Terça-feira, 18 de Junho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1041
Menu

DIRETóRIO ACADêMICO >

Inquérito aos licenciados em Jornalismo

Por Jorge Marinho e Salomé Pinto da Silva em 01/05/2007 na edição 431

Jornalistas dos mass media do Grande Porto reivindicam nova lei da profissão


A maior parte dos jornalistas dos órgãos de informação do Grande Porto/Portugal não possui um Curso Superior e só 35,49% têm uma Licenciatura em Jornalismo, Ciências da Comunicação ou Comunicação Social. Entre estes licenciados, 52,71% entendem que seria útil a criação de uma associação para defender os seus interesses profissionais.


Apresentamos alguns dos resultados de um inquérito realizado em 2006, no âmbito de um projecto de investigação do Centro de Estudos das Tecnologias, Artes e Ciências da Comunicação da Universidade do Porto/Portugal .


Do ponto de vista legal, o Estatuto do Jornalista Português não exige uma Licenciatura na área das Ciências da Comunicação, para se exercer Jornalismo. Actualmente, este documento está em discussão, com vista à sua eventual alteração.


Leia aqui o texto completo do artigo [arquivo word, 1,08 MB].

******

Respectivamente, investigador do Centro de Estudos das Tecnologias, Artes e Ciências da Comunicação da Universidade do Porto (Portugal) e professor do Curso Superior de Jornalismo e Ciências da Comunicação da Universidade do Porto; investigadora do Centro de Estudos das Tecnologias, Artes e Ciências da Comunicação da Universidade do Porto (Portugal) e jornalista do semanário local Labor

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem