Terça-feira, 16 de Outubro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº1009
Menu

ENTRE ASPAS >

Daniel Castro

31/08/2005 na edição 344

‘O último programa de Raul Gil na Record, emissora em que atua há sete anos, deve ir ao ar em 29 de outubro. Seu contrato com a emissora, que vence dois dias depois, não será renovado.


Em reunião na última sexta, os principais executivos da Record, irritados com declaração de Raul Gil à Folha de que iria dar ‘um xeque-mate’ na emissora, decidiram que não renovarão contrato com o apresentador, nem mesmo com redução de 30% do salário.


Raul Gil diz que na sexta-feira recebeu um telefonema do presidente da Record, Alexandre Raposo: ‘Ele me falou que o bispo [Honorilton Gonçalves, que manda na programação] não quer mais renovar meu contrato. Mas na verdade não são eles que não querem renovar. Sou eu que não aceitei as condições impostas. Querem posar de bonitinhos’.


Pela primeira vez, o apresentador admite que está negociando com a Band. ‘Mas não assinei nada ainda. Talvez até assine nos próximos dias’, disse. Mesmo ‘dispensado’, Raul Gil gravou anteontem o programa do próximo sábado, em que recebeu o bispo da Igreja Universal e senador Marcelo Crivella. ‘Sempre fui correto e vou fazer com carinho e respeito até o último programa.’


A princípio, a Record substituirá Raul Gil aos sábados com dois filmes e um novo show de Márcio Garcia. Diretores da rede dizem que Raul Gil dá prejuízo e já não disfarçam que o acham ‘brega’.


OUTRO CANAL


Enrolado 1 O advogado Enrico Gianelli, que depôs ontem na CPI dos Bingos, é o principal assessor de Eugenio Lopez, consultor do SBT, que na prática atua como um vice-presidente. Recentemente, o influente assessor teve de produzir um extenso relatório interno, com ‘documentos sigilosos’ defendendo sua inocência. O dossiê foi entregue a Luiz Sandoval, presidente do Grupo Silvio Santos.


Enrolado 2 Gianelli foi parar na CPI dos Bingos porque atuou como advogado para a GTech, em 2002 e 2003, em rumoroso processo de renovação de contrato com a Caixa Econômica Federal para operar lotéricas. Apareceu em grampos telefônicos falando com Rogério Buratti, ex-assessor de Antonio Palocci.


Outro lado Enrico Gianelli diz que apenas trabalhou como advogado para a GTech, em processos judiciais, e nega ter feito lobby. Diz que deixou a empresa por discordâncias. ‘Só concordava com o que estava certo’, disse à Folha na segunda.


Gabriela A Record convidou oficialmente anteontem Sonia Braga, que mora em Nova York, para ser a protagonista de ‘Cidadão Brasileiro’, novela de Lauro César Muniz que pretende estrear em novembro. Ela já leu a sinopse da novela e respondeu que gostou. Disse que está disponível a partir de outubro, por um ano. Seu papel seria o de Fausta, uma mulher de 55 anos.’


 


Keila Jimenez


‘Raul Gil está com um pé na Band ‘, copyright O Estado de S. Paulo, 31/08/05


‘Raul Gil deve mesmo deixar a Record. Ontem à tarde, já era certo na emissora que o apresentador sairá da grade de programação no final de seu contrato com a rede, em outubro. Raul, que está negociando seu passe com a Band, não conseguiu renovar seu contrato com a Record nos termos que ele queria.


O apresentador recebe por mês R$ 700 mil – parte desse dinheiro é usada na produção do programa – e a Record queria baixar o valor. O canal também não quer mais que nenhum apresentador fique por tanto tempo seguido no ar: Raul tinha quase 7 horas de programa.


Segundo lugar em audiência no horário, em sua trajetória na Record Raul chegou muitas vezes a vencer Luciano Huck em audiência e vem encostando sábado a sábado no ibope do Fama, da Globo.


A Record deve ocupar seu lugar na programação com filmes e uma nova atração na linha de shows comandada por Márcio Garcia.


Até a manhã de ontem, Raul não tinha sido comunicado oficialmente da decisão da rede, mas sua saída já era comentada em sua equipe de produção.


Na Band, a contratação do apresentador ainda não foi confirmada. Um dos impasses é justamente o fator que determinou sua saída da Record: os R$ 700 mil mensais.


Mesmo assim, a direção da emissora ficou de apresentar uma contraproposta a Raul Gil. A idéia da Band é colocar o apresentador nas tardes de domingo para bater com Gugu, Faustão e Pânico. Atualmente, a programação de domingo da Band passa longe da disputa de audiência no ibope.’





TV GLOBO


Daniel Castro


‘Procuradora veta ofensa a índia na Globo’, copyright Folha de S. Paulo, 30/08/05


‘O Ministério Público Federal (MPF) no Rio recomendou à Globo ‘que não sejam mais transmitidas na novela ‘A Lua me Disse’ cenas que exponham a personagem Índia a situações constrangedoras ou degradantes’. Índia, interpretada por Bumba, 73, é empregada na casa de Ademilde (Arlete Salles). Era constantemente humilhada pelas irmãs da patroa.


A recomendação do MPF, de 29 de julho, equivale a uma ‘quase ordem’. A Globo respondeu que a novela é uma obra de ficção e que já estava prevista uma reviravolta na história da personagem.


Coincidência ou não, há duas semanas Índia ganhou um novo status e se livrou da obrigação de ter que lavar roupas íntimas das irmãs de Ademilde.


O MPF considerou a resposta da Globo insatisfatória e estuda entrar com ação. O órgão se baseia em parecer do Ministério da Justiça que aponta que cenas vividas por Índia não ‘correspondem ao horário livre [19h]’.


A história de Bumba é mais chocante. Nascida no Pará, foi vendida pelos pais aos 10 anos e escravizada por uma família. Já idosa, foi descoberta por um produtor de cinema dos EUA. Estreou na Globo em 2000 (‘A Muralha’).


A Globo afirma que ‘eventuais situações difíceis vividas pela personagem não podem ser consideradas preconceito ou discriminação’, porque qualquer indivíduo, independente de cor, sexo, idade ou crença pode passar por isso.


OUTRO CANAL


Passe A Band quer, sim, tirar Raul Gil da Record. Mas o passe do apresentador, de cerca de R$ 700 mil mensais, assusta executivos da emissora, que temem não conseguir viabilizar a quantia com publicidade. A Record propôs a Raul Gil renovar seu contrato, que vence em outubro, com uma redução de 30% de seus vencimentos.


Gogó Raul Gil e seus calouros jovens impuseram ao ‘reality show’ ‘Fama’, da Globo, sua primeira derrota na atual temporada. Sábado, o ‘Programa Raul Gil’ marcou 13 pontos contra 12 da Globo enquanto o ‘Fama’ esteve no ar.


Bolso A queda na audiência do ‘Programa do Ratinho’ (SBT), que mudou de horário várias vezes neste ano (desde ontem está às 17h), já está prejudicando os negócios de Carlos Massa, o Ratinho. O apresentador (que atua nos ramos de agropecuária e bebidas, entre outros) suspendeu novos investimentos.


Piada Nas emissoras concorrentes do SBT, Ratinho já virou motivo de chacota: dizem que agora só falta Silvio Santos colocar seu programa às 7h da manhã, para concorrer com Jacaré, seu ‘clone’ na Rede TV!. Neste ano, ela já entrou às 21h30, 19h e 18h.


Medo A Rede TV! voltará a gravar pegadinhas. Está entusiasmada com a audiência das reprises no ‘Tarde Quente’.’



REALITY SHOWS


Folha de S. Paulo


‘‘Reality show’ com grávida puxa audiência de rede de TV holandesa’, copyright Folha de S. Paulo, 30/08/05


‘A última versão do programa ‘Big Brother’ holandês, que estreou no último domingo, tem uma mulher grávida de sete meses que, se não for eliminada do ‘reality show’, poderá dar à luz ao bebê ao vivo na TV.


Nesta semana, o Ministério das Relações Sociais da Holanda irá decidir se o bebê poderá aparecer na TV. Em princípio, segundo a porta-voz do ministério Bea Versteeg, não há objeções quanto à participação do recém-nascido no programa, desde que a criança esteja diante das câmeras o tempo permitido -pela lei holandesa, crianças com menos de sete anos podem aparecer, no máximo, quatro vezes na TV, por não mais de quatro horas em cada exibição.


Como as filmagens do programa acontecem durante todo o dia, o bebê não poderá ser a estrela do ‘reality show’.


Um representante da Endemol, a produtora holandesa que criou a série ‘Big Brother’, disse que a empresa ainda não sabe quando a mulher, identificada apenas por seu primeiro nome, Tanja, irá entrar em trabalho de parto. ‘Ela poderá ser eliminada do programa antes disso’, disse Cathelijne Nijssen, porta-voz da Endemol.


Nijssen afirmou que, de qualquer maneira, o programa não oferece riscos ao nascimento do bebê, que será apresentado de ‘maneira adequada’. ‘Conversamos com ginecologistas e psicólogos, e eles acham que pode ser melhor ter um bebê na casa do ‘Big Brother’ do que no hospital.’


O bebê de Tanja, segundo os produtores, poderá ficar cerca de 49 dias no programa.


A gravidez elevou os índices de audiência da Talpa, rede de televisão holandesa que é propriedade de John de Mol. De Mol é conhecido como o criador do ‘Big Brother’ original, que deu início a era dos ‘reality shows’ na TV. ‘Tivemos 1,5 milhão de telespectadores na noite passada [domingo], o que representa o segundo melhor lugar [de audiência] no país, atrás apenas das partidas de futebol do fim de semana’, contou Nijssen.


Foram revelados poucos detalhes sobre Tanja, que tem 27 anos, vive em Groningen, cidade no norte da Holanda, sonha em estudar direito e ficou grávida por acidente. Ela afirmou que a casa do ‘Big Brother’ pode ser ‘o lugar ideal para ter o bebê’.


Tanja chocou os outros participantes porque tem fumado muito desde que entrou na casa. O prêmio para o vencedor é de US$ 491 mil (cerca de R$ 1,2 milhão).’


Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem