Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1051
Menu

ENTRE ASPAS >

Curso de pós-graduação abre matrículas

10/02/2009 na edição 524

O único curso de pós-graduação lato sensu em Jornalismo Literário do
país está com matrículas abertas para três novas turmas em São Paulo. O curso,
com duração de 14 meses, terá início na primeira semana de março de 2009 e as
aulas serão ministradas na sede da ABJL – Academia Brasileira de Jornalismo
Literário, à Rua General Jardim, 618, conj. 51, região central da capital
paulista, próximo ao Sesc Consolação e estações de metrô Santa Cecília ou
República.


As aulas começam na primeira semana de março de 2009. As matrículas podem ser
feitas online no próprio site da ABJL (www.abjl.org.br) ou na sede da
ABJL. Informações podem ser obtidas pelo e-mail abjl@abjl.org.br ou pelo
telefone (11) 3129-8320.


As turmas terão aulas quinzenais com três opções de horários pela manhã, à
noite e, também, nos finais de semana, para permitir a participação de
jornalistas que atuam em diferentes atividades em redações e dos que residem em
outras cidades. Para a turma A, as aulas são ministradas às segundas, terças e
quartas-feiras, das 8h às 12h20; para a turma B, às segundas, terças e
quartas-feiras, das 19h às 23h; e, para a turma C, às sextas-feiras (das 19h às
23h) e sábados (das 9h às 12h e das 13h30 às 17h30).


O período de aulas encerra-se em janeiro de 2010, embora o curso prossiga até
abril com orientações individuais para as produções do trabalho final previsto
no programa. Os melhores textos produzidos pelos alunos durante o curso são
publicados na revista on-line da ABJL (www.textovivo.com.br), dedicada à
narrativa de não-ficção. Além disso, as melhores produções podem ser incluídas
em livro. O primeiro volume da série, a coletânea Jornalistas Literários:
Narrativas da Vida Real por Novos Autores Brasileiros
, foi publicado pela
Summus Editorial em 2007.


Reconhecimento internacional


Referendado internacionalmente, o curso de Jornalismo Literário da ABJL é
realizado há quatro anos consecutivos e já formou mais de 200 profissionais em
turmas em Campinas, São Paulo (capital), Brasília, Curitiba, Goiânia e Porto
Alegre.


‘Tendo ensinado narrativa de não-ficção para repórteres em Harvard e também
freqüentemente em congressos na França, Dinamarca, Japão e África do Sul,
parece-me claro, agora que tenho colaborado com os professores da ABJL, em São
Paulo, que o programa que conduzem é um dos mais sofisticados, efetivos e
ambiciosos do mundo. Além disso, está em sintonia com as necessidades crescentes
dos vibrantes cidadãos do Brasil e da imprensa brasileira’, diz o jornalista e
professor Mark Kramer, diretor-fundador do Programa de Jornalismo Narrativo
(como o JL também é conhecido nos Estados Unidos) da Fundação Nieman, da
Universidade de Harvard.


Sobre o curso


O curso de pós-graduação oferecido pela ABJL é realizado em parceria com a
Faculdade Vicentina (Favi) de Curitiba, Paraná. Esse pioneiro programa foi
criado pela ABJL especialmente para atender profissionais de diversas áreas:
Jornalismo, Comunicação Social, Letras, História, Ciências Sociais, Educação e
Psicologia, entre outros.


Sob a coordenação dos jornalistas-professores Celso Falaschi, Edvaldo Pereira
Lima e Sergio Vilas Boas, o curso sustenta a sua proposta pedagógica em cinco
pilares: no Jornalismo Literário, focalizado sob perspectiva multidisciplinar,
tendendo à transdisciplinaridade; em um programa que absorve propostas e
princípios de novos paradigmas no campo do conhecimento contemporâneo; no
compromisso com a transformação social e com a expansão de consciência dos
indivíduos; na integração e na linha do tempo entre a tradição do passado, a
realidade do presente e a visão do futuro; e em um modelo inovador de avaliação
dos estudantes, na medida do que é possível dentro do contexto normativo do MEC
– Ministério da Educação e Cultura.


Programa de aulas


As aulas são presenciais e transcorrem de março a dezembro. As principais
disciplinas (ou módulos) do curso são: Jornalismo Literário: História e
Conceitos; Fundamentos da Narrativa de Não-Ficção; Grande Reportagem; Perfil;
Criatividade: Conceitos e Práticas; Literatura: Paralelos; Biografia; Ensaio
Pessoal e Memórias; Narrativa de Viagem; Livro-Reportagem; Pauta & Produção
em Jornalismo Literário.


O ponto de partida é o campo de conhecimento desenvolvido nos últimos 100
anos pelo Jornalismo Literário norte-americano, europeu, hispano-americano e
brasileiro. A partir dessa base, a ABJL desenha contribuições que podem ajudar o
JL a evoluir em resposta aos desafios dramáticos impostos pela ascensão da
civilização global da atualidade.


O foco mais imediato é o desenvolvimento de metodologias e técnicas que
possam contribuir para a melhoria da qualidade da reportagem na imprensa
brasileira e para a formação de autores de narrativas de não-ficção.


A Academia Brasileira de Jornalismo Literário é uma organização
não-governamental que ensina, pesquisa, divulga, promove, pratica e avança o
Jornalismo Literário para novos níveis, com abordagem multicultural e
multinacional.


Serviço


ABJL – Academia Brasileira de Jornalismo Literário


Fone: (11) 3129-8320


e-mail: abjl@abjl.org.br


Rua General Jardim, 618, conjunto 51 – Santa Cecília, São Paulo – SP


CEP01223-010


www.abjl.org.br

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem