Domingo, 18 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1050
Menu

ENTRE ASPAS >

Comunique-se

04/08/2009 na edição 549

CENSURA
Comunique-se

Sarney diz que respeita imprensa e que nada tem a ver com censura ao Estadão

‘O presidente do Senado, José Sarney (PMDB-AP), divulgou em nota que nada tem a ver com a censura imposta ao jornal O Estado de S. Paulo para que não publicasse matérias sobre as investigações da Operação Boi Barrica. A decisão judicial foi dada pelo desembargador Dácio Vieira, na sexta-feira (31/07).

A operação Faktor, conhecida como Boi Barriga, investiga as atividades empresarias de Fernando Sarney. De acordo com o senador, ações jurídicas foram movidas por seu filho para se defender das acusações do jornal, e que a decisão foi de Fernando e de seus advogados.

‘Não discuto a demanda, mas não posso condená-lo por exercer seu direito de cidadão. Não fui consultado sobre essa iniciativa, de exclusiva responsabilidade dele e de seus advogados, e por isso é uma distorção de má fé querer me responsabilizar pelo fato. Todo o Brasil é testemunha de minha tolerância e minha posição a respeito da liberdade de imprensa, nunca tendo processado jornalista algum’, informa a nota.

Em caso de descumprimento da decisão judicial, o Estadão deverá pagar uma multa de R$ 150 mil para cada matéria publicada. O jornal disse que irá recorrer da decisão. A Associação Nacional de Jornais (ANJ) também se manifestou e disse que decisão é ‘inconstitucional’.

Além da entidade, o líder do PSDB, Arthur Virgílio (AM), disse que, ainda nesta segunda-feira, irá denunciar o desembargador Dácio Vieira, do Tribunal de Justiça do Distrito Federal, no Conselho Nacional de Justiça (CNJ) pela concessão da liminar que censurou o jornal.’

 

FÓRMULA 1
Comunique-se

Ferrari desmente jornal inglês sobre suposta entrevista com Felipe Massa

‘A Ferrari desmentiu que o piloto Felipe Massa tenha concedido entrevista ao jornal inglês News of the World. A escuderia italiana divulgou um comunicado, no domingo (02/08), informando que o brasileiro não tem falado com jornalistas e que a publicação é falsa.

O jornal britânico publicou uma reportagem com o que seria uma entrevista do piloto brasileiro. Segundo o veículo, Massa disse que pretendia voltar o mais rápido às pistas, apesar de reconhecer a gravidade do ocorrido durante os treinos classificatórios. ‘Sei que eu tenho sorte de estar vivo. Não lembro nada do acidente, mas eu vou correr de novo’, afirmou a publicação.

‘As supostas palavras de Felipe publicadas, hoje (domingo), em News of the World são falsas. Felipe não tem falado com qualquer jornalista. Uma entrevista com ele estará disponível no site Ferrari.com amanhã (segunda-feira) até a hora do almoço’, informou o comunicado, assinado pelo diretor de comunicação da escuderia, Luca Colajanni.

Massa, acompanhado da mulher Raffaela e do médico particular Dino Altmann, deve chegar ao Brasil no início da noite desta segunda-feira (03/08). De acordo com Dino Altmann, Massa passou um domingo tranquilo. Massa não passou por qualquer novo exame e sua única atividade foi gravar uma entrevista para as TVs produzida pelo departamento de comunicação da Ferrari. O piloto deu respostas em português, inglês e italiano.

Com informações do UOL Esportes.’

 

TELEVISÃO
Comunique-se

Em pesquisa, TV aberta brasileira recebe nota sete

‘A programação da TV aberta brasileira recebeu nota sete em pesquisa realizada pela GFK, quarta maior empresa de pesquisas do mundo. A companhia alemã consultou mil pessoas acima de 18 anos em 12 capitais brasileiras. Dos entrevistados, 75% afirmaram ver TV aberta e 25% não, informou a coluna de Daniel Castro, da Folha de S. Paulo desta segunda-feira (03/08).

A maioria dos pesquisados avalia positivamente a programação, com 64% de satisfação, com notas superiores a sete. Apenas 7% demonstraram insatisfação, com notas inferiores a três.

A região Nordeste lidera a aprovação, com 78% de satisfação, seguido pelo Norte e Centro-Oeste, com 68%, Sudeste com 60% e Sul, com 57%. As avaliações são bem distintas entre as diferentes classes sociais. As classes A e B classificaram a TV aberta com nota seis, enquanto que para as classes C e D a programação recebe a nota nove.

A rede Globo e Record lideram a audiência. Dos 91% que assistem à TV aberta, 91% disseram que costuma ver a Globo (59%), Record (48%), o SBT e 38%, a Band. Comparando a frequência, a Globo é a mais vista, com 67% dos respondentes, seguida pela Record, com 17%.’

 

******************

Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana selecionados para a seção Entre Aspas.

Folha de S. Paulo

Folha de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

Comunique-se

Carta Capital

Terra Magazine

Agência Carta Maior

Veja

Tiago Dória Weblog

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem