Quinta-feira, 23 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

E-NOTíCIAS > GRÉCIA

Jornalistas apóiam protesto contra reforma do governo

28/11/2007 na edição 461

Mais de quatro mil jornalistas gregos em greve participaram de passeata na terça-feira (27/11), em Atenas, como parte de uma onda de protestos contra uma proposta do governo de reforma no sistema de aposentadoria do país. Boletins de notícias foram cancelados durante todo o dia em emissoras de TV e rádio privadas e estatais, e o conteúdo de sítios de internet noticiosos não foi atualizado depois das 6h da manhã, horário em que teve início a paralisação de 24 horas. Apenas jornalistas cobrindo a greve foram dispensados da manifestação, informou o sindicato da categoria em declaração.


Na segunda-feira (26/11), foi dia dos professores escolares paralisarem o trabalho, e engenheiros do setor público e médicos de um hospital público anunciaram que fariam o mesmo. Uma greve geral nacional está marcada para 12/12.


Os sindicatos trabalhistas se opõem a medidas propostas pelo governo que incluem unificar os fundos de pensão do país. O executivo afirma que as mudanças na lei são necessárias por causa do envelhecimento da população e do aumento da expectativa de vida. Os fundos enfrentam possibilidade de déficit calculado em até 400 bilhões de euros – o que, estima-se, deverá afetar o orçamento em uma década. Os sindicatos temem que a reforma venha a ampliar a idade para aposentadoria e a eliminar benefícios de pensão. Novas negociações sobre o assunto estavam marcadas para ter início nesta quarta-feira (28/11). Informações da AP [27/11/07].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem