Terça-feira, 19 de Março de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1028
Menu

DIRETóRIO ACADêMICO >

Erro do Google irrita governo chileno

01/05/2007 na edição 431

O governo do Chile anda irritado com o Google Earth. O programa de busca geográfica do Google posicionou um vilarejo ao sul da capital chilena, Santiago, do lado argentino da fronteira. A pequenina Vila O’Higgins foi nomeada em homenagem ao herói da independência chilena Bernardo O’Higgins. ‘O Chile pediu que isto seja corrigido, e só podemos esperar que eles o façam logo’, afirmou um porta-voz do Ministério das Relações Exteriores. Megan Quinn, porta-voz do Google, confirmou a solicitação e afirmou que a empresa está trabalhando com seus parceiros para conseguir dados mais precisos sobre a região. Argentina e Chile, que dividem uma complexa fronteira de montanhas, fiordes e ilhas, quase entraram em guerra nos anos 70 pela posse de algumas ilhas distantes. A desavença só foi resolvida com a intervenção do papa. Informações da Reuters [28/4/07].



Fotógrafo espera recorde de pelados no México

O fotógrafo americano Spencer Tunick, famoso por clicar multidões de pessoas nuas em diferentes países, afirmou esperar que sua sessão no México, marcada para o próximo domingo (6/5), bata recorde de participantes. ‘Este pode ser meu maior trabalho. Pode ser maior que o que fiz em Barcelona’, comemora Tunick, que fotografará seus modelos na enorme Zócalo, praça central da Cidade do México. A sessão da cidade espanhola, em 2003, reuniu sete mil voluntários. A praça Zócalo pode acomodar até 85 mil pessoas em pé. Em março, Tunick afirmou que 3.700 pessoas haviam se registrado para a foto. Na semana passada, ele disse que mais gente havia aderido à experiência, mas não forneceu números. Informações de Istra Pacheco [AP, 29/4/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem