Domingo, 22 de Julho de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº996
Menu

DIRETóRIO ACADêMICO > TELETIPO

Jornal recebe carta de suposto serial killer

01/07/2008 na edição 492

O jornal Fayetteville Observer, da Carolina do Norte, nos EUA, recebeu uma carta de uma pessoa que se diz assassino de uma soldado que estava grávida. Megan Lynn Touma, de 23 anos, foi encontrada morta na banheira de um quarto de hotel na semana passada; um faxineiro sentiu um cheiro estranho vindo de um quarto com uma placa de ‘não perturbe’ na porta. Megan, que era dentista e havia acabado de voltar de uma base americana na Alemanha, estava grávida de sete meses. Na carta, o autor confessa que é um assassino em série e usa um símbolo igual ao usado pelo assassino conhecido como Zodíaco, que enviava cartas para a imprensa na década de 60 e nunca foi pego. O autor da carta se refere ao Zodíaco como seu modelo. Segundo o editor-executivo Brian Tolley, a mensagem foi entregue à polícia. O tenente David Sportsman afirmou ao jornal que as autoridades acreditam que a carta foi escrita com o objetivo de confundir os investigadores e a mídia. Informações da AP [28/6/08].

Wired terá versões britânica e italiana

A Condé Nast anunciou que lançará uma versão britânica da revista e do sítio Wired, especializados em tecnologia, no próximo ano. A editora americana, que comprou a Wired há dez anos, também planeja uma versão italiana da revista para a primeira metade de 2009. ‘Wired é a principal revista sobre as mudanças que a tecnologia gera no mundo; é um título influente e visionário que explora idéias e [temas como] inovação, cultura, política, finanças e o impacto da tecnologia na civilização contemporânea’, resume Nicholas Coleridge, diretor da Condé Nast. Informações de Stephen Brook [Guardian.co.uk, 30/6/08].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem