Terça-feira, 20 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº974

CÓDIGO ABERTO > Desativado

Quem te leu e quem te lê

Por Luiz Weis em 03/07/2006 | comentários

Ontem, o Estado fez a coisa certa. ‘Endossou’, como diz hoje o Observatório da Imprensa, a denúncia, divulgada originalmente nesse mesmo site, de que 50 deputados são donos de emissoras de rádio e TV, o que a Constituição proíbe.

Ainda ontem, como manda a ética do ofício, o jornal informou que ‘a denúncia resultou de uma pesquisa realizada pelo professor Venício A. de Lima, da Universidade de Brasília’, que escreve sobre concessões e radiodifusão no mesmo OI [o seu texto mais recente saiu em 27 de junho].

Por fim, o Estado informou que o Projor, a entidade mantenedora do OI, pediu ao procurador-geral da República que investigasse o escândalo.

Mas isso foi ontem. Hoje, o jornal se apropriou da história. ‘Estado revelou que pelo menos 50 deputados são donos de emissoras, apesar de a Constituição vetar’, diz o sub-título da nova matéria sobre o caso.

‘Revelou’, vírgula. Divulgou com grande destaque – no que fez muito bem – a denúncia do professor, a iniciativa do Projor, a publicação no OI. Hoje, professor, Projor e OI não merecem nem uma réles citação na matéria que dá sequência à da véspera.

Pois é. Quem te leu e quem te lê.

***


Os comentários serão selecionados para publicação. Serão desconsideradas as mensagens ofensivas, anônimas, que contenham termos de baixo calão, incitem à violência e aquelas cujos autores não possam ser contatados por terem fornecido e-mails falsos.

Todos os comentários

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem