Sábado, 25 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

CÓDIGO ABERTO > Desativado

Qüiproquó no blog: incômodo provocado pela miséria vira guerra PT x PSDB

Por Alceu Nader em 24/02/2006 | comentários

Há dois dias repercute o artigo do editor do caderno Folha Ilustrada, da Folha de S.Paulo, sobre Bono, ex-Bono Vox, Marcos Augusto Gonçalves. Os leitores do blog participam com cruzados de esquerda e de direita, resumindo a discussão sobre fome e miséria ao que parece ser, antes de diferenças partidárias, uma expiação dos males sociais que perduram na nossa paisagem cotidiana. Entra governo, sai governo, o constrangimento continua o mesmo.


A miséria incomoda e pendura culpas nos ombros do cidadão, sem que ele as mereça. Talvez por isso os espíritos se armem com tanta rapidez. Exemplos dessa animosidade, por exemplo, podem ser encontrados em trechos dos comentários recentes do Contrapauta. O que pegou no fígado foi o desconhecimento de causa dos argumentos, apresentados apenas para demolir a causa de um ídolo que é criação da própria mídia. Bono, pelo menos, usa o poder de difusão que tem para nos lembrar das injustiças cometidas contra países pobres, por causa da imposição de regras comerciais impostas pelos países ricos.


Nesse sentido, levando a discussão para o encontro Bono e Lula, primeiro é preciso dizer que é incorreto e estreito resumir o almoço entre os dois como um recurso de campanha do presidente do Brasil. O jogo, com a entrada do popstar na parada, passou a ser global. Ambos faturaram altíssimo, ganhando espaço em jornais e sites mundo afora.


A projeção de Lula no exterior incomoda, principalmente porque o assunto é fome. Seu governo começou com a criação de uma das maiores expectativas para se banir as cenas do nosso cotidiano, mas não tinha sequer um 0800 para orientar cidadãos comovidos e dispostos a colaborar. O apelo do Fome Zero mobilizara personalidades totalmente apolíticas, como Gisele Bundchen, cujo cheque doado ao programa demorou 45 dias para ser descontado porque, segundo justificativa oficial da época, não faltava apenas um serviço de orientação, mas também a abertura de uma conta-corrente no Banco do Brasil. O marketing suplantara o planejamento. Embora o fiasco tenha sido diminuído quase dois anos depois, com a troca dos ministros e a organização do Bolsa-Família, muitos eleitores traídos vêem hoje apenas ilusionismo e demagogia quando Lula menciona as palavras ‘miséria’ e ‘fome’.


A desilusão é compreensível, apesar da melhora dos índices de renda e emprego. O que tem, pode e deve ser evitado é a redução do debate sério que o assunto exige ao xingatório partidário. Esse estado de espírito só garante uma coisa: a permanência da inconsciência coletiva diante de estados degradantes de humanidade criados por práticas comerciais desleais.

Todos os comentários

  1. Comentou em 28/02/2006 José Gesy de Brito Sousa

    A verdadeira causa deste incomodo a que vc se refere, na minha opiniao, eh ser um dos protagonista do fato; 1 Presidente semi analfabeto e 1 popstar mundial de conhecidas lutas sociais. Nao se discute muito a participaçao de Bono no evento, pois nao eh essa sua 1ª conversa com 1 lider de naçao. No entanto, caem de pau em cima de uma pessoa que saindo do nada, chega ao mais alto posto de um pais q historicamente foi dominado e tutelado por grupos cujo unico interesse era – e ainda eh, tirar proveito da situaçao. So quem nao conhecia as cidade do interior do nordeste pode ser contra o fome zero. Em anos atras, numa seca como essa q estamos vendo agora, os canteiros das principais vias de Natal eram invadidos por batalhoes de familias (adultos, velhos e criancas) que fugiam da calamidade de seus ligares de origem. Hoje, com a obrigatoriedade de residirem em seus minicipios, de seus filhos frequentarem as escolas locais, de participarem de eventos (entre eles cursos de capacitaçao) realizados na comunidade, para receberem o bolsa familia, esse exodo praticamente sumiu. Alem disso, nessas cidades, surgiu um capital que mesmo pequeno, passou a circular e movimentar o comercio local. Simples, nao? Mas nenhum desses diplomados e PHDs F. C. ousou fazer. So quem desconhece isso ou nao quer resolve-lo, eh contra o fome zero, contra a transposiçao do sao francisco e nao gosta de LULA.

  2. Comentou em 27/02/2006 Rogerio Martins

    A visita do Bono ao Lula é oportunismo, se fosse ao FHC ou ao governador ou prefeito de São Paulo, seria prestigio… mas será possível? Que coisa heim?!…

  3. Comentou em 26/02/2006 Chagas Freitas

    Outro dia me toqui do termo apologia o que parece este deus tinha o poder de levar as pessoas por ilusões por causa de miséria é facil achar esta culpada quando entendo que a causa desta fnomenal figura fazer tantas vitmas é muitomais imporante,estou ceroplageando o Presidente que só amiséria faz alguém se sentir com suas muitas carências satisfeitas porque esta recbendo $90,00 por mês sem a menor esperença de um dia poder prover por se mesmo. sendo que isto custou não menos doque a redução do crecmento em pelo menos 2% do Produto Bruto interno com reflexo na falta de ofertas de empregos aos jovens que entram no mercado de trablaho mujito além doque a produtividade de 2% no ano 2005 criou fica o deficite para o proxio ano e agora vem o Goveno dier que ese ano creceremos crca de 5% é preciso muito boa vontade para acreditar visto o investmento para ciar emprego lé de no maximo duas vezes mais doque vai ser gasto em bosas de ajuda por tempo indefinido que é muito mais util para argumento de campnha doque para resgatar a dignidade do povo desafavorecido- comoalgém ja disse quem esta como fome malhe parece banquete e mesmo angú parece vatapá e farelo de sardinha é caviar mas vejo que esta culpa atribuida ao PT e PSDB pelas circuntancias que os colocou em confronto ideologico me parece um querer credenciar mas uma aventura aos eleitores credulos logicamene à esquerda siamesa do PT

  4. Comentou em 26/02/2006 Célio Mendes

    Os pássaros de bico longo realmente estão alvoroçados, será que é por causa das ultimas pesquisas de opinião ? sei lá, vai saber o que se passa na cabeça destas aves que adoram ficar pousadas em cima do muro, e quando descem é sempre pro lado direito onde se encontram com os abutres liberais (eles não escolheram este símbolo mas bem que podiam), vai ver que é por isso esse súbito ataque ao Bono, um cara que toma atitude contra a ordem neo-liberal não pode granjear a simpatia destes pássaros que durante oito anos defenderam que não havia outro caminho a não ser seguir os ditames do consenso de Washington, de alguma maneira eles tem que tentar desacreditar a prova viva de que eles estavam errados.

  5. Comentou em 25/02/2006 joão Maria Fernandes

    hahahahahah, mas estou rindo àtoa…. acho que um ídolo mundial pop não se esporia atoa…. depois de votar 4 vezes no companheiro Lula, não só não me decepcionei como estou impressionado…. superou as espectativas minhas…. quero mais 4 anos para ele…..e a todos os homens e mulheres que quiserem realmente transformar este país… so quem ja passou fome, dificuldades sabe o que representa os programas sociais do governo Lula… quem comeu agua com farinha e ovo frito… hoje sou professor de história e….. que bom que temos um Lula na presidência do Brasil…. vida longa ao PRESIDENTE….. UAUUUUUUU….

  6. Comentou em 25/02/2006 maria santos

    Um belo espetáculo o Bono proporcionou.
    Um País mais justo com os pobres, nosso presidente faz força para conseguir.
    Os malvados fazem força para que ‘tudo’ se torne um fracasso…mas com uma inteligência invejável, nosso Presidente supera os obstáculos e consegue que o Brasil, em meio à paralisia e ao caos político, cresça…
    Impressionante o abraço dos gigantes da PAZ, da AMIZADE, do ENTENDIMENTO…os povos aplaudem esses homens que não medem esforços para tornar o mundo melhor e menos injusto…pq. alguns brasileiros ainda insistem em não ver?
    Alceu, procurei esse assunto em todos os blogs e não encontrei. Vc. está de parabéns por sua imparcialidade.

  7. Comentou em 25/02/2006 Iolando Fagundes

    Creio que cada Leitor merece o Jornalista que acessa. Pelo visto, além de muitos Jornalistas, existem muitos leitores desinformados. Muitoas comentários aqui são levianos. Gente,parem de ler apenas as manchetes, aliás, o título das manchetes. Pesquisem mais sobre o que vcs vociferam, se é que realmente desejam se aproximar da verdade. Com relação ao Bono, parece que nem os subsídios dados por Alceu para que o leitor se informasse valeu apena. Um cara não é indicado para prêmio nobel da paz apenas subsidiado em MARKETING. A reação de alguns leitores aqui só reforçam a hipótesese do Alceu. Quanto a luta pela miséria, que tal ao invés de criticar o Bono assumirmos que todos nós somos co-responsáveis pela perpetuação das desigualdades que existem no nosso país?

  8. Comentou em 25/02/2006 Igor Healt

    HELCIO quer dizer que o Lula é o culpado pela má utilização do Bolsa familia por prefeitos corruptos? Não seria mais interressante que ao invés de cobrar do presidente a fiscalização de cada grotão deste país, os próprios cidadãos denunciassem os casos de desvios de verbas? Só quem é cego e ddesinformado desconhece os benefícios dos programas sociais do governo Lula. Talvez devido a própria tendência de algumas pessoas de, ao invés de enfrentar o problema de frente, joga-os debaixo do tapete ou simplismente tenta usar de espertezas, caso do suborno oferecido aos sem teto pelo ALKIMIN, ou o caso das RAMPAS ANTI-MENDIGOS idealizadas pelo SERRA. Enquanto alguns acham defeitos, eu vejo as grandes virtudes de um governo que resolveu encarar seus problemas de frente, dentre os quais, programs de inclusão, como o PROUNI, LUZ PARA TODOS, BOLSA FAMÌLIA, PROGRAMA DE REPARAÇÂO, CRIAÇÂO DE QUOTAS nas universidades, INCLUSÂO DIGITAL etc… TAlvez, para alguns governantes, fazer de conta que o nosso país é uma democracia racial e esquecer que temos uma imensa dívida a pagar, seria muito mais cômodo.

  9. Comentou em 25/02/2006 Ricardo Camargo

    Cada vez mais o fato-acontecimento passa a ser menos importante que o fato-vestimenta (em Portugal, o fato-acontecimento ainda é ‘facto’). Que quero dizer com isto? Quero dizer que menos importa, hoje, o fato do que quem a ele se refere e quais correntes a ele emprestam relevância. Por exemplo, torna-se praticamente interditado o debate da estrutura fundiária, porque, quem o pretenda encetar já vem a ser estigmatizado como defensor dos ‘baderneiros do MST’. Debater se, efetivamente, as privatizações, se teriam produzido os benefícios propalados – é bom recordar que a Turquia do pós-kemalismo (1945-1960) adotou um programa de privatizações^e atração de investimentos externos – ou se, ao contrário, haveria que se rastrear a possibilidade de haverem produzido malefícios, porque isto vira um debate entre PSDB e PT. Estou, pois, de acordo com o texto, neste sentido preciso.

  10. Comentou em 25/02/2006 Haroldo Mourão Cunha

    Alceu, li sua coluna de ontem e quando fui ver os comentários, me decepcionei imensamente. Nem postei o meu, tamanha baboseiras escritas! A discussão foi para um campo inócuo, não se disse uma única palavra que falasse algo como: ‘Bem, agora temos a certeza que santos não ecxistem, temos que tomar conta do é nosso! Todos os governos anteriores ao presente transformaram esse país num puteiro! E como foi colocado por você ano passado, com um texto que circulava pela rede falando exatamente sobre a principal matéria prima de uma nação, que está faltando no Brasil, vira pantomima, uns sendo guiados por fios condutores de idéias. Senhores, consultem o sitio da Agência Carta Maior, leiam o Mauro Santayana, é muto interessante. Alceu, por favor, ponha novamente ‘Um soco no estômago’ no seu blog, essas pessas não leram!

  11. Comentou em 24/02/2006 Odracir Silva

    Li melhor o ultimo paragrafo do post e atee parece q o titular do blog nao tem nada a ver com o quiproco… Calma laa quemossabi! Vc ee o principal fomentador desta discussao ao tomar o lado do governo e em particular do presidente. Alias, me diga uma coisa, o q vc quiz dizer c/: ‘Esse estado de espírito só garante uma coisa: a permanência da inconsciência coletiva diante de estados degradantes de humanidade criadas por práticas comerciais desleais.’ (?????????) Admito a minha completa ignorancia sobre o q vossa senhoria quer dizer. O que ee a ‘inconsciencia coletiva’? Quais sao os ‘estados degradantes’? Quais sao as ‘praticas comerciais desleais’? Isto laa e peca jornalistica!? taa mais parecendo um texto do Kant, ou uma verborragia do Tom Ze. Ou seja, fica bem p/ um filosofo ou artista, mas vindo de um jornalista… (ou seraa que o jornalista ee da escola do chacrinha? 🙂 na boa… )abracos, Odracir.

  12. Comentou em 24/02/2006 Maria Eddy Cesario

    O que incomoda é ver que quem dizia que faria mais em quatro do que fizeram em oito, fez, mesmo:
    – uma imensa roubalheira
    – imensos gastos com cartão de crédito
    – imensos lucros dos bancos
    – imensas viagens
    – intensa cara de pau.

    Dá licença, que eu vou tomar um Eparema.

  13. Comentou em 24/02/2006 Miguel do Rosário

    Alceu, uma coisa é errar outra é aprender com os erros. Errar com burocracia para atender milhões de pobres é melhor que errar e vender a Vale do Rio Doce por 3,3 bilhões de reais, dar de graça 2 bilhões para o Fonte Marka Cidan, errar e dar 23 bilhoes para os Bancos no Proer, vender a Telebras com dinheiro do BNDES e ainda favorecendo um grupo; queria ver o FHC errando num programa social de peso; a gente só aprende errando, tanto empresa, ser humano quanto governos. O governo Lula está fazendo um bom governo porque está investindo na geração de emprego, no apoio à agricultura familiar. O Pronaf nunca foi tão forte e nunca teve tanto recurso, 9 bilhões de rais em 2005, 11 bilhões em 2006, cinco, dez vez mais que na época do FHC. O novo programa federal de biodiesel será uma revolução, com geraçao de emprego e geração de energia limpa. O cara que escreveu o texto sobre Bono é um idiota desinformado e a polemica que criou não é entre PT e PSDB, é entre projetos de país diferentes, entre aqueles que estão felizes com o crescimento do país e aqueles que estão irritados com o crescimento, que querem ver o país dar marcha a ré e voltar a ter um papel submisso no cenário internacional.

  14. Comentou em 24/02/2006 wagner nogueira

    O que faz a discussão política atualmente insuportável é a prepotente divisão do mundo que os petistas e tucanos fizeram: quem não está com um está com o outro. Se você critica o Lula, ouve logo argumentos contra FHC e vice-versa, como se todos fôssemos uns idiotas e não pudéssemos pensar nada diferente dos dois, nem criticar os dois. Haja saco !!!!

  15. Comentou em 24/02/2006 Odracir Silva

    Pelo q entendi nao estamos mais discutindo sobre o Bono e o seu PC, nao? Taa bom, mas seria bom o titular do blog nao misturar as estacoes. Sobre o almoco, acho q haa muita demagogia e do oportunismo do presidente. Ee um politico e estaa aproveitando a onda, nao vejo nada errado nisso. Sobre o fome zero, ee triste ver os petistas fazendo um programa assistencialista e o presidente fazendo populismo barato. Nem ai os petistas sao originais. Ee lamentavel q estejam somente perpetuando a miseria com isso. Cade aquela historia de nao dar o peixe, mas ensinar a pescar? Cade o retorno social? o programa anterior era muito melhor, o bolsa escola… a unificacao dos prog. seria bom se houvesse um retorno social. E o duro ee todo esse assistencialimo e bondade com o dinheiro do contribuinte ee feito soo por um motivo, a reeleicao do lula. Alias, outra coisa q o titular do blog nao diz (e faz manipulacao da noticia) ee que a melhora do indice do emprego e do indices de renda tem muito mais a ver com a expansao do comercio mundial do que o prog. de geracao de emprego do gov (primeiro emprego???). E mesmo assim estamos na rabeira de toda a AL.

  16. Comentou em 24/02/2006 Ruy Acquaviva

    Ano passado foram R$ 17 BILHÕES investidos no atendimento de 8,5 MILHÕES de famílias (34 milhões de brasileiros que vivem abaixo da linha da miséria). Este ano serão investidos R$ 27 BILHÕES e serão atendidos TODOS os brasileiros que se encontram abaixo da linha da miséria… O digníssimo missivista tenta menoscabar essa grande conquista citando que o programa não tinha 0800 no seu início e que o cheque da modelo demorou 45 dias para ser descontado… … … Impressionante a má fé embutida nesse tipo de argumentação… Lula transformou o combate à miséria em uma política pública consistente , com os recursos necessários para fazer a diferença e seus detratores só conseguem falar de picuinhas sem o menor peso diante do tamanho dessa imensa obra social… O FOME-ZERO, com o bolsa-família e o PRONAF são as políticas públicas mais acertadas para o combate à miséria. Por isso obtém reconhecimento internacional e é apontada pelos principais orgãos internacionais como um modelo para o mundo. E os detratores não conseguem nem reunir argumentos decentes, apegando-se nas mais banais picuinhas para tentar desmerecer aquilo que o mundo todo reconhece ser extremamente importante.

  17. Comentou em 24/02/2006 Dermeval Vianna Filho

    O pior dos males do Brasil é essa infantilidade de alguns setores da sociedade que, ao invés de discutirem que modelo de sociedade queremos, se com justiça, cidadania ou então barbárie, ficam a partidarizar tudo, como se a solução dos males do Brasil fosse se dar com a eleição de um candidato X ou Y.
    A estupidez é tanta que não se avalia nada de forma racional, tudo se limita a: Ah, o seu governo roubou mais; E você que ajudou os banqueiros; Mas fulano é demagogo; E sicrano é despreparado; Se eu chegar no poder, você vai ver…e por aí vai.
    Este debate pueril não leva a nada, vão continuar a sair e entrar novos governantes e o ciclo de miséria e desigualdade continuará a existir. Isto é jogo de quem está no poder e lá quer se perpetuar. Quando isto atinge a sociedade, obnubilando-a, fica difícil enxergar uma solução decente para o país. Acorda povo! Logo a eleição passará e o que sobrará para nós?

  18. Comentou em 24/02/2006 ARMANDO AUGUSTO RIBEIRO RIBEIRO

    Sr. jornalista,
    Vou aproveitar esse espaço, para pedir-lhe, bem como aos outros jornalistas sérios desse ‘site’, que aprofundem mais a questão da parcialidade da mídia. O ‘sururu’ está sendo alimentado – quem diria..- também pela FSP, sem falar da Veja, da Isto É, etc. O ‘blog’ do Josias é uma panfletagem geral pró TUCANAGEM, os comentários da Eliane também. O site da FSP, de ontem e de hoje, deverá servir de ‘prova’ contra LULA, nas representações do PSDB/PFL ENTREGUISTA. Eles manipularam sordidamente as declarações do Presidente, com direito a uma entrevista com o Ministro Marco Aurélio, do STF (herança maldita dos tempos COLLORIDOS). Infelizmente, o poder da grande mídia (corrupta, entreguista, parcial e fascista) pode derrubar presidentes, instituições e destruir a reputação das pessoas que atrapalhem os interesses de seus donos e sócios – aquelas famílias aristocratas, parasitas e golpistas, que há décadas dominam este país. A democracia é apenas retórica para esses senhores elitistas e seus cães-de-guarda(muitos jornalistas, juizes, desembargadores, Ministros, políticos, etc).

  19. Comentou em 24/02/2006 Haertel Duarte

    Alceu, falando francamente e sem partidarismos, eu acredito que o que incomoda é que em oito anos não se conseguiu fazer nem uma pequena parte do que se fez em três. Outra coisa que incomoda é que quem está fazendo em três não tem nem uma pequena parte da formação acadêmica de quem não fez em oito. Existem pecados não há dúvida. De uma certa forma, nos dois casos a célebre frase se encaixa bem: ‘Esqueçam o que escrevi antes …’ substituindo para o caso atual apenas a palavra ‘escrevi’ pela ‘falei’. Entendo que o maior receio que existe da turma dos oito anos é o de que o atual governo em oito sepulte de vez a direita (nos moldes conhecidos até então) no nosso país.

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem