Sexta-feira, 19 de Julho de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1046
Menu

E-NOTíCIAS >

Rita Célia Faheina

02/06/2009 na edição 540

‘O tema do último domingo sobre os comentários no Portal

O POVO.com.br foi motivo de muitos e-mails, telefonemas e conversas. Uns a favor, outros contra a posição da ombudsman. Há leitores que fazem críticas àqueles que utilizam o espaço de maneira não ética, preferem usar nomes falsos e escrevem da maneira que bem entendem, sem ter pelo menos o cuidado do uso correto da Língua. Usam abreviaturas, palavras inexistentes e até palavrões.

Os que rotineiramente fazem postagens no O POVO.com.br consideram que o espaço é reservado para a crítica livre e, por isso, podem utilizá-lo sem se identificar e, usando qualquer nome, podem se manifestar sem a preocupação com as palavras que vão digitar no espaço dos comentários..O que procuramos estimular é o respeito, a ética e a seriedade das postagens.

O estudante Gustavo Augusto Vieira mandou e-mail com uma relação de comentários do O POVO.com.br que ele considera inaceitáveis. ‘Brinca-se, inclusive, com o fato de ser pobre. Nomes de pessoas famosas também estão sendo utilizados como pseudônimos. Isso desqualifica qualquer debate sério’, observa o estudante.

Gustavo cita opiniões sobre o aumento das passagens de ônibus, que começou a valer na última segunda-feira. Leiam: ‘Oh meu povo e também não é muito né…R$0,20 CENTAVOS ? Pelo amor de Deus, não é vergonha ser pobre, mas pobre lascado ninguém merece… a opinião é de Miley Cyrus. Outro internauta comenta: ‘Tô nem aí. Tenho o meu carro mesmo. Os pobres q (sic) se lasquem’.

O professor João Aguiar, que também enviou e-mail, acha que a falta de politização das pessoas faz com que ataquem aqueles de quem discordam por pura falta de argumento e de educação. Ele diz que se pode criticar alguém, ser duro e cáustico, sem perder a polidez. ‘É uma questão de educação doméstica!’.

Os leitores se indignam porque O POVO permite a exposição dos comentários que denigrem e desrespeitam as pessoas. ‘Acredito que o Grupo de Comunicação O POVO possua uma linha editorial e um tratado de ética. Tenho certeza de que declarações como as expressas por certos leitores não se enquadram nas mesmas’, diz um leitor e cita que ‘a liberdade de expressão é garantida por lei, mas deve haver a responsabilidade’, no que concordo plenamente.

Código de conduta

Há dois anos, o jornal O Estado de S. Paulo adotou o seu Código de Conduta que vem acompanhado de um selo de Responsabilidade para os que querem postar mensagens nos blogs. Pelo regulamento, não são aceitas ofensas e são deletados os comentários que contenham insultos, difamação, manifestações de preconceito.

Para os internautas fica claro que o espaço é para a troca de ideias. Eles devem expressar suas opiniões à vontade, mas não são tolerados ataques pessoais (o que se vê muito entre os comentários do O POVO.com.br), ameaças, exposição da privacidade alheia, perseguições e constrangimentos.

‘Incentivamos o leitor a tomar responsabilidade pelo teor de seu comentário e pelo impacto por ele causado. Informações equivocadas devem ser corrigidas, e mal entendidos, desfeitos. Dos leitores, não se cobra que concordem, mas que respeitem e admitam divergências, que acreditamos próprias de qualquer debate de ideias’. Está escrito no Código de Conduta: ‘Ao critério do blogueiro, serão bloqueados participantes que não respeitarem as regras’.

Coluna política

No O POVO, a Coluna Política, publicada diariamente, é a única que mantém um sistema de filtragem dos posts. Mas isso desagrada aos leitores que discordam da medida e consideram – como o internauta Rogério Dias –, que impera a censura. ‘Experimente postar algo que não seja do agrado do articulista!’, queixa-se Rogério. Quem não aprova também é o leitor Gisonaldo Granjeiro.que pergunta: ‘Por que só a coluna Política tem moderação de comentários?’

A editora de convergência, Marília Cordeiro explica que os comentários à coluna Política, do jornalista Fábio Campos, são moderados antes de ir para o ar. O espaço havia sido tomado por agressões pessoais diárias e acusações gratuitas, por isso

O POVO.com.br decidiu optar pela moderação. Ela diz que não está de todo descartada a possibilidade de levar o mesmo mecanismo a outras áreas do Portal. ‘Os blogs já funcionam neste modelo. Como disse na coluna anterior (domingo passado), O POVO.com.br está fazendo uma série de alterações na ferramenta para garantir o bom uso do ‘Espaço dos Leitores’.

Marília aproveita para conclamar ao público que use o espaço dos comentários de forma responsável, para o livre debate. Responsabilidade é mesmo a palavra que deve ser sempre lembrada pelos internautas.

‘Há também o recurso de solicitar à equipe do portal que determinado comentário seja avaliado, clicando no ‘Denuncie’. As mensagens seguem automaticamente e imediatamente para avaliação do moderador e são excluídas ou não’, lembra Marília.’

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem