Quarta-feira, 14 de Novembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1013
Menu

CÓDIGO ABERTO >

Um apelido básico. Definitivo

Por Luiz Weis em 31/05/2006 | comentários

Às vésperas de completar os seus 15 dias de fama, a contar da hilária entrevista em que desancou a elite a que chamou de “minoria branca” – ver “O governador é um artista” – Cláudio Lembo mais uma vez provou que vale o ingresso.

Falando ontem numa das sabatinas promovidas pela Folha, em que o sabatinado responde a perguntas de jornalistas e do público, o governador pefelista de São Paulo deu ao seu correligionário Antonio Carlos Magalhães um apelido melhor do que o clássico Toninho Malvadeza – e que está em todos os jornais de hoje.

Chamou-o de “senhor de engenho”.

Básico. Definitivo.

P.S.

Da série “Pensamentos que consolam”:

Também nos Estados Unidos o Congresso não está com nada. Pelo menos ali aparece alguém falando disso com senso de humor. É o caso do assessor parlamentar citado no New York Times de hoje: “Por enquanto as pedradas chegam por e-mail e não pela janela.”

E por falar em Estados Unidos, lembram-se de Al Gore, o vice de Clinton que ganhou, mas não levou de Bush em 2000?

Pois é. O homem voltou e está com a corda toda. A mídia americana passou a chamá-lo de come-back kid, depois que o público começou a fazer fila para ver o documentário ambientalista A verdade inconveniente, sobre sua campanha contra o aquecimento global.

Num claro sinal de que pode vir a se candidatar de novo à Casa Branca em 2008, ele acaba de ir mais longe do que qualquer político americano conhecido ao falar do bushismo. Mais longe do que costuma de ser de bom-tom no debate público americano. E mais longe do que jamais ousará a presidenciável Hillary Clinton, que transpira oportunismo por todos os poros.

Numa entrevista ao Guardian de Londres, publicada hoje, ele se refere ao presidente e à sua patota como “um bando renegado de extremistas de direita que se apossaram do poder”.

Como dizem os gringos, wow!

***

Os comentários serão selecionados para publicação. Serão desconsideradas as mensagens ofensivas, anônimas, que contenham termos de baixo calão, incitem à violência e aquelas cujos autores não possam ser contatados por terem fornecido e-mails falsos.

Todos os comentários

Código Aberto

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem