Segunda-feira, 23 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

E-NOTíCIAS > TOLERÂNCIA

Desmond Tutu pede cautela em cobertura de conflitos religiosos

29/06/2007 na edição 439

O arcebispo sul-africano Desmond Tutu, em discurso pelo lançamento da Tutu Foundation UK, na quarta-feira (27/6), pediu que a mídia seja mais cuidadosa nos termos que usa ao reportar conflitos religiosos. Ganhador do Nobel da Paz em 1984, Tutu afirmou que, muitas vezes, é difícil para o público entender os conflitos por causa da linguagem usada para descrever atividades de pessoas ou religiões envolvidas neles.


A Tutu Foundation UK é uma organização que tem como objetivo usar a experiência do trabalho de reconciliação e tolerância do arcebispo na África do Sul para ajudar comunidades britânicas. Falando a jornalistas na platéia, Tutu pediu por tolerância e compreensão das religiões. ‘Eu espero que vocês da mídia permitam que as pessoas façam julgamentos por si próprias, que vocês sejam cuidadosos quanto à linguagem que usam’, afirmou.


Perspectivas


‘Terrorismo muçulmano – vocês já leram em algum lugar ‘terrorismo cristão’? – é usado como se o Islã propagasse a violência, mas vocês nunca se referiram ao que ocorre na Irlanda do Norte como terrorismo cristão’, completou Tutu. ‘Fundamentalmente, não há fé que eu conheça que propague a violência, que diga que a opressão é algo bom’.


O arcebispo afirmou reconhecer que a mídia pode ser uma força para o bem, mas ressaltou que ela não deixa de ter suas responsabilidades. ‘Vocês têm uma mídia muito poderosa. Eu sei porque vocês nos ajudaram muito em nossa luta para contar nossa história’, disse, lembrando, entretanto, que o entendimento de diferentes religiões requer tentar compreendê-las sob perspectivas diferentes.


Tutu, de 75 anos, ficou conhecido por sua luta contra o apartheid – política de segregação racial – na África do Sul. Ele defendia que a sociedade sul-africana deveria incluir direitos e deveres iguais para todos – como livre circulação dos negros e um sistema educacional comum para negros e brancos. Seu trabalho lhe rendeu o Nobel da Paz e importantes títulos e homenagens em universidades em países como EUA, Reino Unido e Alemanha. Informações da Reuters [27/6/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem