Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

ENTRE ASPAS > TECNOLOGIA

Campanha contra Rupert Murdoch mobiliza web

10/03/2011 na edição 632


INFO Online, 4/3


Rogerio Jovaneli


Campanha ‘Pare Rupert Murdoch’ mobiliza web


Uma campanha mundial organizada pela Avaaz.org, rede de ativistas na web, tem como foco o magnata das comunicações Rupert Murdoch


No manifesto, que já obteve a adesão de 324 mil internautas (objetivo é conseguir 500 mil), o dono da News Corp é acusado de fazer uso de seu império midiático para enfraquecer governos democráticos, promover divisão, intolerância e guerra. ‘Em 24 horas, quase metade da mídia britânica poderá ser comprada por um dos piores magnatas da mídia global’, diz o comunicado.


Nesta semana, a Grã-Bretanha aceitou a proposta da News Corp, de Rupert Murdoch, para a compra total das ações da transmissora de TV por satélite BSkyB, por 14 bilhões de dólares. A batalha pela aquisição acendeu um grande debate na Grã-Bretanha sobre a dominância dos veículos da mídia controlados por Murdoch. Este é o comunicado divulgado pelo site Avaaz.org:


Reino Unido: Pare Rupert Murdoch


Em 24 horas, quase metade de toda a mídia britânica poderá ser comprada por um dos piores magnatas da mídia mundial.


Rupert Murdoch explorou seu vasto império midiático para forçar a guerra no Iraque, eleger o George W Bush, espalhar o preconceito contra muçulmanos e imigrantes, e bloquear ações globais contra as mudanças climáticas. Ele prejudica governos democráticos ao redor do mundo ao ameaçar governantes eleitos com uma cobertura midiática perversa e muitas vezes falsa, quando eles não se aliam a ele.


O Reino Unido tem um papel chave na Europa e no mundo. Se o Murdoch tiver controle sobre a mídia britânica, ele a usará para enfraquecer o apoio do Reino Unido, União Européia e ONU sobre os direitos humanos e a democracia. O Reino Unido está em pé de guerra com a compra do Murdoch, até mesmo o governo eleito com a ajuda do Murdoch está dividido ao meio quanto à decisão desta semana. A solidariedade global fortaleceu os protestos pró-democracia do Egito — ela pode ajudar a Grã Bretanha também. Vamos gerar um chamado global urgente para parar o Rupert Murdoch. Assine a petição pedindo para o Primeiro Ministro Cameron e o Vice-Primeiro Ministro Clegg!

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem