Quarta-feira, 26 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1006
Menu

CÓDIGO ABERTO > Desativado

TV Pública nasce de madrugada

Por Luiz Weis em 12/03/2008 | comentários

A MP que cria a TV Pública foi aprovada na madrugada de hoje no Senado, em votação simbólica.


Na hora agá, a oposição, que passou o dia tentando evitar a votação da matéria, com truques os mais diversos, se retirou em protesto contra o truque do líder do governo, Romero Jucá, que desbloqueou o caminho da TV Pública, dando um parecer contrário a outra medida provisória que estava na frente da fila.


A MP da TV caducaria se não fosse votada até o dia 21. Dia 21 é Sexta-Feira da Paixão. Portanto, ou seria votada esta semana, ou iria para o brejo: quanto mais não fosse, a nunca por demais louvada religiosidade dos parlamentares brasileiros não os deixaria trabalhar na Semana Santa.


Será educativo ver como os jornais de amanhã – os de hoje obviamente não puderam dar nada sobre o assunto, por causa da hora – comentarão o desfecho da história. Se considerarem que o líder do governo passou uma rasteira na oposição, implodindo uma MP do próprio governo, terão de considerar o comportamento de igual padrão, com sinal contrário, que a oposição vinha tendo.

Foi jogo pesado de parte a parte.

Todos os comentários

  1. Comentou em 13/03/2008 José Orair Silva

    Concordo com o professor Marco Vitis. Realmente não consta que cobras consigam passar rasteiras umas nas outras… Os senadores perderam realmente a compostura e a TV Senado vem funcionando como um BBB, desnudando as vergonhas dos representantes do povo… No Brasil dos conchavos não faz sentido uma segunda instância legislativa a criar dificuldades para vender facilidades. Outro aspecto sério é o mandato de oito anos. Sem uma eleição próxima no seu horizonte temporal o senador fica muito a vontade para assumir determinas posições que talvez não encontrassem o respaldo de seus eleitores. Penso por outro lado que mesmo a câmara de deputados pode ser reduzida em cerca de um terço. Não faz sentido um país pobre como o Brasil ter basicamente o mesmo número de representantes que os Estados Unidos, um país mais populoso e com um PIB muitas vezes maior. Penso até que tanto as despesas do legislativo como as do judiciário deveriam ter um teto estabelecido como um percentual do PIB ou do orçamento, o que forçaria as necessárias reformas, simplificação e modernização. Essa gente avança sobre os recursos públicos com uma voracidade sem limites.

  2. Comentou em 13/03/2008 Fábio José de Mello

    Para o Thomaz, audiência é sinal de qualidade. Então, que fechemos todas as emissoras públicas e deixemos apenas a TV Globo no ar, com o Faustão, BBB, Duas Caras…

  3. Comentou em 13/03/2008 Felipe Faria

    Que TV do governo? É para ser pública. Espero que o Judiciario fique atento, senão vira TV do PT.

  4. Comentou em 12/03/2008 Jose de Almeida Bispo

    ‘TV Pública nasce de madrugada’ POIS, É! AÍ TEM COISA, né Weiss? Parece até aquele bordão do Luiz Ayrão: ‘aproveitou, o silêncio da madrugada, e como uma ladra, roubou…’ Isso é que jornalismo tapioca ‘de primeiríssima qualidade’. Meu Deus! Hasta cuando?

  5. Comentou em 12/03/2008 Marco Vitis

    Ontem à noite eu vi a TV Senado. Deprimente. O senador Tasso Jereissati espumando na tribuna, dirigindo ofensas aos seus colegas. Agrediu de forma grosseira o Senador Suplicy. Em seguida a senadora Kátia do PFL ofendeu o Presidente Lula. Depois o líder do PMDB pede que se vote, pois estavam há 6 (seis) horas naquele clima de discursos agressivos e sem propostas. Pra mim, o sistema bicameral tem que acabar. O Senado não serve para nada e consome milhões dos contribuintes. Acho que não dá pra passar uma rasteira em ninguém, pois lá o nível é muito baixo.

  6. Comentou em 12/03/2008 Thomaz Magalhães

    Nasceu torta, desde a idéia da Medida Provisória. Já tem uns dois kil empregados públicos. E traço de audiência. desde já e sempre, anotem.

  7. Comentou em 12/03/2008 Luciano Prado

    A oposição está se apequenendo, cada vez mais, a cada embate. Nesse, foi vergonhosamente derrotada. Venceu a população brasielria. O assunto já fora por demais debatido. Exaustivamente. Mas a oposição pretende o quanto pior melhor. Nada que essa gente faça procuz algo de valor, algo que enriqueça a vida pública. Lamentável.

  8. Comentou em 12/03/2008 Luciano Prado

    Tudo previsível. Só que o governo resolveu endurecer o jogo. O resto é choradeira da oposição que vinha, há tempos, batendo forte. O PIG repercute dando ênfase aos reclamos da oposição. Quase tomando as dores. Mas a população está acompanhando tudo e sabe distinguer muito bem o que é ou não teatro. Em tudo que Arthur Virgílio tiver metido, com certeza é teatro, para não dizer outra coisa.

  9. Comentou em 12/03/2008 J Carlos Barros

    Parabéns para o líder do governo, ele aplicou um ‘golpe de mestre’ nessa oposição truculenta, que quer ganhar no grito. O governo aprovou coisas de interesses para o País. Ganha a democracia, pois a maioria venceu a minoria.

  10. Comentou em 12/03/2008 silvano frazao

    Graças a DEUS foi aprovado a TV do Governo. Só os demo/tucanoides para ser contra. O Senado tem, a Camara tem, a Justiça tem e porque o Governo não pode ter? Acho que eles estão com medo que o povo veja o outro lado das notícias. Bem diferentes das atuais que só apoia os demo/tucanoides.

  11. Comentou em 12/03/2008 José Amadeu Furlan

    Eu pergunto, pra que uma TV PÚBLICA????

  12. Comentou em 12/03/2008 Gersier Lima

    Eu acompanhei alguns debates sobre a criação da TV Pública e pude observar que a idéia é ótima pois a intenção é valorizar a cultura, a culinária das várias regiões do País além de abrir espaço para as produções locais, o que não acontece hoje nem mesmo com as chamadas TVs estaduais. Daí a raiva desses integrantes da oposição que sempre defendeu e continua a defender interesses de certos grupos em detrimento da maioria da população. Querem por que querem manter os privilégios. O Brasil mesmo com essa oposição que como se vê a cada dia, não está preocupada com o País, e sim em atrapalhar ao máximo o seu desenvolvimento, está mudando e para melhor.

  13. Comentou em 12/03/2008 José Joaquim Ferreira Vaz Joaquim

    Parabéns Sr Romero Jucá, o Governo está aprendendo a jogar usando as armas que a oposição sempre usou,para que o País possa se desenvolver acho correto, Robin Hood é Herói na inglaterra porque tirava dos ricos para dar aos pobres, é isso aí, vamos informar o Povo para que não aconteça como em 1998. Lula Lá (férias) em 2010…..

  14. Comentou em 12/03/2008 Lau Mendes

    Eu vi,não foi pesadelo,ou foi ? Tudo bem que sou pelo governo Lula e vez ou outra cometo algum zumbido mas, sinceramente, antes sou pelo Brasil e acredito que a nação não merece esta oposição de malandragens caquéticas, ridículas e irracionais que mais parece estar jogando uma pelada de guri, pirralhos que quando não tem sua vontade satisfeita abandonam o jogo. É de dar dó ouvir o “Vossa Excelência” dirigido a “Nossas Insignificâncias” eleitas pelo povo.

  15. Comentou em 12/03/2008 Ivan Moraes

    ‘Foi jogo pesado de parte a parte’: jogo mais pesado ainda eh ver quem votou a favor de o que e quem votou contra o que nos ultimos 3 anos de historia do Brasil. Os brasileiros que abram os olhos porque na hora de votar existem loooooongos –mas ainda completamente desconhecidos– historicos de burradas naquele congresso.

  16. Comentou em 12/03/2008 Ricardo Pereira

    Já li em alguns sites as declaraçoes do Artur Virgilio e Agripino Maia. Que me perdoem seus eleitores, mas a politica brasileira precisa se livrar de tipos assim. Quando teremos gente realmente preocupada com o destino do país? Estes tem rabo preso, como a maioria dos parlamentares que possuem canais de tv e radio. Legislar em causa propria, é o retrato desta elite retrograda. Malditos sejam!

  17. Comentou em 12/03/2008 José GAspar Ruas

    Gostei muito do seu comentario. A oposição se parece com menino criado cpela avó: quando o resultadonão lhe favorece quer levar a bola para casa.
    Sua esperença com a isenção dos jornais é inglória. Melhor ler Observatorio da Imprensa, Nassif e blogs do mesmo nível.

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem