Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

DIRETóRIO ACADêMICO > LABCOM / UBI

Para ampliar intercâmbio de pesquisa

Por Marcos Palacios em 13/07/2010 na edição 598

Para lá de Cacha Pregos é um blog de apresentação do LabCom, da Universidade da Beira Interior (UBI), e da Covilhã, cidade-sede da UBI. O propósito é mostrar a amplitude do intercâmbio que já está se processando entre o LabCom/UBI e pesquisadores brasileiros e abrir perspectivas para a ampliação dessa colaboração.

A ideia inicial foi a criação de um espaço para servir de ligação entre pesquisadores brasileiros sediados aqui no Labcom e colegas no Brasil, mostrando projetos em andamento, abrindo possibilidades e incentivando-os à integração neste canal de colaboração Brasil-Portugal, através de convênios, visitas, participação em eventos, estágios pós-doutorais, doutorados sanduíches.

O LabCom já é por demais conhecido dos pesquisadores brasileiros, através da pioneira iniciativa da BOCC, a Biblioteca Online de Ciências da Comunicação, hoje uma ferramenta essencial para a pesquisa em Comunicação e importante repositório de trabalhos de um enorme contingente de brasileiros. Mais recentemente, o projeto editorial Livros LabCom (que disponibiliza em PDF e livre acesso todos os livros publicados pelo LabCom) estabeleceu mais um importante elo entre a UBI e o trabalho de investigação em Ciências da Comunicação que se realiza em nosso país. Assim como a BOCC, o Livros LabCom está aberto à produção de pesquisadores brasileiros.

Não tão longe assim…

O blog Para lá de Cacha Pregos se propõe, portanto, a funcionar como mais um elemento de ligação entre a UBI, o LabCom e o Brasil, trazendo notícias sobre os resultados da cooperação acadêmica em andamento e incentivando novos pesquisadores a fazer parte desse grupo, estabelecendo acordos de colaboração entre suas instituições e o LabCom e definindo a Covilhã como o espaço para a realização de seus projetos de pós-doutorado, doutorado sanduíche e outras atividades de intercâmbio.

Mas por que o nome ‘Para além de Cacha Pregos’? Para os portugueses, em princípio, a expressão nada significa. Para nós, brasileiros, transmite uma clara noção de lugar longínquo, situado muito para lá de ‘onde Judas perdeu as botas’…

E Covilhã fica mesmo para lá de Cacha Pregos? Sim e não. Para os europeus e para os portugueses em particular, qualquer distância maior que 100 km. requer botas-de-sete-léguas para ser vencida; qualquer lugar a mais de 50 km. de um grande centro urbano, está fora do mapa. Para nós, brasileiros, acostumados com os espaços continentais de nosso país, tudo é mais perto. Muitos de nós se acostumaram a deslocamentos algumas vezes de dezenas de km. – em uma única noite ou manhã de domingo – para uma simples ida a um restaurante ou a uma praia mais seletiva. Covilhã está a 280 km. de Lisboa, por uma excelente auto-estrada: uma distância considerável para a maioria dos colegas portugueses; uma viagem fácil, de menos de três horas, para nós, brasileiros.

Não apenas um lugar de passagem

Localizada no sopé da Serra da Estrela, onde estão as montanhas mais altas de Portugal e onde neva no inverno (há até pista de esqui!), Covilhã está cercada por aldeias históricas, românticas e paradas no tempo, com seus pelourinhos e antigos castelos, como Sortelha, Monsanto, Castelo Novo, Penamacor, Idanha-a-Velha, Sabugal, as aldeias do xisto e tantas outras. A menos de 30 km. de Belmonte (onde nasceu Pedro Álvares Cabral) e a cerca de 80 km. da fronteira da Espanha, Covilhã dista de 100 a 300 km. de cidades portuguesas e espanholas de altíssimo interesse, como Salamanca (203), Cáceres (183), Mérida (281), Ávila (306), Coimbra (140), Aveiro (207), Évora (265), Porto (251), Viseu (131).

É na Covilhã, com sua quietude, sua segurança, seu ar puro, que está instalado o Labcom, um dos mais bem avaliados centros de pesquisa e ensino em Comunicação de Portugal. Parte de uma Universidade moderna alojada em prédios antigos, que já abrigaram os centenários lanifícios da região, o Labcom oferece um espaço privilegiado para quem necessita de sossego e boa interlocução acadêmica para pensar, escrever, publicar.

Pouco a pouco, no blog, desvendaremos os muito atrativos – acadêmicos e extra-acadêmicos – que fazem da Covilhã e do Labcom um destino, não apenas um lugar de passagem.

******

Professor titular da Facom-UFBA

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem