Quinta-feira, 13 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

CURADORIA DE NOTíCIAS >

Mídia, sociedade e preocupações globais

Por Carlos Castilho em 11/09/2015 na edição 867

Parece estar havendo um descompasso entre as pautas da mídia e os interesses da sociedade. Recente pesquisa do Pew Research Center – o instituto  com sede em Washington que monitora as percepções e as tendências nos Estados Unidos e no mundo – revela que a crise migratória na Europa e o conflito palestino-israelense não estão no topo das preocupações globais. Pelo menos até recentemente. Uma surpresa para os analistas que acompanham a recorrência e a espetacularização desses temas na mídia diária.

Divulgada há dois meses, em 14 de julho de 2015, a consulta foi conduzida em 40 países e envolveu 45.435 pessoas. Para 46% dos entrevistados, as mudanças climáticas e as catástrofes decorrentes, como inundações, secas etc, representam a maior ameaça ao planeta e essa percentagem cresce para 61% nos países da América Latina (no Brasil e no Peru esse índice chega a 75%).

Segundo a pesquisa, também são causas de grande apreensão pública, revelando-se desafios internacionais, problemas tais como a instabilidade econômica global (42%), o grupo Estado Islâmico-EI (41%), o programa nuclear iraniano (31%), os ataques cibernéticos a bancos e corporações (30%), a tensão entre a Rússia e seus vizinhos (24%) e as disputas territoriais entre a China e seus vizinhos (18%). O temor em relação ao EI é mais alto na Europa (70%) e nos Estados Unidos (68%).

No Brasil, é interessante observar, o programa nuclear do Irã e o terrorismo do Estado Islâmico preocupam 49% e 46% dos entrevistados, respectivamente, percentuais mais elevados do que os contatados no continente europeu e em outros países da América Latina, que apresentam médias de 42% e 33%. Já o fator da instabilidade econômica é motivo de inquietação para 60% dos brasileiros.

A análise e os gráficos estão no link:  http://www.pewglobal.org/2015/07/14/climate-change-seen-as-top-global-threat/

Seguem-se os dois primeiros parágrafos (em inglês) do resumo executivo da pesquisa do Pew Research Center:

Climate change seen as Top Global Threat
Americans, Europeans, Middle Easterners Focus on ISIS as Greatest Danger

In advance of the United Nations Climate Change Conference in Paris this December, many publics around the world name global climate change as a top threat, according to a new Pew Research Center survey measuring perceptions of international challenges. This is particularly true in Latin America and Africa, where majorities in most countries say they are very concerned about this issue. But as the Islamic militant group ISIS maintains its hold in Iraq and Syria and intensifies its grisly public executions, Europeans and Middle Easterners most frequently cite ISIS as their main concern among international issues.

Global economic instability also figures prominently as the top concern in a number of countries, and it is the second biggest concern in half of the countries surveyed. In contrast, concerns about Iran’s nuclear program as well as cyberattacks on governments, banks or corporations are limited to a few nations. Israelis and Americans are among the most concerned about Iran’s nuclear program, while South Koreans and Americans have the greatest concern about cyberattacks relative to other publics. And apprehension about tensions between Russia and its neighbors, or territorial disputes between China and surrounding countries, largely remain regional concerns.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem