Sexta-feira, 25 de Maio de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº988
Menu

E-NOTíCIAS > PLANETA DIGITAL

Operação brasileira do Twitter já é a quinta maior no mundo

Por Lino Rodrigues em 25/03/2014 na edição 791
Reproduzido do Globo.com, 19/3/2014; intertítulo do OI

Ao comemorar um ano no país, a operação brasileira do Twitter já é a quinta maior da empresa no mundo em número de usuários e em faturamento, informou nesta quarta-feira (19/03) o diretor-geral do microblog no país, Gilherme Ribenboim, sem revelar números. Criado em em 2006 por Jack Dorsey, Evan Williams, Biz Stone e Noah Glass, o Twitter chegou ao Brasil no final de 2012 como uma novidade que permitia aos usuários enviar e receber mensagens pessoas de outras pessoas em textos de até 140 caracteres, os chamados tweets.

Com um crescimento de 64,7% na sua base de usuários móveis desde então, o microblog que dar voos mais altos e conquistar os internautas que assistem televisão, a chamada “segunda tela”, onde os internautas além de assistir TV conversam ao mesmo tempo que assistem a um programa na tela grande. “Queremos fazer da segunda tela uma experiência especial para os usuários”, disse Ribenboim a jornalistas em encontro, em São Paulo, salientando que a empresa já está negociando com operadoras de TV a cabo e satélite para ampliar esse mercado no país.

Segundo ele, hoje o telespectador não fala só com a pessoa que está ao seu lado no sofá. Nesse sentido, diz que “o Twitter quer ser o maior sofá do mundo”, onde o usuário pode assistir TV e conversar com quem quiser ao redor do mundo.

Armazenamento de dados

Entre as novidades que devem chegar ao Brasil estão a construção de mecanismos que acompanham melhor os usuários do microblog, com a identificação de pessoas que se interessam pelos mesmos assuntos, além do fim da barreira dos 140 caracteres, com o crescimento das mensagens em vídeo e fotos. Para ganhar espaço na segunda tela, também estão previstos novos produtos que incentivem os telespectadores/internautas a comentar sobre a novela ou jogo que está assistindo e criar uma espécie de sala de bate-papo específica sobre determinados programas. “Todos os tweets que tem a ver com o assunto serão agregados em uma sala”, explica Rafael Dahis, gerente de produtos da operação brasileira.

Entre as curiosidades do brasileiro em relação aos outros usuários do Twitter no mundo estão a características como ser o que mais twitta e retwita, os tópicos sobre televisão sãos os que mais interessam, gostam de ver seus assuntos sendo comentados, são especialistas em formar comunidades de fãs via o microblog e costumam comentar e twittar assuntos de interesse público (trânsito, obras públicas, tragédias). “É o primeiro ano. Estamos só começando. O Twitter vai ficar mais forte nos próximos anos”. comemorou Ribenboim.

Sobre a exigência das empresas online terem que manter os dados armazenados por um período no território brasileiro, seja através de um data-center próprio ou de terceiro, previsto no marco civil da internet, que está para ser votado no Congresso, Ribenboim disse que tem “receio” e que caso a obrigatoriedade seja mesmo aprovada ela vai inibir a inovação não só no Twiter, mas em todo o mercado de internet no Brasil.

******

Lino Rodrigues, do Globo

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem