Sexta-feira, 20 de Setembro de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1055
Menu

DIRETóRIO ACADêMICO >

Colunista do NYT admite cópia de frase

19/05/2009 na edição 538

A colunista Maureen Dowd, do New York Times, admitiu ter copiado um parágrafo de um blogueiro sem identificar a fonte. Maureen escreveu sobre o ‘erro’ em um e-mail ao sítio Huffington Post, no domingo (17/5). O Times corrigiu sua coluna online e atribuiu a autoria do parágrafo ao editor do blog Talking Points Memo, Josh Marshall.

Na segunda-feira (18/5), o jornalão publicou uma correção formal dizendo que a colunista ‘falhou ao não atribuir o parágrafo sobre a linha do tempo de abusos de prisioneiros’ ao blog de Marshall. A falha ocorreu na coluna de Maureen publicada no domingo, em que ela criticava o uso de violentas técnicas de interrogatório pelo governo de George W. Bush na escalada da guerra do Iraque.

A coluna no Times dizia: ‘Cada vez mais a linha do tempo levanta a questão de que, se a tortura era para prevenir ataques terroristas, parecia ocorrer principalmente durante o período em que o pessoal de Bush estava buscando essencialmente informações políticas para justificar a invasão do Iraque’. Um artigo de Marshall da semana passada tinha a mesma frase, mas onde Maureen usou ‘o pessoal de Bush estava’, o blogueiro usou ‘nós estávamos’.

A colunista disse ao Huffington Post que o erro não foi intencional. Ela argumentou que não leu o texto de Marshall e que ouviu a frase de um amigo que não revelou que a havia tirado de um artigo na internet. Informações da AP [18/5/09].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem