Terça-feira, 17 de Outubro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº962

E-NOTíCIAS > DIVERSIDADE INFORMATIVA

O que podem os blogs

Por Luciano Martins Costa em 28/08/2007 na edição 448

O blog Flit Paralisante, criado e mantido pelo delegado da polícia civil paulista Roberto Conde Guerra, é um exemplo do que podem vir a ser esses novos formatos de comunicação online. Guerra se dedica a campanhas de moralização dos serviços de segurança pública, defende a instituição e denuncia policiais acusados de corrupção.

Sua técnica é simples, como as primeiras lições de investigação que os repórteres recebiam quando reportagem era um elemento importante do jornalismo: ele observa sinais externos de riqueza de policiais, calcula equivalências de renda ao longo do tempo e levanta indícios de enriquecimento ilícito. Também costuma analisar o comportamento de grupos de policiais durante a investigação de casos importantes, detectando ações de dissimulação que podem revelar culpabilidades.

A partir de uma denúncia no blog de Roberto Conde Guerra, o Ministério Público iniciou investigações que culminaram com a decretação, pela Justiça de São Paulo, do seqüestro de uma mansão avaliada em 1 milhão de reais, registrada em nome de uma das filhas do delegado seccional de Santos, Elpídio Ferrarezi. O juiz de Bertioga acatou pedido do MP em um inquérito que investiga o envolvimento do delegado seccional com a máfia dos caça-níqueis. A casa, no balneário Riviera de São Lourenço, não pode ser negociada nem usufruída pelos proprietários até o final das investigações.

O blog do delegado Conde forneceu indícios de que o chefe da polícia na Baixada Santista participava de um grupo organizado em seu departamento, que fornecia proteção a casas de bingo e outros estabelecimentos com máquinas com caça-níqueis.

Discussão de regras

A rigor, esse é um exemplo de como a tecnologia pode criar pontos difusos de concorrência com os veículos tradicionais da imprensa. Isoladamente, ou em mãos de pessoas sem credibilidade ou fortemente marcadas por suas opiniões, esses novos formatos de comunicação online pouco podem acrescentar ao cenário da mídia de informações. Mas, quando administrados por profissionais em cujos critérios se pode, em princípio, confiar, eles entram no universo próprio da imprensa.

Com sua capacidade de investigar bastante reduzida, em função dos sucessivos cortes de custos que amputou as redações e afastou da maioria delas os jornalistas mais experientes, a imprensa tradicional começa a sofrer a concorrência mais efetiva, da qual o blog do delegado pode ser considerado um exemplo. Mas também pode se beneficiar dela, se souber agregar à sua constelação de fontes alguns desses pequenos asteróides informativos.

O fenômeno do crescimento dos blogs com certa credibilidade é mais perceptível no noticiário financeiro. Jornalistas especializados e economistas costumam oferecer informações e análises sobre negócios, muitas vezes abordando fatos que influenciam o mercado de ações e títulos. O efeito dessa comunicação é tão crescente que a Comissão e Valores Mobiliários (CVM) e outras instituições vinculadas à regulação dos negócios em bolsas de valores discutem a criação de regras que poderiam extrapolar do ambiente do mercado e invadir a atividade jornalística.

Risco de distorção

O tema tem provocado debates, porque qualquer tentativa da CVM de regulamentar atividades noticiosas que potencialmente afetam a integridade dos negócios também tem potencial para interferir no exercício do jornalismo. No extremo das especialidades, muitos jornalistas vêm atuando, no rádio, na televisão e principalmente na internet, como verdadeiros analistas e consultores do mercado financeiro. Suas opiniões, quando assentadas sobre informações privilegiadas, podem afetar o equilíbrio do setor e levar empresas a serem punidas pela CVM.

O desenvolvimento dos blogs vem agravar o risco de distorções, na medida em que o histórico desses profissionais lhes proporciona a credibilidade que pode transformar um simples palpite em quebra das normas de sigilo em decisões de negócios passíveis de afetar o valor das ações.

******

Jornalista

Todos os comentários

  1. Comentou em 11/10/2007 Pula o Muro - Olhares Alternativos

    eis meu púlpito:

    http://www.pulaomuro.blogspot.com

    vai lá!

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem