Sábado, 16 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

E-NOTíCIAS > MERCADO FINANCEIRO

Compra da Reuters mais longe da aprovação

06/11/2007 na edição 458

A Comissão Européia, órgão antitruste da União Européia, informou na semana passada que a investigação sobre a compra da agência de notícias Reuters pelo grupo canadense Thomson só deverá ser concluída em março de 2008. A princípio, a comissão pretendia dar seu parecer sobre a compra – e seus efeitos no mercado de notícias financeiras – em fevereiro. O Departamento de Justiça dos EUA, que também avalia a compra, havia afirmado que apresentaria sua análise em janeiro de 2008.

Em maio, o Thomson anunciou a oferta de US$ 17,7 bilhões pela Reuters. Se a compra for concretizada, a nova empresa contará com os mais de dois mil jornalistas da agência em mais de 130 países, superando assim a Bloomberg, atual líder no mercado global de informações financeiras. Segundo analistas, a Reuters-Thomson abocanharia 34% do mercado, deixando a Bloomberg com 33%. Com informações da AFP [31/10/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem