Sexta-feira, 20 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

DIRETóRIO ACADêMICO > FUSÕES E AQUISIÇÕES

UE investiga compra da Reuters pela Thomson

10/10/2007 na edição 454

A compra da agência de notícias Reuters pelo grupo canadense Thomson está cada vez mais longe de se concretizar, noticia Matthew Newman [Bloomberg, 8/10/07]. A Comissão Européia, órgão antitruste da União Européia, anunciou que a oferta de US$ 17,7 bilhões terá que ser investigada por um tempo maior para que a comissão defina se os efeitos da compra não afetarão a concorrência no mercado de notícias financeiras.


A comissária Neelie Kroes informou, após análise inicial, que a investigação só será concluída em fevereiro do ano que vem. ‘A segunda fase da investigação será necessária para que tomemos uma decisão justa e balanceada’, afirmou. O Departamento de Justiça dos EUA, que também avalia a compra, apresentará os resultados de sua análise um pouco antes, em janeiro de 2008.


A nova empresa, Thomson-Reuters, irá contar com os 2.400 jornalistas da Reuters em mais de 130 países. As duas empresas juntas superarão a Bloomberg, líder no serviço de informações e dados analíticos para a comunidade financeira.


 

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem