Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

E-NOTíCIAS > BLOGMA 2009

Contra a mesmice midiática

Por Maurício Tuffani em 06/01/2009 na edição 519

Nada como acompanhar uma boa seleção de blogs para escapar da mesmice midiática. Mas isso seria muito melhor se as postagens aproveitassem melhor os recursos da própria internet. Não se trata de dizer o que se deve fazer. Aliás, isto é muito mais um desabafo do que um manifesto, apesar de o chapéu acima parodiar a iniciativa Dogma 95, lançada em 13 de março de 1995 pelos cineastas dinamarqueses Lars von Trier e Thomas Vinterberg.


Links enriquecem a escrita na web


Aplicados a dados e informações relevantes de um texto, eles facilitam a contextualização do assunto e oferecem referências do que se escreve. Além disso, pesquisar e selecionar páginas adequadas para os links leva os autores a conferir o que escrevem e a serem mais rigorosos. É mais vantajoso para o internauta quando eles abrem em outra janela, pois basta depois fechá-la em vez de carregar mais uma vez a página anterior. Não usar links é desperdiçar uma das principais vantagens do hipertexto em relação ao papel impresso. No caso de jornalistas, aplicar links aos dados e informações relevantes que apresentam em blogs e sites em geral é uma forma excelente de prestar contas do que escrevem.


Copiar textos na íntegra nem sempre é bom


Muitas reproduções integrais de textos de outros blogs ou de sites em geral já se tornaram versões ultrapassadas de publicações que já foram corrigidas ou atualizadas. Geralmente, o melhor é reproduzir apenas trechos mais relevantes e dar a remissão com link para o original. Além disso, quanto mais se faz cópias de uma mesma publicação, mais tumultuadas tendem a ser as buscas na internet, com a agravante de haver muitos créditos malfeitos ou omitidos.


Imagens pesadas atrapalham


Uma das piores situações de quem usa a internet, até mesmo para quem usa banda larga de alta capacidade, é esperar pelo carregamento de páginas que possuem ilustrações grandes e de altíssima resolução. Programas editores de imagem ajudam a torná-las mais leves.


E-mails de aviso podem informar mesmo sem serem abertos


Muitos portais e blogs que avisam seus leitores habituais com e-mails fazem mau uso dos identificadores de assunto. Não faz sentido enviar uma mensagem cujo identificador de assunto fornece apenas algo do tipo ‘Novo post do meu blog’ ou ‘Notícias do Portal X’. Aliás, mensagens que identificam efetivamente o assunto respeitam o tempo de quem as recebe.


Feeds que só mostram títulos ajudam muito pouco


Para quem acompanha vários blogs ou sites por meio de leitores de RSS/XML, é melhor poder ver em uma mesma janela algo mais que só o título de novas postagens. Mostrar pelo menos as primeiras linhas do que foi postado permite aos internautas avaliar rapidamente se lhes interessa ou não abrir o link e facilita muito a vida de quem quer ou precisa acompanhar muitas publicações.


Repetindo, isto é só um desabafo. Ninguém está com o dedo em riste dizendo o que os outros têm de fazer.


Um fecundo 2009 a todos.

******

Jornalista especializado em ciência e meio ambiente

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem