Sexta-feira, 24 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº967

ENTRE ASPAS > QUARTA-FEIRA, 17/3

Facebook é o site mais visitado dos EUA

Por Leticia Nunes (seleção de textos) em 17/03/2010 na edição 581


Leia abaixo a seleção de quarta-feira para a seção Entre Aspas.


 


************


Folha de S. Paulo


Quarta-feira, 17 de março de 2010


 


INTERNET


Facebook passa Google pela 1ª vez e se torna site mais visitado dos EUA


‘As visitas dos usuários americanos ao Facebook cresceram 185% em um ano, fazendo com que o site de relacionamento se tornasse o mais popular dos EUA, batendo o Google pela primeira vez em mais de dois anos.


Segundo dados da consultoria Hitwise, a página do Facebook recebeu 7,07% das visitas na semana encerrada no dia 13, ante 7,03% do Google. Além da mudança na liderança, chama a atenção o fato de o site de relacionamento ter recebido 185% mais tráfego do que na mesma semana de 2009, enquanto o Google teve um avanço de 9% nesse período.


Os números sinalizam que os usuários vêm utilizando cada vez mais os sites de relacionamento também como agregador de notícias.


A mais recente tentativa do Google de ser relevante entre as redes sociais, o Buzz, foi alvo de controvérsia, depois que surgiram reclamações dos usuários sobre invasão de privacidade -após isso, a empresa fez alterações no serviço.


Desde setembro de 2007, o Google vinha liderando o levantamento. Na ocasião, ele ultrapassou o MySpace, que também é um site de relacionamento e que hoje aparece na sexta colocação, com cerca de 2%.


Os dados da consultoria, porém, levam em conta apenas o Google.com, deixando de lado outros sites da empresa, como YouTube e Gmail. Somando todos os domínios, o Google continua na liderança, com 11,03% das visitas nos EUA.


Com ‘Financial Times’’


 


 


TODA MÍDIA


Nelson de Sá


No meio


‘Na manchete da BBC Brasil no fim do dia, ‘Lula diz que palestinos sofrem bloqueio cruel de Israel’, que impede Cisjordânia e Gaza de ‘se beneficiarem dos fluxos do comércio internacional’. Na Globo, Fátima Bernardes mostrou o conflito em Jerusalém e disse: ‘Em meio a esse clima, Lula faz visita oficial’.


A agência de notícias Ma’an, sediada na Cisjordânia e que vinha registrando a visita de Lula, passou a focar só o confronto. Na manchete, ‘Violência prossegue através de Jerusalém Oriental e Cisjordânia’, citando 1 policial israelense e 91 palestinos feridos, além de 60 presos. Mas, em artigo destacado na home da agência palestina, o próprio editor-chefe avisou, no título: ‘Não é a hora certa para uma nova intifada’.


NEM UM NEM OUTRO


No fim do dia, a manchete do israelense ‘Haaretz’, considerado liberal, destacou que, segundo líder anônimo das forças armadas do país, ‘nem Israel nem Autoridade Palestina querem violência’. Já na manchete do Ynet, site do tabloide de maior tiragem, ‘Yediot Ahronot’, ‘ônibus são apedrejados’ etc.


NO MEIO 2


Sites no Brasil destacaram despacho da France Presse, ainda sobre a presença de Lula em Jerusalém, dizendo que um rabino sobrevivente dos campos de concentração nazistas pediu ao brasileiro que intermedeie um encontro com o presidente do Irã, ‘para provar que ele está errado em negar o Holocausto’.


PETRAEUS, ISRAEL E O IRÃ


Na home do ‘New York Times’, ‘Israel nega pedido dos EUA’ para parar com a construção de imóveis israelenses em Jerusalém Oriental, de maioria palestina. O site da ‘Foreign Policy’, na manchete, diz que o racha entre os dois países vai além do episódio. Cita críticas do general David Petraeus, responsável pelas operações no Iraque e no Afeganistão, a Israel, por minar os EUA na região, pondo em risco a vida de soldados americanos. A Reuters noticiou que Petraeus, ontem mesmo, declarou que diminuiu o esforço iraniano para desenvolver uma bomba nuclear e ‘não é para este ano’.


NOVA CLASSE


O ‘Wall Street Journal’ deu na primeira página de ontem um longo relato sobre a agência flutuante que o Bradesco tem na Amazônia. Seu correspondente viajou com o barco Voyager 3 de Manaus até a fronteira e produziu mapa multimídia, fotos das áreas visitadas e do cotidiano a bordo, entre redes e caixas eletrônicos. No título, ‘Banqueira singra para novos mercados, fluindo empréstimos de um barco’. A reportagem usa a experiência para contar como o banco brasileiro procura atender aos ‘milhões de pobres brasileiros que foram catapultados nesta década para a classe média’, abrindo agências também em ‘favelas’.


PRÉ-SAL, A RESISTÊNCIA


Na manchete do portal iG, Guilherme Barros informou que Lula, desde Israel, ‘começou a ligar para os senadores para reverter a emenda Ibsen’, que, aprovada na Câmara, tira do Rio os royalties sobre o petróleo.


Do G1 ao ‘Jornal Nacional’, o noticiário global seguiu outra direção, com críticas à emenda, mas sublinhando a pressão para retirada da urgência na votação de todas as emendas do pré-sal. Mais do que a reversão da medida tomada pela Câmara, entraria em pauta a derrubada da própria mudança no sistema de exploração _de volta para a concessão às companhias estrangeiras.


O TEMPO PERDIDO


No ‘Bom Dia São Paulo’, ainda madrugada, ‘um protesto atrapalha demais o trânsito, impedindo a passagem dos ônibus’ na Estrada do M’Boi Mirim. Depois, no G1, também da Globo, à tarde, o destaque saiu do trânsito para a longa ‘fila de ônibus, de quilômetros, situação que está pior desde que o mês começou’, razão do protesto, na verdade.


Por fim, na manchete do ‘SPTV’, à noite, ‘O tempo perdido no trânsito vira motivo de protesto’. Sobrou para o prefeito Gilberto Kassab, que saiu prometendo até ‘monotrilho’ para a região.’


 


 


PUBLICIDADE


Petrobras lança novo edital para licitação


‘Após o vazamento de informação na licitação para a escolha de agências de publicidade, a Petrobras decidiu que uma auditoria acompanhará o processo e que as empresas não terão nenhuma referência que as identifique. O vazamento ocorreu na análise da proposta técnica e do plano de propaganda. Agora, o representante das agências receberá só envelopes e caixas para os documentos com o número coberto com uma tinta especial. As vencedoras rateiam uma conta anual de R$ 250 milhões prevista para 2010.’


 


 


TELEVISÃO


Mônica Bergamo


Asfalto cultural


‘Carlos Vogt, secretário de Ensino Superior de SP, é candidato à presidência do conselho da Fundação Padre Anchieta, que comanda a TV Cultura. Ele é cotado para assumir o cargo e pavimentar a reeleição do jornalista Paulo Markun no comando da emissora, como quer o governador José Serra -e como não querem partidários de Geraldo Alckmin.’


 


 


Andréa Michael


Vildomar sai da geladeira da Record e ganha horário à tarde


‘Enfim, a Record decidiu o destino do ex-diretor do ‘Hoje em Dia’ Vildomar Batista. Ele vai comandar uma revista eletrônica vespertina, semelhante ao antigo programa. É uma estratégia da emissora para lutar pelo segundo lugar na audiência também nesse horário, posição que o SBT conquistou exibindo séries, filmes e ‘Casos de Família’, apresentado por Christina Rocha.


O formato de revista eletrônica à tarde é uma antiga aposta da Record. Foi numa dessas versões que Ana Hickmann e Edu Guedes estrearam na emissora. Maria Cândida também teve sua oportunidade, mas saiu do ar porque a audiência ficou aquém do esperado.


No ‘Hoje em Dia’, Vildomar não aparecia no vídeo, mas era uma das estrelas do programa, pois interagia com telespectadores e apresentadores. Vildomar deixou o ‘Hoje em Dia’ em agosto passado para assumir a direção artística da Record. Enfrentou problemas com o comando da emissora devido a boatos de que estaria negociando sua ida para o SBT e que levaria consigo Ana Hickmann, do ‘Tudo É Possível’. Perdeu o posto recém-conquistado e embarcou em férias para os EUA.


Na volta, assumiu novamente o ‘Hoje em Dia’, mas logo foi substituído e colocado na geladeira. A coluna procurou Vildomar nos dois últimos dias. Mas ele não atendeu ao celular nem respondeu aos recados.


RESGATE


Mantido em segredo durante o anúncio da temporada 2010 do ‘CQC’ (Band), o quadro ‘Semana em Fotos’, que foi ao ar anteontem, lembra as dublagens engraçadinhas que comediantes já faziam no ‘Domingo Legal’do Gugu (SBT) e no humorístico ‘Hermes e Renato’(MTV). Nada de muito novo.


AZEITE


As negociações entre a Rede TV! E o grupo português On-going passam também pela teledramaturgia. A emissora brasileira quer rechear o horário das seis de sua grade com um sucesso produzido pela colega.


BANDEIRA BRANCA


Os musicais de ‘Dalva e Herivelto’ (Globo) que só puderam ser vistos em trechos estarão na íntegra no DVD da série, que terá, assim, cenas inéditas.


ESPELHO


Na última quinta, dia da posse do novo presidente do Chile, Sebastián Piñera, quando a terra voltou a tremer, uma apresentadora do Canal 13 anunciou: ‘Para vocês que estavam aguardando o capítulo final dessa estupenda novela brasileira, que é ‘A Favorita’, informamos que foi adiado para amanhã porque, hoje, não interromperemos a cobertura jornalística’.


INDICADO


Pedro Andrade, repórter do ‘Manhattan Connection’ (GNT), concorre, em agosto, como melhor apresentador de programa de artes e entretenimento no Emmy Internacional. A indicação é por ‘1st Look’, exibido pela emissora norte-americana NBC.


com Clarice Cardoso’


 


 


HQ


Folha publica coletânea de Glauco por um ano


‘A partir de hoje, e pelo período de um ano, o espaço de tiras da Ilustrada ocupado pelo cartunista Glauco Vilas Boas desde 1983 até seu assassinato, na sexta-feira passada, abrigará retrospectiva da carreira do artista, que começou a publicar na Folha em 1977.


A seleção incluirá os principais personagens criados por Glauco, como Geraldão, inventado em 1981; Geraldinho, a versão mirim pensada especialmente para a Folhinha, e o Casal Neuras.


Outros trabalhos de Glauco também serão retomados, como Dona Marta, a secretária encalhada que ataca homens no escritório; Doy Jorge, uma figura da noite paulistana dos anos 80, e personagens como o Cacique Jaraguá, Edmar Bregman, Faquinha, Netão, Nojinsk, Ozetês, Van Grogue, Zé do Apocalipse e Zé Malária.


Influenciado por Henfil, com quem morou na década de 70, Glauco tinha traços simples, mas difíceis de imitar. Em 2003, explicou que não se adaptara ao computador: ‘Tentei usar o computador para desenhar, mas meu desenho sai como se fosse uma criança. Não tenho o domínio ainda. Mesmo aquela canetinha que tem uma tela. Para meu tipo, estou acostumado com a pena, que dá um traço todo peculiar’.


Glauco, que também publicava charges políticas na página A2 da Folha, tinha consciência do poder de seu humor corrosivo. ‘Pelo humor é possível falar sobre coisas sérias, como a condição humana, a miséria, o medo, a prisão. É algo seríssimo’, disse, em 1986.


O cartunista fundou e dirigia uma igreja do Santo Daime chamada Céu de Maria. Músico, compôs mais de cem hinos para os rituais da doutrina.’


 


 


 


************


O Estado de S. Paulo


Quarta-feira, 17 de março de 2010


 


TELEVISÃO


Keila Jimenez


Netinho sai do SBT com dívida


‘Netinho se despede na sexta-feira de sua atração do SBT, Show da Gente, com uma dívida, mas não com o público. O apresentador, que deixará o programa para sair candidato (PC do B) ao Senado nas próximas eleições, está sendo acusado de dar um calote em sua equipe de produção. O Estado apurou que muitos dos profissionais do Show da Gente, que perderão seus empregos esta semana, tinham um contrato de trabalho que previa metade do pagamento via SBT, e a outra metade, via Consumídia, empresa que representa Netinho. A parte que cabe a emissora foi devidamente paga, já a da Consumídia está há pelo menos três meses atrasada e sem sinal de quitação. Procurado por esta coluna, Netinho não retornou até o fechamento.


4 pontos foi a média de ibope de Hebe anteontem, no SBT, metade da média de seu especial, no último dia 8


3,2 milhões de reais foi o que a prefeitura de Lisboa pagou por um merchandising em Viver a Vida, na Globo


‘O DNA diz que sim’


Resposta do craque Edmundo para pergunta do CQC, da Band: ‘Sua ex-mulher e seu filho posaram pelados, juntos?’


O Pânico pretende oferecer no ar recompensa de R$ 100 mil para quem apresentar a credencial da Rede TV! no Oscar 2010. A atração defende que Daniel Zukerman, que faz o personagem O Impostor, realmente invadiu a premiação do cinema, como mostrou o programa de domingo. Zukerman está sendo acusado de ter credenciais e fingir uma invasão.


Demorou, mas Betty Faria já está se lamuriando pelos corredores do SBT sobre sua personagem em Uma Rosa com Amor, nova trama da emissora. A atriz estaria insatisfeita com seu visual na novela, que já está mostrando reação em audiência.


Tom Cavalcante irá para o SBT. Pelo menos por enquanto, só para participar do programa Hebe, para o qual já recebeu liberação da Record. Já sua ida como funcionário de Silvio Santos segue liderando a rede de boatos da semana. A mesma que diz que Tom não é mais recebido pelos dirigentes da Record e tem se sentido desprestigiado depois da chegada da turma de Marcos Mion.


A conta ainda não fechou. Segundo o mercado publicitário, o R7, portal da Record, tem faturado por mês cerca de R$ 1,5 milhão, e gastado R$ 3 milhões.


E os grandes destaques da F-Indy na Band foram… Os Irmãos Garcia. Com tanta chuva e acidentes na prova, só deu a marca da empresa de guinchos na tela da Band no domingo. O nome, estampado no teto dos guinchos do evento, pulava na tela durante as imagens aéreas dos acidentes. Merchandising na faixa.


O Toda Sexta, de Adriane Galisteu, sai do ar na Band em maio, por causa da Copa, sem data para voltar.


O CQC, com direito a veto na Justiça, rendeu 4 pontos de ibope em seu retorno de férias anteontem, na Band. O quadro Proteste Já, que traria uma denúncia de mal uso de verba pública em Barueri, no interior de São Paulo, foi proibido de ir ao ar por uma liminar na Justiça.’


 


 


Karl Lagerfeld fala a Lilian Pace


‘Em Paris para testemunhar a semana de moda mais concorrida do planeta, Lilian Pacce estreia hoje temporada inédita de seu GNT Fashion. A maratona há de justificar quatro programas especiais, com foco nos lançamentos para a safra outono/inverno 2010.


Para o dia, Lilian traz uma entrevista exclusiva com o estilista da Chanel, Karl Lagerfeld. Em função dos rigorosos invernos europeu e norte-americano, ele justifica a apresentação de uma coleção ‘polar’, com peças feitas de ‘pele fantasia’. Sim, são peles sintéticas de animais, vá lá, e ele reconhece como ícone politicamente incorretos, mas ressalva que não pode fechar os olhos para o aquecimento global. E com a abertura de uma segunda loja da Chanel no Brasil, no Rio, Lagerfeld não gostaria de conhecer o País? Ele jura que sim, mas diz que é proibido pela seguradora de pisar em terras brasileiras por problemas de segurança. Lilian então o encoraja e fala que o Brasil, afinal, não é tão perigoso assim.


O programa do dia apresenta também um tributo a Alexander McQueen, morto em de fevereiro, que completaria 41 anos de vida exatamente hoje. Modelos e profissionais da moda repercutem seu legado.’


 


 


Mike Tyson vira âncora de TV


‘Em seu documentário, recentemente lançado, Mike Tyson revelou como iniciou no boxe. Ele ficou enfurecido quando mataram um de seus pombos de estimação e resolveu espancar o garoto. O amor do ex-campeão mundial por pombos nunca se acabou e ele continua tendo uma criação desses animais. Pois Tyson poderá expor toda a sua admiração por esses bichos na apresentação de um programa de TV. O ex-boxeador acertou contrato com o canal Animal Planet para comandar um programa de corridas de pombos. As gravações devem começar até maio e a atração tem previsão de entrar na grade de programação da emissora no início de 2011.


Na semana passada surgiram boatos de que Tyson poderia voltar a lutar e seu adversário seria Evander Holyfield, com quem já lutou duas vezes em 1996 e 1997. Mas com 43 anos, quase 130 quilos de peso e afastado completamente dos ringues desde 2005, o duelo jamais deverá acontecer.


Além do documentário no cinema, Tyson está se tornando figura constante na televisão. Participou de um campeonato de danças na Itália e também foi convidado a comparecer a eventos de luta-livre nos Estados Unidos. Tudo recheado com um atraente cachê. O Iron Man também voltou a se relacionar com o empresário Don King, a quem chegou a processar e pedir indenização de US$ 100 milhões. Tyson faz comentários para as lutas que são transmitidas no site de King.’


 


 


CAMPANHA


Cid Gomes tem propaganda suspensa


‘O Tribunal Regional Eleitoral no Ceará determinou ao governo do Estado a suspensão de propaganda institucional sob pena de multa diária de R$ 5 mil. Segundo o juiz eleitoral Heráclito Vieira de Sousa Neto, o governador Cid Gomes (foto), do PSB, foi beneficiado por ‘propaganda eleitoral antecipada subliminar’ em anúncios veiculados desde o dia 24 de fevereiro na mídia local. Embora ele não apareça e seu nome não seja citado, os anúncios teriam pontos que ferem o artigo 36 da lei 9.504/97.’


 


 


Justiça tira filme de Mercadante do ar


‘Depois de tirar do ar inserções do PT de São Paulo protagonizadas pelo presidente Lula e pela ministra Dilma Rousseff, a Justiça Eleitoral suspendeu também a veiculação de filme estrelado pelo senador Aloizio Mercadante (SP). No vídeo, que foi ao ar na segunda, o senador fazia uma série de elogios ao governo Lula e concluía: ‘Você não acha que, depois de tanto tempo, já é hora de São Paulo dar ao PT a chance de governar todos os paulistas?’ Para o corregedor eleitoral, o filme ‘ultrapassa os limites’ da lei que rege a propaganda partidária.’


 


 


INTERNET


Chefe mafioso é detido graças ao Facebook


‘A polícia italiana capturou ontem Pasquale Manfredi, um dos cem criminosos mais perigosos da Itália, apontado como um dos líderes da Ndrangheta, a máfia calabresa. A detenção só foi possível porque Manfredi costumava acessar sua página no Facebook usando um modem USB, cujo sinal foi interceptado pelas autoridades. Ele é acusado de formação de quadrilha, homicídio, extorsão e tráfico e estava foragido desde novembro de 2009.’


 


 


ARQUIVO


Patricia Cohen, NYT


Acervo digital é mais caro que o de papel


‘Em meio ao material de arquivo de Salman Rushdie em exposição na Universidade Emory, em Atlanta, há capas ilustradas de seus livros, diários escritos à mão e quatro computadores Apple (um deles arruinado por um incidente com uma coca-cola). Os 18 gigabytes de dados contidos neles parecem prometer aos futuros biógrafos e estudiosos de literatura um verdadeiro país das maravilhas digital: vastos arquivos organizados que podem ser facilmente pesquisados em poucos cliques.


Mas, como a maioria dos paraísos rushdieanos, esse idílio digital tem seu próprio conjunto de problemas. Como as bibliotecas e os arquivos de pesquisa estão descobrindo, o material ‘nascido digital’ – criado inicialmente no formato eletrônico – é muito mais difícil e caro de ser preservado do que se supunha.


Rascunhos, correspondência e comentários editoriais produzidos eletronicamente, com os quais poetas contemporâneos, romancistas e autores de não-ficção parecem se preocupar tanto, são apenas uma série de dígitos – os binários 0 e 1 – gravados em disquetes, CDs e discos rígidos, que se estragam muito mais rápido do que o papel. Mesmo que essas mídias de armazenamento sobrevivam, o implacável avanço da tecnologia pode significar que equipamentos e softwares mais antigos deixem de existir. Imagine ter um disco de vinil, mas nenhuma vitrola.


A luta contra a extinção digital passa por perguntas difíceis: como definir o que deve ser preservado, como deve ser essa preservação, e como tornar esse material disponível? ‘Não há dúvida de que essas questões têm tirado o sono de muita gente’, disse Anne Van Camp, diretora dos Arquivos da Instituição Smithsonian e membro de uma força-tarefa que estuda os aspectos econômicos da preservação digital.


Metodologia. Apesar de os computadores serem usados cotidianamente há duas décadas, os arquivos de escritores estão apenas começando a chegar aos acervos. Na semana passada, o Centro Harry Ransom, da Universidade do Texas, de Austin, anunciou a compra do arquivo de David Foster Wallace, que cometeu suicídio em 2008. A Emory montou em fevereiro uma exposição com seu acervo de Rushdie e, no ano passado, pouco antes de morrer, John Updike enviou 50 disquetes de 5,25 polegadas à Biblioteca Houghton, em Harvard.


Leslie Morris, curadora da Biblioteca Houghton, disse, ‘Ainda não desenvolvemos uma metodologia’ para processar esse material. ‘Armazenamos os disquetes em nossa seção climatizada, e torcemos para que Harvard defina logo alguns procedimentos universais.’


Entre os desafios estão a contratação de arquivistas familiarizados com a informática; a aquisição do equipamento e da experiência necessários para decifrar, transferir e obter acesso aos dados armazenados em formatos tecnológicos obsoletos; o desenvolvimento de um sistema de proteção contra alterações e apagamento acidentais; e a definição de como organizar o acesso de forma a torná-lo mais útil.


Na Biblioteca Emory, os computadores de Rushdie confrontaram os arquivistas com um dilema: apenas copiar o conteúdo dos arquivos ou tentar também recuperar a aparência e a organização dele.


Por causa do interesse especial da Emory no impacto da tecnologia no processo criativo, a diretora interina do Acervo de Arquivos Manuscritos e Livros Raros, Naomi Nelson, disse que os arquivistas decidiram recriar a experiência e o ambiente eletrônico original.


Na exposição, visitantes podem acessar um computador e ver exatamente a mesma tela para a qual Rushdie olhava, realizar buscas nos arquivos dele assim como o autor fazia, e descobrir quais os aplicativos que ele costumava usar. ‘Não conheço nenhum outro lugar no mundo onde seja possível acessar por meio da emulação um acervo nascido digital’, diz Erika Farr, diretora da Biblioteca Robert W. Woodruff, em Emory.


Tradução de Augusto Calil’


 


 


 


************

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem