Sexta-feira, 26 de Abril de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1034
Menu

DIRETóRIO ACADêMICO >

Reuters anuncia sondagem de compra

04/05/2007 na edição 431

Poucos dias após a oferta bilionária do magnata Rupert Murdoch pela Dow Jones, a Reuters, maior agência de notícias do mundo, anunciou ter sido sondada sobre proposta de compra, sem revelar a empresa interessada. Especula-se que se trate da rival canadense Thomson Corp.


A Reuters ressaltou nesta sexta-feira (4/5) que as conversas ainda estão em estágio inicial e que ‘não há certeza de que uma oferta será feita’. Analistas sugerem que o conselho da companhia não deve aceitar proposta abaixo de US$ 18 bilhões, informa artigo de Richard Wray e Katie Allen no Guardian [4/5/07].


Em mensagem à equipe, Tom Glocer, executivo-chefe da Reuters, afirmou que, ao considerar a proposta, ele e seus colegas do conselho se guiarão ‘pelo que for o melhor para a Reuters e seus acionistas, incluindo seus funcionários’.


Com 156 anos de existência, a agência possui hoje 2.400 funcionários editoriais em cerca de 200 sucursais em todo o mundo. A Thomson Corp. administra produtos e serviços financeiros. Um de seus braços, a Thomson Financial, compete há anos com a Reuters no setor de informações financeiras.


 


Microsoft interessada no Yahoo!


Circula nesta sexta-feira (4/5) a notícia de que a Microsoft estaria tentando comprar o Yahoo! para melhorar sua competição com o Google. O Wall Street Journal reportou que a possibilidade de uma fusão já era discutida há pelo menos um ano, mas nada foi concretizado na ocasião. De acordo com o New York Post, agora a Microsoft teria pedido ao Yahoo! para dar início a negociações formais. Segundo analistas, a possível aquisição poderia chegar a US$ 50 bilhões. Informações da AP [4/5/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem