Quinta-feira, 24 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº988
Menu

DIRETóRIO ACADêMICO > ÁFRICA DO SUL

Cartum controverso irrita partido político

16/09/2008 na edição 503

Um cartum publicado pelo jornal Sunday Times, na África do Sul, gerou polêmica no país. O desenho mostrava Jacob Zuma, presidente do Congresso Nacional Africano (CNA), partido de situação, abrindo as calças para, supostamente, estuprar uma mulher com os olhos vendados, que representaria a Justiça. A charge exibia ainda o secretário-geral do CNA, Gwede Mantashe, incentivando Zuma a violentar a mulher.

Após a publicação, diversos jornais divulgaram nota conjunta do CNA, da Liga Jovem do CNA, do Partido Comunista da África do Sul e da central sindical Cosatu – também representados no cartum. ‘A charge desvaloriza a integridade coletiva da aliança de partidos e ainda viola os direitos e dignidade do presidente do CNA’, dizia a declaração.

Estupro do sistema

Zuma foi inocentado de uma acusação de estupro em 2006. Julgado recentemente por corrupção, o político foi defendido por aliados, que chegaram a chamar os juízes do caso de ‘reacionários’. O indiciamento contra o presidente do partido acabou arquivado na semana passada.

O autor da ilustração, Jonathan Shapiro, conhecido como Zapiro, diz não se arrepender de seu trabalho. ‘Estou chateado com o que Jacob Zuma está tentando fazer com o sistema judiciário e com os princípios constitucionais’, afirma. ‘A mensagem central [do desenho] é que Zuma está tentando estuprar o sistema judiciário com a ajuda e cumplicidade de seus aliados políticos’. Informações da AFP [9/9/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem