Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

CÓDIGO ABERTO > Desativado

O golpe da chapa-preta. Ou, te cuida, Tereza

Por Luiz Weis em 31/10/2007 | comentários

Agora já se sabe o que os políticos querem da TV Pública.

Quem entregou o jogo foi o deputado pernambucano Fernando Ferro, do PT.

Às folhas tantas da reunião de ontem da jornalista Tereza Cruvinel, presidente da Empresa Brasil de Comunicação, onde estará ancorada a emissora, com integrantes da Frente Parlamentar Mista da Readiodifusão, o parlamentar pôs as cartas na mesa.

“Não quero uma TV chapa-branca”, começou ele, ecoando a fala oposicionista. E aí emendou de primeira:

“Mas também não quero uma TV chapa-preta, que cerceia e não deixa a gente falar”.

Não basta, portanto, a TV Câmara. Ou a TV Senado. Ou ainda a Voz do Brasil. Todo espaço será sempre insuficiente para saciar a atração dos políticos pelos holofotes.

Dá para prever que a maioria de suas excelências tratará a TV Pública conforme a presença que vierem a ter nela.

Te cuida, Tereza. Essa gente não veio ao mundo a passeio.

Todos os comentários

  1. Comentou em 31/10/2007 douglas puodzius

    É engraçado esse tipo de comentário. É uma caracteristica da imprensa, ou mais especificamente, de colunistas do tipo que é Weis. Tipos que se pensam detentores da Opinião pública. Imaginam estar com eles a representação daquilo que a sociedade pensa e quer. O paradoxo Tragicomico da recomendação que Weis faz a Tereza é que ela tome cuidado de limitar espaço, justamente daqueles que sim, de fato e de direito representam o Povo. Não faz tais observações a respeito do espaço para empresários, pagodeiros, jogadores de futebol, celebridades do BBB e principalmente, como não poderia ser diferente, não põe limites a participação de seus pares, filiados ao PIG, pelo contrário, a estes, provavelmente recomenda o espaço todo. É engraçado porque nem Weis e nem Tereza tiveram um voto sequer, nunca concorreram a uma eleição, nunca expuseram sua opinião a singela medição da urna para realmente saber tem ou não alguma importancia para o povo ou são apenas interessantes ao proprio PIG. Tudo isto a que o Dep. Fernando Ferro se submeteu para estar onde está e para dizer o que diz. Mais interessante ainda é analisar q Ferro pede apenas uma programação justa q não seja uma voz do gov. mas, também não seja uma voz da oposição então weis, qdo recomenda cuidado: ‘essa gente não veio a passeio’. Está falando do gov. ou seja do PT. Essa [ ] q entre os q tem voto foi a + votada. Tereza deve calar.

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem