Terça-feira, 23 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1033
Menu

CURADORIA DE NOTíCIAS >

Texas libera uso de armas em universidades

Por Carlos Castilho em 25/02/2016 na edição 891

A partir do dia primeiro de agosto, as universidades do Texas estão oficialmente autorizadas a liberar o uso de armas por parte de alunos, professores e funcionários, conforme estipula uma lei estadual destinada , em teoria, a combater atos terroristas e assassinatos em massa em instituições de ensino dos Estados Unidos.

Em teoria, porque no caso do Texas, em especial na universidade de Austin, o uso de armas, inclusive pesadas já era normal  no corpo docente e discente, como mostrou a reação ao responsável pelo massacre da Torre do Relógio, em agosto de 1966. Na ocasião, pelo menos 20 estudantes e uma dezena de professores sacaram armas, inclusive rifles, para responder aos tiros disparados pelo ex-fuzileiro naval Charles Whitman, que matou 13 pessoas e feriu 43, antes de ser morto pela polícia.

A legalização do uso de armas dentro de recintos universitários é vista com tranquilidade no Texas mas está provocando uma aguda polêmica nos demais estados norte-americanos, além de ser uma afronta direta ao esforço do presidente Barack Obama de limitar o uso de armamento em todo o país.

É o que mostra uma reportagem publicada no blog Timeline e da qual reproduzimos três parágrafos (em inglês):

Supporters of the law say that a freely armed student population will save lives in the event of a school shooting. They even held a mock mass shooting on the UT Austin campus to drive home their point. “Our goal is to instill the importance of everyone to be able to defend themselves in any way they choose,” said the gun rights group that organized the demonstration, in a statement that referred to gun-free campuses as “victim disarmament zones.”

The law is slated to take effect on August 1, the 50th anniversary of the deadliest school shooting in the state’s history, and by many accounts the first in the nation. In 1966, an ex-Marine and engineering student named Charles Whitman ascended to the observation deck of the Austin campus’ 30-floor clock tower. Whitman began shooting at random, hitting 43 people and killing 13 of them.

According to gun rights groups, the new law would prevent such tragedies. But there’s some irony in their choice of the UT shooting as a commemorative occasion. It so happens that many students on the UT campus were armed in 1966, and many of them fired at Whitman, who was ultimately killed by a police officer. Whether civilian gunfire was helpful that day remains a matter of debate…

Leia a integra do tartigo “During the first mass school shooting, armed students fired back

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem