Quarta-feira, 12 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1017
Menu

E-NOTíCIAS >

Revistas para adolescentes migram para a rede

21/11/2006 na edição 408

O mercado americano de revistas voltadas para adolescentes fica cada vez mais enxuto. Títulos como Ellegirl, Teen People e YM pararam de ser publicados nos últimos meses. O motivo? Hoje, o público-alvo passa grande parte de seu tempo (e dedica a maior parte de seu interesse) na internet.

A expansão da rede forçou uma mudança no mercado adolescente. Atualmente, as meninas ouvem música, conversam com as amigas, criam álbuns e perfis em comunidades de relacionamentos… online. As infinitas possibilidades encontradas a um clique de distância conquistou inteiramente o público teen. ‘Elas têm tudo instantaneamente’, diz Anne Sachs, editora-executiva do sítio da Ellegirl, que hoje tem mais conteúdo interativo. Segundo ela, quando se trata de adolescentes, é difícil que qualquer outro meio tradicional de mídia consiga competir em pé de igualdade com a internet.

Mudança de hábito

As revistas que ainda se mantêm de pé no meio impresso tentam se adaptar aos hábitos das jovens e conquistar sua atenção ao expandir o conteúdo para outras mídias e oferecer ‘incentivos extras’ para que a marca seja escolhida na prateleira. ‘Para ter sucesso, as revistas têm que oferecer oportunidades além daquelas que estão na página impressa’, afirma Atoosa Rubenstein, editora-chefe da revista Seventeen. Atoosa segue esta receita: para se ‘comunicar’ com seu público, ela tem seu próprio blog e perfil no MySpace, apresentou um reality show na MTV chamado Miss Seventeen e adicionou brindes – como cupons promocionais para lojas de roupas – nas edições impressas. A editora também mexeu no conteúdo da revista. A seção de celebridades foi cortada. ‘Ter uma seção mensal de entretenimento não faz sentido’, diz ela, já que as jovens ficam sabendo de todas as fofocas dos famosos – sem atraso – pela internet.

Ainda assim, Atoosa acredita que o papel continua a ser o melhor lugar para as adolescentes encontrarem conselhos de moda, informações sobre comportamento e dicas sobre assuntos típicos da idade, de cursos de intercâmbio a sexo. Informações de Leah Karlins [The Mercury News, 14/11/06].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem