiniões e o que não passa de impropérios de uma parcela de leitores (?) que só quer criar polêmicas sem sentido e impertinentes.

  2. Comentou em 09/12/2010 ANDRÉ Valente

    Lula demonstra, mais uma vez ser um político no sentido pleno da palavra, o que certamente incomodará a grande mídia, acostumada ao monopólio da informação. Ele mudou a história da política nacional ao ser o primeiro operário a se eleger, o primeiro presidente (após a redemocratização) a eleger um sucessor e, agora, toma a iniciativa de manter viva sua participação política em contato com o povo. Por isso é um líder que certamente deixará na história sua marca.

  3. Comentou em 02/12/2010 mello mello_barros

    Tenho a impressão que em matéria de comunicação o Presidente Lula dá lição em qualquer um de nós. Pode errar na ortografia, na concordância, em figuras de linguagem, mas…sabe atingir o receptor como ninguém. Muitos dos que duvidam de sua capacidade erram também ( é humano). Mas com Lula a mensagem chega: três eleições vencidas seguidamente mostram que aprendeu…com as derrotas anteriores.

  4. Comentou em 02/12/2010 Max Suel

    Ex-pres Lula escrevendo num blog …. impossível de se crer …. ex-pres Lula lendo comentários de seu blog … impossível de se crer … ex-pres Lula lendo qualquer coisa que seja … impossível de se crer … não tem jeito … o Home e o texto escrito são incompatíveis.

  5. Comentou em 02/12/2010 Miro Junior

    Vou roubar aqui as palavras da Maria da Conceição Tavares sobre o Lula:’….Ignorante, coisa nenhuma. O Lula sabe mais do Brasil do que ninguém. E sabe mais de economia aplicada, prática, do que ninguém. Já é candidato desde 1989. Então, na primeira derrota fez o Instituto de Cidadania, uma espécie de ONG, e convidava todos os intelectuais. Eu conhecia-o de vista, mas aí passei a ser assessora dele. Eu, e uma série de economistas progressistas, filósofos, sociólogos…….Ele é brilhante, brilhante. Tem uma memória prodigiosa. …… Ele vai no gume. Tem um sentido de oportunidade muito afiado, uma mente muito lógica. Isso é que é impressionante. …… É dos homens mais inteligentes que conheci. Se não o mais…… É uma inteligência nata. É um génio do povo. ……. Você acha que alguém vindo de onde ele veio, com as dificuldades que teve, chega a presidente? Não. Ele é um génio do povo, mesmo, e impressiona qualquer um……..Os intelectuais como eu são clássicos. E ele é orgânico. Interpreta e representa organicamente o povo brasileiro.’

  6. Comentou em 02/12/2010 Zé da Silva Brasileiro

    Chega de intermediários. Que floresçam mil blogs como o do Lula. Políticos como José Serra, Marina Silva e Aécio Neves também deveriam ter os seus blogs, importantes canais de interlocução direta com a população, a salvo das eternas manipulações ou distorções, intencionais ou não, dos intermediários.

  7. Comentou em 30/11/2010 Pedro Lima

    O fato ainda nem se concretizou, mas já gera descontentamento.
    Na internet, eu diria: ‘Blogue e deixe blogar’.

    Na web, é como se tivessémos infinitos canais, cada um sintoniza no seu preferido. Não vejo inteligência no patrulhamento prévio.

    No mais, Lula ou qualquer outro político tem todo o direito de interagir com a sociedade sem intermediários, diretamente. Sobretudo quando o ‘atravessador’ não é isento, não tem compromisso com a verdade. Ou cobra muito caro por isso.

  8. Comentou em 30/11/2010 Cristiana Castro

    Edno, o fato de uma pessoa não conseguir expresar-se, corretamente, não significa que o que ela tem a dizer não tenha valor. Se Lula precisar de assessores, tudo bem, o que importa, a meu ver, é o estabelecimento de um canal direto, entre a sociedade e seus representantes. Eu espero que a moda pegue; prefiro entender-me com meus parlamntares, do que ficar pegando as sobras de uma comunicação ruidosa. Nesse tipo de comunicação, não pode haver ruídos. Vai ficar melhor, a gente pode xingar, reclamar, parabenizar, etc… , o sujeito, DIRETAMENTE, e tb, DIRETAMENTE, vamos ouvir o que ele tem a dizer e formar nosso próprio juízo. Castilho, eu não sei se esse tipo de comunicação é boa para tudo mas, com certeza, para a relação entre sociedade e Executivo e Legislativo, é a melhor opção

  9. Comentou em 29/11/2010 Edno Lima

    É piada achar que Lula vai sentar em frente a um computador e conseguir colocar na tela aquilo que pensa. Vai precisar de uma boa acessoria para lhe transportar o pensamento para um texto´.É sabida a aversão de lula pela leitura,que dirá pela escrita.

  10. Comentou em 29/11/2010 Boris E. Dunas

    Eu jamais me oporia ao “direito legítimo de expressão” do Lula. Ocorre que ele mesmo já manifestou inúmeras vezes a sua profunda aversão à palavra escrita (ou lida, tanto faz). Portanto, só posso aceitar como piada o “noçço guia” sentado em frente à tela do computador. Mas tem gente que acredita ou finge acreditar. Depois de me chamar de raivoso, recalcado, frustrado, inconformado, e dizer que eu desinformo e enveneno o bom debate, a gente percebe o quanto nosso bom amigo Ruy Carrano está disposto a debater… Ainda que eu fosse tudo isso que você diz, Ruy, eu jamais pretendi – ou mesmo sugeri – a exclusão de ninguém, e muito menos que as oposições devessem ser extirpadas do convívio social, como fez recentemente o seu (futuro) blogueiro preferido. Viu as diferenças?

  11. Comentou em 29/11/2010 Jarassaí Zamonari

    Muito interessante essa perspectiva de um contato mais direto com o Presidente. Talvez por se tratar do Lula a polêmica seja maior, como já anunciam os outros comentários feitos. A política em geral que para tantos de nós ainda parece ser algo distante poderia ficar mais próxima, pelo menos daqueles que sentissem necessário esse contato. Justamente por ser Internet a plataforma, ninguém é obrigado a ler ou comentar nada, na internet cada um constrói o seu próprio caminho, então quanto mais informações para que possamos confrontar, melhor.

  12. Comentou em 29/11/2010 Ruy Acquaviva Carrano Junior

    As imprecações raivosas, recalcadas e sem argumentação que o Leitor Boris colocou abaixo mostram muito bem que o espaço cibernético já está polarizado e com uma guerra DESinformativa, feita por alguns oposicionistas frustrados e inconformados, que se comprazem em envenenar o debate político em todas as intâncias (inclusive na Internet), tentando assim aliviar seus recalque e descarregar seu inconformismo.
    Assim sendo, não será o fato do Lula uasr seu direito legítimo de expressão através de um blog que irá acirrar os ânimos do debate político na internet. Isso já é feito por pessoas como esse tal de Boris aí.

  13. Comentou em 28/11/2010 antonio carvalho

    A internet aguenta tudo, pois é um espaço democrático onde todos (ainda) são bemvindos. Esperamos que não inventem um ‘controle social’ da internet que poderia produzir censura e restrições.

  14. Comentou em 28/11/2010 Boris E. Dunas

    Caro Miro… é tempo de tirar as viseiras e os óculos cor-de-rosa… e encarar a real… depois de 8 anos de Lula e PT provando a que vieram….. por que só agora o homi ia começar parecer pra mim tão magnífico quanto ele parece pra você? … inda mais num blog… escrito por militontos… De mais a mais…. a paz pela paz sempre acaba dando nisso que o Rio vive agora… Não sabia?… Ninguém é obrigado a concordar com Lula… nem comigo… nem com você… O que não é cabível é jamais aceitar uma crítica… por mínima que seja… sem vir com lições de moral mancas como essa sua…. e todos esses pontos… No mais, tente praticar o que você mesmo prega… Tranquilidade e tolerância dentro da legalidade e cordialidade….Abraços e feliz Natal e Ano Novo……….

  15. Comentou em 28/11/2010 Miro Junior

    Caro Boris; é tempo de desarmar os espíritos e começarmos a construir o futuro sem rancor ou intolerância….Esta interpretação simplista e preconceituosa do Lula não guarda relação com o mundo real….Ninguém é obrigado a concordar com ele ou com o PT (Partido da minha simpatia), mas vamos partir para discussões construtivas sobre visões de mundo, sociedade e futuro….Hoje não é mais cabível se investir na descontrução de quem não nos agrada….e o Lula na Internet vai ser uma realidade a ser digerida por quem como você não concorda com a visão de mundo que ele tão bem representa……Tranquilidade e tolerância dentro da legalidade e cordialidade….Abraços e feliz Natal e Ano Novo….

  16. Comentou em 27/11/2010 Boris E. Dunas

    Ora, o “Lula em estado puro”, sem o protocolo presidencial e sem os entraves institucionais é só o que vimos nos últimos 8 anos. Além do homem jamais ter respeitado a liturgia do cargo, ninguém tanto quanto ele pode contar com uma imprensa tão cordata e tão a postos para poupa-lo de si mesmo a cada besteira que dizia. Assim, ao mesmo tempo em que chega a ser aterrorizante imaginar o homem mais à vontade, não é possível levar a sério, sem gargalhar, que o precursor intelectual do Tiririca pretenda se dedicar a ler e escrever um blog que seja. No entanto, é perfeitamente possível crer que haverá sim um exército de “ghosts” fazendo campanha e palanques virtuais em tempo integral para a permanência e fortalecimento do culto ao mito do presidente-operário, em mais uma pantomima ridícula que contará com o apoio entusiasmado da mídia oficialista de sempre e, em grande parte, com o silêncio cúmplice da “mídia zelitista” ainda não totalmente “enquadrada”. Tristes tempos.

  17. Comentou em 27/11/2010 Miro Júnior

    A mídia empresarial dubla o que Lula diz a mais de 30 anos….Quantas vezes antes da sua primeira eleição ele teve oportunidade de falar livremente e ter suas opiniões corretamente repercutidas….Ele está corretísmo ao passar para uma nova tecnologia em vez de ficar dependendo dos donos de rádio/tv/revista/jornal…..Ele deu o recado na sua entrevista:…ele já não lê mais a imprensa nacional…

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem