Sexta-feira, 24 de Maio de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1038
Menu

DIRETóRIO ACADêMICO >

Morre fotógrafo que imortalizou queda de Saigon

19/05/2009 na edição 538

O fotógrafo holandês Hugh Van Es, cuja foto da queda de Saigon de 1975 tornou-se uma das imagens mais representativas da guerra do Vietnã, morreu aos 67 anos de idade, noticia a AFP [15/5/09]. Ele sofreu uma hemorragia cerebral na semana passada em Hong Kong, onde viveu por muitos anos. ‘Seu comportamento luminoso cativou os colegas e soldados americanos e vietnamitas que fotografou’, comentou o correspondente de guerra Peter Arnett, que classificou Van Es como um dos poucos fotógrafos ocidentais a aceitar os riscos de testemunhar o fim do conflito no Vietnã.



Sua fotografia mais famosa mostra um helicóptero da CIA no topo de um prédio, com uma fila de pessoas prontas para entrar nele – o que se tornou o mais claro símbolo da derrota dos americanos no Vietnã. O teto onde a aeronave pousou foi apresentado muitas vezes como o da embaixada dos EUA em Saigon, mas na verdade era o de um edifício residencial onde moravam funcionários da CIA. ‘Como muitas coisas sobre a guerra no Vietnã, a realidade não era o que se acreditava’, escreveu o fotógrafo em 2005 no New York Times. Arnett estava ao seu lado quando ele tirou a foto e afirmou que ela lhe rendeu um local na cultura popular e na história fotográfica da guerra do Vietnã.


Van Es optou pela carreira após ver uma exposição do fotógrafo de guerra Robert Capa, quando tinha 13 anos. Ele foi para Hong Kong em 1967 e depois para o Vietnã. Após cobrir a guerra, voltou a Hong Kong, de onde cobria eventos da Ásia, incluindo a invasão soviética no Afeganistão e a queda do ditador Ferdinand Marcos nas Filipinas.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem