Segunda-feira, 10 de Dezembro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1016
Menu

E-NOTíCIAS >

Senadora democrata entra na luta contra o Gmail

20/04/2004 na edição 273

O Gmail ainda não foi lançado, mas já corre risco de vida. A senadora Liz Figueroa, representante democrata do estado da Califórnia, afirmou, em entrevista à agência de notícias Reuters, que pretende utilizar a legislação americana para bloquear o serviço de e-mail grátis que será oferecido pelo sítio de buscas Google. Liz acredita que o serviço representa uma invasão na privacidade dos usuários.

Ela não concorda com o fato de o Gmail – que terá uma capacidade de armazenamento de informações 100 vezes maior do que os serviços oferecidos pelas concorrentes Microsoft e Yahoo – escanear as mensagens pessoais dos usuários e inserir publicidade nelas.

Na última semana, a senadora enviou uma carta ao Google pedindo que a empresa descartasse seu plano de verificar os e-mails pessoais. Na carta, ela afirmava que o plano seria desejado não pelos usuários, mas unicamente pelos anunciantes. ‘Isso acaba com um aspecto fundamental da comunicação – a expectativa da privacidade’, disse ela.

Alguns analistas, entretanto, afirmam que o fato de que os computadores do Google ‘lerão’ as mensagens dos usuários para inserir publicidade nelas não seria um grande problema, apesar da preocupação de alguns ativistas. Martin Langham, analista de tecnologia da Bloor Research, disse que a maioria dos usuários de computadores aprendeu a viver com uma certa falta de privacidade. ‘O Google terá apenas que assegurar a seus assinantes que as informações contidas no Gmail não serão passadas para outros sítios’, concluiu ele. Com informações de Mary Watkins e Louisa Hearn [The Financial Times, 13/4/04].

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem