Quinta-feira, 19 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

CÓDIGO ABERTO > Desativado

Ouviu e leu. Só não pôde mexer

Por Luiz Weis em 23/11/2006 | comentários

No seu depoimento à CPI dos sanguessugas, o ex-secretário do Ministério do Trabalho e ex-membro do comitê da campanha reeleitoral de Lula, Oswaldo Bargas, disse ontem que o jornalista da IstoÉ permitiu que ele lesse os originais da entrevista que fizera com os Vedoin, no dia 13 de setembro.

A entrevista, com acusações aos ex-ministros José Serra e Barjas Negri, foi articulada pelos ‘aloprados’ do dossiê e acompanhada por Bargas. Ele disse que preferiram a IstoÉ porque o PT, ‘em guerra com a imprensa’ não poderia ‘escolher qualquer jornal’ (sic).

Falou ainda que ficou ouvindo a entrevista para ter a certeza de que ‘teria o tom de que os Vedoin estavam colaborando com a Justiça’.

A única coisa que Bargas declarou não ter sido autorizado a fazer foi alterar o texto.

Ah, bom. Isto é que é imprensa independente.

***

Os comentários serão selecionados para publicação. Serão desconsideradas as mensagens ofensivas, anônimas, que contenham termos de baixo calão, incitem à violência e aquelas cujos autores não possam ser contatados por terem fornecido e-mails falsos.

Todos os comentários

  1. Comentou em 27/11/2006 Marnei Fernando

    Sem comentários aos posts do Sr. Weis

  2. Comentou em 24/11/2006 Sírio Possenti

    Em tempo: você acha que a imprensa (a ISTOÉ) seria mais independente se o repórter deixasse um emissário do PT mexer no texto final? Por que? Você conhece algum editor ou repórter que deixa um emissário de partido finalizar o texto que uma revista vai publicar?

  3. Comentou em 24/11/2006 Sírio Possenti

    Weis:

    Aguardo aprofundamento (ou mesmo pedidos enfáticos) da imprensa livre sobre a acusação feita na CPI que havia uma lista de depósitos e de transferências para pagar restos de campanha de Serra. Ou só valem as declarações que comprometem PT?
    Um telefonema de um petista a outro é indício de crime (e pode ser que seja umcrime). Mas de uma lista de depósitos a gente nem fala? Para a imprensa livre e responsável, basta o Serra dizer que se trata de um aloprado?

  4. Comentou em 23/11/2006 cid elias

    Senhor Luiz: a entrevista dos Vendoins à IstoÉ foi articulada pelos aloprados, conforme acabo de ler aqui. Esta entrevista acusa os pais dos sanguessugas, Serra e Barjas, correto? Entretanto, foram publicadas entrevistas dadas para a veja e à época exatamente com os mesmos Vendoins, nas quais acusaram ministros e membros do Governo Lula. Engraçado…ninguém articulou estas entrevistas…Naquele momento eles foram espontâneos e sinceros…apenas esqueceram de citar os velhos amigos tucanos…e quando viram a casa cair, precisaram que aloprados os articulassem…sei que não gosta do tema Luiz, mas afinal de contas, os vídeos/fotos autênticos, onde o Serra festeja e discursa tendo como pano de fundo faixas de agradecimento e dezenas de ambulâncias top de linha, rodeado de sanguessuguinhas, sanguessugas e sanguessugões, é fruto de uma ilusão de ótica? Por que o jornal onde trabalhas, bem como grobos e vejas não os veicularam nem deram a devida importância? Parece que, assim como o Dinnes, pra ti os Vendoins mentiram só no caso da Istoè, não é?

  5. Comentou em 23/11/2006 cid elias

    Weis, por gentileza, poderias me explicar: tu diz no primeiro parágrafo que o jornalista ´´permitiu´´ que ele(bargas) lesse os originais da entrevista(feita antes, ou não?). Em seguida tu solta esta ‘a entrevista…foi articulada pelos aloprados(aqui,visto que só citou um nome, estais acusando o Barjas e quem mais?)…e acompanhada por Bargas…´´ 1- Que provas te baseastes para acusar o Bragas pela articulação? 2- Se ele articulou, conforme tua ilação, e acompanhou, por que depois teria tido PERMISSÃO para ler? 3- ‘ficou ouvindo a entrevista…afinal, novamente diz que acompanhou e ainda ficou ouvindo, então weis, por que a pedir permissão para ler?

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem