Sábado, 26 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº988
Menu

E-NOTíCIAS > REDES SOCIAIS

Prejuízo do Twitter cresce 58 vezes

Por Tatiane Bortolozi em 11/02/2014 na edição 785
Reproduzido do Valor Econômico, 6/2/2014

Em sua primeira divulgação de resultados desde que abriu capital, o Twitter apurou prejuízo líquido de US$ 511,5 milhões no quarto trimestre – 58 vezes mais que em igual período de 2012, quando as perdas somaram US$ 8,7 milhões.

O prejuízo de US$ 0,02 por ação ficou em linha com o projetado por analistas consultados pela FactSet. Já a receita líquida de US$ 242,7 milhões nos três meses encerrados em dezembro superou as projeções do consenso, de US$ 217,8 milhões. Na comparação com igual período de 2012, houve aumento de 116,2%.

O faturamento com publicidade totalizou US$ 220 milhões no trimestre, alta de 121% em relação a um ano antes. Os aparelhos móveis, como smartphones, representaram mais de 75% da receita com anúncios. O exterior representou 27% do faturamento total, alta de 200%, para US$ 66 milhões.

O microblog não é lucrativo por conta dos altos custos e despesas com operações, que somaram US$ 752,3 milhões de outubro a dezembro, ante US$ 121 milhões um ano antes.

As ações recuavam 17,5% ontem no pós-fechamento da Bolsa de Nova York. O preço dos papéis subiu 153,7% desde a oferta pública inicial de ações, em novembro.

******

Tatiane Bortolozi, do Valor Econômico

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem