Segunda-feira, 20 de Novembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº966

ENTRE ASPAS > FIM DE SEMANA, 17 E 18/02

Folha de S. Paulo

19/02/2007 na edição 421


PUBLICIDADE CENSURADA
Kamila Fernandes


Juiz proíbe anúncio de cerveja durante o dia


‘Às vésperas do Carnaval, uma decisão da Justiça Federal no Ceará determinou
a proibição, no rádio e na TV, de propagandas de cerveja entre as 6h e as 21h.
Hoje, os anúncios podem ser veiculados durante o dia todo. A medida vale para
todo o país.


A decisão ainda proíbe toda a propaganda de cerveja que não traga a
advertência de que ‘o consumo de bebidas alcoólicas provoca dependência química
e psicológica’. Pela determinação, as três principais cervejarias do país
-Ambev, Femsa e Schincariol- também são obrigadas a inserir a advertência em
toda sua publicidade.


A liminar (decisão provisória) foi concedida pelo juiz da 2ª Vara Federal no
Ceará, Jorge Luís Barreto, em ação movida pela ONG Desafio Jovem do Ceará -que
atende jovens dependentes químicos. Vale para todo o país até decisão contrária
ou até o julgamento da ação.


O juiz considerou que apenas o aviso ‘beba com moderação’, já veiculado na
publicidade de cerveja, é insuficiente para informar os consumidores sobre os
efeitos causados pela bebida.


Ainda segundo o juiz, a mensagem não atende à população e principalmente aos
jovens, que ‘deveriam ser melhor esclarecidos sobre as conseqüências do consumo
exagerado de bebidas alcoólicas’.


A liminar foi concedida no final da manhã de ontem. Logo em seguida, a
Justiça Federal começou a enviar intimações para todas as emissoras de TV e
rádio. A decisão deve começar a vigorar 24 horas depois de entregue a intimação,
sob pena de multa diária de R$ 100 mil.


Ao lado das cervejarias, a Anatel (Agência Nacional de Telecomunicações) e a
União também foram acionadas. Para o advogado da ONG, Francisco Maia Pinto
Filho, a agência e o governo federal foram omissos no controle da
propaganda.


‘As cervejarias escolhem artistas que são ícones dos jovens para pedir que
bebam. Como permitir que crianças fiquem expostas a esse tipo de apelo, sem que
cometam excessos e até caiam na criminalidade mais tarde?’, questionou.


A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) prepara desde 2003
resolução para restringir a propaganda de bebidas alcóolicas. O texto era para
ter sido divulgado no final de 2006, mas não ficou pronto. A assessoria do
agência informou que o documento deve sair neste primeiro semestre.


Entre as mudanças previstas, está a inclusão de aviso sobre o risco de
dependência causado pelo álcool. A nova norma também deve restringir entre 20h e
8h a veiculação, na TV, de publicidade de bebidas alcoólicas.’


***


Abert não fala sobre decisão da Justiça


‘A Folha procurou a Abert (Associação Brasileira de Emissoras de Rádio e
Televisão) na noite de ontem, mas a assessoria informou que o presidente da
associação não poderia ser localizado para falar sobre a decisão.


Para o superintendente do Sindcerv (Sindicato Nacional da Indústria de
Cerveja), Marcos Mesquita, o debate sobre mudanças na propaganda de cerveja deve
ocorrer no Congresso, e não no Judiciário.


‘Não vejo como o Judiciário possa se manifestar se já existe uma lei sobre
isso, a Lei Murad, que incluiu a advertência para beber com moderação nos
anúncios, que tem sido respeitada’, afirmou Mesquita.


Mesquita disse não falar em nome das cervejarias citadas na ação e associadas
ao sindicato -Ambev e Femsa-, pois ambas não haviam sido notificadas da decisão
da Justiça.


As assessorias da Ambev e da Femsa não comentaram a decisão. A reportagem não
conseguiu contato com a Schincariol.’


GOVERNO LULA & MÍDIA
Clóvis Rossi


Bom acordo, má imagem


‘Uma rápida batida d’olhos pelos títulos dos principais jornais brasileiros
de ontem indica que uns 80% deles trazem implícitas ou explícitas críticas ao
acordo entre Brasil e Bolívia sobre o gás.


Crítica injusta. Do ponto de vista técnico-financeiro, justifica-se pagar
mais pelo gás boliviano. No caso específico do gás fornecido para a termelétrica
de Cuiabá, o preço até então pago pelo Brasil era uma verdadeira espoliação.


O restante, a maior parte, virá a menos de US$ 5 o milhão de BTU (unidade de
medida usada). Se Néstor Kirchner, o presidente argentino, que pode ser acusado
de quase tudo, menos de ‘entreguista’, paga US$ 5 à Bolívia, não parece haver
capitulação brasileira ao aceitar pagar menos, certo? Aliás, nem os mais ácidos
críticos do acordo fazem reparo ao preço em si. Atacam o que consideram
concessão política, talvez ideológica.


Se a concessão se justifica ou não, é matéria opinável. O que está desde já
claro é que o governo brasileiro não parece ter-se dado conta de que, no mundo
moderno, a diplomacia é pública. Alguém, anos atrás, até cunhou a expressão
‘diplomacia pela CNN’, para rotular atitudes e declarações divulgadas por meio
da emissora para sondar o efeito em outro país.


No caso do gás, o governo brasileiro mandou recados duros e claros: gás era
negociação técnica, que não deveria nem seria negociada na visita de Evo Morales
ao Brasil.


Não só houve a negociação durante a visita (prorrogada por horas, exatamente
para fechá-la) como se deu a interferência política, como tem mesmo que ocorrer
(a política pode ser externa, mas é política sempre, com o perdão da obviedade).


Conseqüência: o que deveria ser um acordo corriqueiro virou, na imagem
pública, mais uma capitulação do presidente ante seus amigos ideológicos, que,
de resto, já nem o são tanto assim.’


TELEVISÃO
Daniel Castro


Gilberto Braga critica ‘Páginas da Vida’


‘Co-autor de ‘Paraíso Tropical’, próxima novela da Globo, Gilberto Braga
criticou anteontem, abertamente, a atual trama das 21h, ‘Páginas da Vida’.


Braga fez uma declaração irônica sobre a novela de Manoel Carlos, que
mobilizou cem atores, o que prejudicou a escalação de ‘Paraíso Tropical’.


‘Eu queria lembrar que, infelizmente, alguns que estão aqui são participações
especiais, para não pensarem que estamos batendo o recorde de ‘Páginas da Vida’
em número de atores’, disse Braga após a apresentação do elenco de ‘Paraíso
Tropical’ à imprensa, no Rio.


‘O Fábio [Assunção, protagonista] estava com medo de não sobrar [espaço] pra
ele’, afirmou Braga, irônico, se referindo às reclamações de atrizes de ‘Páginas
da Vida’ descontentes com as poucas aparições de suas personagens.


O elenco inicial de ‘Paraíso’ é composto de 65 nomes, mas 17 são
participações especiais. Do total, só 35 personagens são considerados
importantes.


Para driblar a falta de atores (em parte também por causa da Record, que já
contratou mais de cem), a novela apostará em lançamentos (quase todo o elenco
jovem é estreante) e em participações especiais de uma semana de duração. Uma
delas será a de Carmem Verônica, interpretando a mesma Mary Montilla de
‘Belíssima’. ‘Será uma homenagem a Silvio de Abreu’, conta o co-autor de
‘Paraíso’ Ricardo Linhares.


BOLADAS A Globo vai priorizar jogos do Corinthians e do São Paulo nas
transmissões de futebol para o Estado de São Paulo no restante deste ano. O São
Paulo, graças ao seu desempenho nas últimas Libertadores, está em ascensão no
Ibope.


PROMOÇÃO Dos novos VJs da MTV, o único até agora confirmado na programação de
2007 da emissora é Felipe Solari. Ex-coadjuvante de Marcos Mion na série ‘The
Nadas’, Solari vai apresentar o ‘MTV Overdrive’, que estréia em 4 de março.


NOVO PÚBLICONão é à toa que a Globo escalou Xuxa Meneghel para apresentar um
programa adulto. Anteontem, o ‘Hoje Em Dia’, da Record, ficou 16 minutos
empatado com o ‘TV Xuxa’.


HIT DO VERÃO 1 Está bombando no Youtube um vídeo capturado de ‘BBB 7’ em que
Diego (ou Alemão), o ‘protagonista’ masculino do programa, revela que não se
inscreveu para participar do ‘reality show’, mas que foi procurado pela Globo.


HIT DO VERÃO 2 A Globo admite que, além de Alemão, o recém-eliminado Fernando
(Justin) também foi selecionado por produtores.


MARKETING A Record vai tentar faturar com a escalação de participantes de
‘BBB’. Divulgará lista dos 90 pré-selecionados, de 26 mil inscritos, para
‘Aprendiz 4 – O Sócio’. E entregará a jornalistas os telefones de alguns deles,
para que a imprensa possa checar se realmente eles se inscreveram no
programa.’


******************


Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana
selecionados para a seção Entre Aspas.


Folha
de S. Paulo


O
Estado de S. Paulo


O
Globo


Veja


Negócios
da Comunicação


Comunique-se


Direto
da Redação


Último
Segundo


Terra
Magazine

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem