Segunda-feira, 18 de Março de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1028
Menu

E-NOTíCIAS >

Sucesso do Facebook dá esperança para mais empresas

Por ‘FSP’ em 30/07/2013 na edição 757

O sucesso da publicidade móvel do Facebook dá esperança às empresas que tentam lucrar dentro dos limites da tela do smartphone.

O aumento de 75% em receita com publicidade móvel que a rede social teve no segundo trimestre não só reduziu o ceticismo de Wall Street sobre as perspectivas de negócios do Facebook como pode servir de guia para outras empresas navegarem em um mundo onde celular e tablet são as telas da vez.

Os responsáveis pelos números impressionantes da rede social são os anúncios postados no meio “newsfeed”, que injetam mensagens de marketing direto na transmissão de conteúdo ao usuário e que são adaptadas para dispositivos móveis.

“Você verá um monte de empresas em transição que tentarão imitar o modelo que está funcionando bem”, diz Ben Schachter, analista da Macquarie Research. “É por isso que quarta-feira foi um divisor de águas.”

A preocupação dos executivos de internet era que a publicidade móvel fosse menos lucrativa do que a publicidade no computador de mesa, devido ao tamanho limitado da tela do smartphone e à possível resistência dos consumidores a uma enxurrada de anúncios no meio das postagens de seus amigos.

Mas, enquanto empresas como Google e Yahoo! buscam meios de lucrar na tela pequena, o presidente-executivo do Facebook, Mark Zuckerberg, disse que em sua rede os anúncios já são 5 em cada 20 postagens no “newsfeed” de um um usuário médio.

“O Facebook pode fazer isso porque o resto do conteúdo é tão envolvente que você não liga se há anúncios”, diz Hussein Fazal, que coordena campanhas na rede social.

Angela Steele, da agência publicitária Ansible, vê uma tendência. “Ficaria surpresa se outras empresas não seguissem a receita.”

***

País foi uma das fontes de avanço para rede social

O Brasil, ao lado da Índia e da Indonésia, foi a principal fonte de crescimento no número de usuários que usam o Facebook por meio de aplicativos móveis (smartphones e tablets). A empresa não divulgou dados específicos por país, mas disse que, no total, houve crescimento de 51% no número de pessoas que acessam mensalmente a rede social por meio de aplicativos móveis no segundo trimestre na comparação com o mesmo período do ano passado. O Facebook afirmou ter registrado 819 milhões de usuários que entraram na rede por aplicativos de abril a junho.

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem