Terça-feira, 25 de Setembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1005
Menu

E-NOTíCIAS > INFORMAÇÃO & PRIVACIDADE

A Wikipédia vai mudar

Por Leandro Marshall em 03/06/2014 na edição 801

A partir de 6 de junho de 2014, os princípios e as diretrizes de publicação de informações na maior enciclopédia livre do planeta irão mudar. O principal beneficiário será o usuário e o maior benefício será a adoção de uma política “mais rígida” pela veracidade e pela credibilidade das informações apresentadas no portal, utilizado por mais 490 milhões de pessoas todos os meses.

Depois de um ano de consulta a usuários do mundo inteiro, a Fundação Wikimedia, que administra o portal, resolveu promover mudanças em sua sistemática de divulgação com nítida intenção de estabelecer regras mais rígidas para o acesso, geração e divulgação dos milhões de artigos disponíveis para seus usuários no mundo inteiro.

A primeira mudança será sentida imediatamente. A política de privacidade, estabelecida em 2008, permitia que qualquer pessoa pudesse entrar e “colaborar” com textos e informações. Não havia necessidade de identificação formal, nem de qualquer registro legal. A partir de agora, isto muda. Os produtores de informação continuam sem precisar preencher cadastro (embora, a partir de agora, sejam convidados para isso), mas suas informações serão registradas como originárias dos IPs dos computadores utilizados.

Em certo sentido, acaba a possibilidade do anonimato. A Wikimedia adotará uma espécie de política de identificação e de responsabilização. A intenção é evitar informações sobre bobagens ou fatos irrelevantes, especulações depreciativas sobre a vida de intelectuais, deturpações ideológicas sobre fatos históricos, divulgação de material com apelo sexual, enxerto de falácias ou de versões completamente inverídicas e assim por diante. Nesta mesma linha, a avaliação e a revisão dos artigos ficarão muito mais rígidas, na medida em que haverá uma ação efetiva para identificar e banir os “agentes nocivos à informação pública”.

A nova política de privacidade

Veja-se que, a partir de agora, a Fundação poderá solicitar informações aos produtores/usuários em pesquisas/feedbacks (embora não seja obrigatório participar); poderá compartilhar informações quando o usuário/produtor autorizar; e poderá, inclusive, divulgar informações do usuário/produtor em resposta a um processo legal.

Esta rigidez vem em boa hora, diante do crescimento exponencial deste gigantesco sistema de armazenamento e compartilhamento de informação, cerceando diretamente o aparecimento de “inconsistências” e de “inverdades” digitais.

O único problema aparente nesta nova política parece ser a existência da possibilidade de dados e informações pessoais caírem em mãos erradas. A Wikimedia admite claramente, em sua nova política, que será possível “revelar informações pessoais [dos usuários/produtores] aos nossos prestadores de serviços terceirizados ou contratados para ajudar a executar ou melhorar os sites”. Este item pode dar margem (em tese) ao vazamento, por uma estreita brecha, de informações sobre as pessoas que usam a Wikipédia (embora a organização frise que “não alugará ou venderá a sua informação para terceiros”), assim como levar (em tese) à própria circulação de dados pessoais em mãos indevidas.

Apesar dos pesares, o fato é que os riscos são inerentes a todas as mudanças e ninguém tem dúvidas de que a Wikipédia é uma das maiores contribuições da sociedade da informação e da comunicação, na nova era digital.

Para quem quiser saber mais a respeito, acesse a nova política de privacidade da Wikipédia.

******

Leandro Marshall é professor, escritor e jornalista

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem