Domingo, 25 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº975

CURADORIA DE NOTíCIAS > Raif Badawi, o blogueiro

Mil chibatadas por defender a liberdade de expressão

17/12/2015 na edição 881

O jovem blogueiro saudita Raif Badawi acaba de ganhar o premio Sakharov criado pela União Europeia para homenagear defensores dos direitos humanos. Badawi, de 31 anos, publicou durante três anos o blog Liberais Livres (foi retirado da web) no qual defendia a plena vigência da liberdade de expressão e livre circulação de ideias na Arábia Saudita , um dos regimes políticos mais conservadores no mundo árabe.

Badawi também defendia a igualdade de sexos e o direito das mulheres à participar da politica. Por conta destas posições, ele foi condenado, em 2014, a 10 anos de prisão e um castigo de mil chibatadas. Depois de sofrer as primeiras 50 , seu estado de saúde piorou a tal ponto que os carcereiros decidiram cumprir o resto da pena após a recuperação física de Badawi.

Ainda faltam 950 chibatadas , fato que levou Elena Valenciano, deputada espanhola , presidente da Comissão de Direitos Humanos do Parlamento Europeu a pedir que o mundo exija o fim da tortura imposta ao blogueiro saudita por meio de pressões diplomáticas e econômicas.

Reproduzimos a seguir alguns parágrafos (em espanhol) do texto de Elena Valenciano, publicado pelo jornal El País:

…Candidato propuesto por los socialistas y por los verdes en el Parlamento Europeo, Raif Badawi es el laureado de este año, en representación de todos aquellos y aquellas que en el mundo luchan por expresar, sin violencia, en sociedades muy reprimidas, sus ideas o sus sentimientos.

Hoy, Raif continúa su injusto cautiverio. En estos días y coincidiendo con una mayor publicidad sobre su caso, ha sido trasladado a una prisión de máximo aislamiento y desde hace unos días ha iniciado una huelga de hambre. Su situación es muy grave.

Durante estos años ha sido vejado, censurado, torturado, encarcelado… pero no ha sido ni será silenciado. Cientos de miles de personas alzaremos su voz por él, que es gritar por todos, para defender su causa, la libertad de conciencia y sus derechos, y para reclamar, una vez más, al gobierno saudí, su libertad…

Leia o artigo na íntegra aqui.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem