Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

CÓDIGO ABERTO > Código Aberto

Pesquisa compara blogs com jornais em matéria de publicação de notícias

Por Carlos Castilho em 19/07/2010 | comentários

Uma pesquisa  norte-americana divulgada no final de junho derrubou uma série de mitos e preconceitos sobre a polêmica relação entre jornalistas profissionais e blogueiros na produção de noticias. A mais surpreendente de todas as revelações do trabalho realizado pelo Project for Excellence in Journalism (Projeto pela Excelência no Jornalismo – PEJ) foi a de que os blogs e os twitters lideram folgadamente a produção de noticias sobre ciência e tecnologia.


 


Outra revelação surpreendente: os vídeos do YouTube são responsáveis 26% da informação consumida por usuários da Web em matéria de noticias internacionais. Mais do que a soma dos blogs e twits e quase três vezes o volume de leitores das páginas internacionais na imprensa convencional.


 


A pesquisa foi feita com usuários norte-americanos mas pode ser tomada como parâmetro indicativo para países como o Brasil porque as estatísticas sobre internet feitas lá e aqui geralmente coincidem nas tendências gerais embora são bem diferentes em valores absolutos.


 


É importante contextualizar estas duas constatações da pesquisa porque o informe da PEJ não esclareceu que no noticiário sobre ciência e tecnologia uma parte considerável da produção noticiosa dos blogs e twits está relacionada à novos equipamentos eletrônicos e telefones celulares lançados no mercado.


 


Da mesma forma que a maioria dos vídeos tomados como base para medir a busca de informações internacionais no YouTube era constituída de imagens bizarras ou sensacionalistas, bem como clips musicais de amadores. Mas isto não anula a constatação de que cresce continuamente o percentual de pessoas que se informam majoritariamente pela internet.


 


Dados do Pew Center for the Internet revelam que mais da metade dos norte-americanos já se informam mais na internet do que nos meios jornalísticos convencionais como jornais, revistas, rádio e televisão. Mas quase 99% das informações publicadas online ainda tem origem em veículos convencionais.


 


É o caso dos blogs cuja fonte principal de insumos informativos continua sendo a imprensa convencional. Mas isto não é nenhum demérito para os blogueiros porque seria um desvario imaginar que eles pudessem substituir os jornais, revistas, radio e TV na supermercado da notícia. A vocação dos blogs é explorar nichos de notícias especializadas e comentar as informações publicadas na imprensa.


 


Basta ver que no item política , os blogs e o Twitter dominam amplamente o cardápio informativo dos internautas norte-americanos, porque são os canais que mais facilitam a discussão entre pessoas.  O bate boca online foi o grande responsável pelo crescimento de quase 200% nos acessos ao Twitter em 2009 segundo a pesquisa.


 


Os usuários da Web consultados pelo PEJ admitem preferem as notícias sobre medicina, saúde e economia publicadas nos jornais em vez de buscá-las na internet. É importante observar aqui que são três itens onde a credibilidade joga um papel muito importante. Ela também pesa nos demais assuntos, mas aqui as conseqüências de um erro informativo, mesmo pequeno, são sentidas diretamente no bolso e no corpo do usuário.


 


Outra constatação é de que os interesses noticiosos de blogueiros coincidiram com os da mídia convencional em apenas 13 das 49 semanas pesquisadas. A coincidência foi ainda menor entre os usuários freqüentes do Twitter e do YouTube.  Isto é também uma conseqüência inevitável da globalização dos blogs, do Twitter e do YouTube, onde a  influência estrangeira na agenda é muito maior do que na midia convencional.

Todos os comentários

  1. Comentou em 26/07/2010 Odracir Silva

    Obrigado pela resposta, caro Castilho. Entendo o seu ponto de vista, a web na sua totalidade ee isenta, pq (ainda) nao haa censura (excetuando a China). Porem, o interessante ee q em se tratando de blogs politico/sociais (principalmente na blogosfera tupiniquim) haa a formacao de ‘quistos culturais’. ou seja grupinhos q tentam propagar a info. q lhes convem. Entao haa uma certa parte dos usuarios q na verdade ficam alienados, pois somente querem ler o q lhes agrada. Alias, os propios comentaristas tentam ‘purificar’ e ‘pasteurizar’ o debate, e c/ isso haa um feed-back c/ o titular do blog. Fica uma relacao degenerada entre os leitores e o blogueiro. Entao a grande questao ee: haa uma etica dos blogueiros jornalistas? os blogueiros-jornalistas tem q seguir a etica jornalista tradicional? A importancia destas perguntas ee justamente saber quais noticias e informacoes sao isentas, ou quais sao os interesses de um certo blog. Se haa liberdade na internet, deveria haver tb transparencia. E olha q isso nao acontece somente em politica. Li em algum lugar q certos blogs fazem jabacules p/ certas companhias p/ promover os seus produtos. Abcs, Odracir.

  2. Comentou em 21/07/2010 Ibsen Marques

    Kleber, provavelmente houve algum equívoco. O Luiz costuma publicar as críticas mais ácidas desde que não hajam ofensas. O que ele faz é responder ao comentário logo abaixo (direito de resposta). Por outro lado não vale a pena baixar o nível. Faça o seguinte, mande uma mensagem a ele no ‘contato’ para ver se não ocorreu algum problema. Às vezes acontece comigo de errar na digitação do texto da caixa e não perceber que ocorreu erro porque a mensagem de erro que aparece é pequena e pede para retornar ao item comentar para redigitar o texto. Abraço

  3. Comentou em 21/07/2010 Kleber Carvalho Carvalho

    Fiz um comentário sobre o texto do Washington Araújo na seção jornal de debates e o ‘babaca’ metido a poderoso Luiz Egyptio vetou e e censurou meu comentário. até quando as viúvas do Farol permanecerão dando as cartas ppor aqui?

  4. Comentou em 20/07/2010 Odracir Silva

    Caro Castilho, e sobre a pesquisa do prof. da USP Vladimir Safatle? Se vc nao viu, acho q vale a pena, o Clovis Rossi escreveu sobre isso( http://www1.folha.uol.com.br/colunas/clovisrossi/769099-conectados-mas-fechados-em-si.shtml ). De uma certa maneira, parece q todos sabemos q isso ee o q realmente rola…

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem