Segunda-feira, 19 de Fevereiro de 2018
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº974

ENTRE ASPAS > FIM DE SEMANA, 31/10 E 1/11

Folha de S. Paulo

03/11/2009 na edição 562

PROPAGANDA
Pedro Soares

Petrobras gastará R$ 250 mi em propaganda no ano das eleições

‘A Petrobras lançou ontem o edital da licitação para a escolha das agências de publicidade que dividirão a conta da companhia nos próximos dois anos. Serão selecionadas três empresas, que repartirão uma verba de R$ 250 milhões em 2010 -cifra que poderá ser mantida ou ampliada em 2011.

O contrato é de dois anos e cada agência tem direito de administrar 25% do orçamento de publicidade da companhia. Os outros 25% são alocados e distribuídos pela Petrobras livremente entre as companhias.

Atualmente, atendem à Petrobras F-Nazca S&S, Quê Comunicação e Heads Propaganda. As duas primeiras já tinham a conta da estatal, em 2007, quando foi realizada a última licitação. A paranaense Heads entrou no lugar da Duda Mendonça Propaganda, de propriedade do publicitário envolvido no escândalo do mensalão.

Tanto Quê como Heads alcançaram posição de destaque no mercado após assumirem a conta da Petrobras -a F-Nazca já era uma agência de maior porte. No ano passado, as três compartilharam um orçamento de R$ 269 milhões. Ou seja, se o orçamento de 2010 não estourar -o que é comum-, os gastos com publicidade serão mais baixos no ano que vem.

Após ficar estagnada em 2005 e 2006, a verba publicitária da Petrobras com publicidade subiu em 2007 (12%) e 2008 (13%). O crescimento supera a inflação média dos dois anos -de 4,46% em 2007 e de 5,90% em 2008, segundo o IPCA.

O valor gasto pela Petrobras em 2008 supera em 260% o investimento da Vale em publicidade no ano passado -R$ 50 milhões. A diferença é que a Vale só faz campanhas institucionais. Com foco também no consumidor final -por atuar na venda de combustíveis com a BR-, a Petrobras reservou 25% de seu orçamento de 2008 para campanhas mercadológicas.

O valor total a ser gasto em 2009 ainda está em aberto, mas deve se manter em torno de R$ 250 milhões, segundo a estatal.

A Petrobras segue a Resolução nº 20.562 do TSE, segundo a qual, em ano eleitoral, será usado como parâmetro de investimentos em publicidade institucional a média dos últimos três anos ou o valor do ano imediatamente anterior, o que for menor. Tal restrição refere-se a investimentos de publicidade institucional e não se aplica à divulgação de produtos e serviços que tenham concorrência no mercado, como é o caso das campanhas da BR.

A estatal diz que não inflou os gastos em 2007 e 2008 para poder gastar mais em 2010. Segundo a companhia, o crescimento dos investimentos em publicidade nos anos de 2007 e 2008 ‘não é um modo de ‘turbinar’ o orçamento da área’. Alega que ‘os orçamentos de publicidade para estes anos foram planejados de acordo com o incremento das atividades da companhia e o planejamento de investimentos publicitários, seguindo a média histórica de 1% do faturamento’ da estatal.

Desde 2000, quando o lucro superou os R$ 10 bilhões, o gasto tem oscilado entre 0,8% e 1,3% do lucro -em 2008, quando o lucro bateu o recorde de R$ 33 bilhões, ficou em 0,8%.

Para a Petrobras, o aumento do gasto de 2007 a 2009 nada tem a ver com as eleições de 2010. ‘A Petrobras não se orienta por bandeiras eleitorais ao definir seus projetos para difundir grandes valores, grandes ações e grandes eventos da companhia’, disse José Sérgio Gabrielli, presidente da estatal.

Segundo a empresa, só para a campanha de divulgação da descoberta do pré-sal foram gastos R$ 42,5 milhões.’

 

ELEIÇÕES
Fernando Rodrigues

Massacre na TV

‘BRASÍLIA – Daqui a um ano, em 31 de outubro de 2010, um domingo, será realizado o segundo turno da eleição presidencial -caso nenhum candidato tenha obtido pelo menos 50% mais um dos votos válidos na primeira rodada.

Com tanto tempo pela frente, é impossível e uma irresponsabilidade prever resultados. Em todas as eleições presidenciais brasileiras recentes só havia incógnitas 12 meses antes do pleito.

Feita a ressalva, vale registrar a consolidação crescente do condomínio lulo-petista a favor de Dilma Rousseff. Ao mesmo tempo, vai ficando emparedada a oposição com a trinca PSDB, Democratas e PPS.

No terceiro pelotão das composições eleitorais estão as candidaturas isoladas de Ciro Gomes (PSB) e de Marina Silva (PV). Hoje, Dilma teria a seu favor PT, PMDB, PDT, PR, PRB e PC do B.

Com essa configuração, a candidatura petista ao Planalto já garante 50% a mais de tempo de rádio e de TV do que o seu opositor direto, seja ele José Serra ou Aécio Neves.

O eleitor brasileiro ainda se informa de maneira geral pela TV ou rádio. A mídia impressa é para a elite. A internet permanece em fase de crescimento. Em resumo, ter mais tempo no horário eleitoral não garante vitória a ninguém. Mas é um obstáculo grande ficar sem um espaço confortável nessa janela de comunicação direta com os cidadãos.

Esse é o ponto principal a nortear toda a estratégia de alianças comandada por Lula e pelo PT.

Em eleições anteriores, sempre algum candidato presidencial teve prevalência em relação aos demais no tempo de TV. A diferença em 2010 é que a superioridade de um dos lados tende a ser avassaladora como nunca se viu.

Nas contas do PT, Dilma Rousseff terá de 60% a 70% do horário eleitoral. É um rolo compressor, embora não se saiba como a candidata de Lula usará tanto tempo assim na frente dos brasileiros.’

 

PUBLICIDADE
Mônica Bergamo

Ronaldo suspenso

‘Uma liminar do Conar (Conselho Nacional de Autorregulamentação Publicitária) obrigou a Bozzano a tirar do ar os anúncios de aparelho de barbear com o jogador Ronaldo. A Bayer alegou que o slogan do comercial, ‘É Bozzano, é bom’, é uma cópia de seu ‘Se é Bayer, é bom’, criado em 1922. A Bozzano está adaptando os anúncios para manter o craque no ar. E diz que vai recorrer da liminar que suspendeu a campanha.’

 

TELEVISÃO
Gustavo Villas Boas

Série sobre ETs busca fãs entusiastas de ‘Lost’

‘O novo ‘Lost’ de novo. Depois de ‘Heroes’, ‘Fringe’ e ‘Flashforward’, é a vez de ‘V’, remake de série de 1983, que estreia na terça nos EUA, também na emissora ABC.

A comparação é quase oficial. Jeffrey Bell, produtor de ‘V’, disse à ‘Wired’ que a série vai se esforçar para contemplar os fanáticos por ‘Lost’: as pessoas que mantêm blogs e chegam a pausar as imagens para observar os detalhes escondidos.

‘Mas também vamos manter as coisas simples. É um programa sobre espaçonaves’, disse Bell. Em ‘V’, vê-se pelo material promocional espalhado pela internet (um ponto comum entre quem quer ser o novo ‘Lost’) naves espaciais aparecem sobre a Terra.

O recado dado pela chefe dos ETs, Anna (Morena Baccarin), é claro: viemos em paz. Mas é mentiroso: os visitantes conspiram (outro tema comum) para subjugar os humanos.

Quem descobre isso é Erica Evans, uma agente do FBI vivida por Elizabeth Mitchell -oriunda do elenco de ‘Lost’, como aconteceu com outros nas séries citadas.

O problema é que os ETs são sedutores e, pior, recrutam adolescentes como ‘embaixadores da paz’. Erica também é mãe de um jovem rebelde e alistado pelos visitantes.

A mistura de drama com ficção científica e conspiração respaldada por extensões na internet não garante o sucesso da série. Um dos problemas é a disposição que as cifradas tramas exigem.

Para muita gente, um capítulo de ‘Lost’ é inexpugnável piada interna. A audiência diminui a cada temporada. Segundo a ABC, 15,6 milhões de pessoas, em média, assistiam a cada episódio da temporada inicial contra 11 milhões, em média, na quinta.

Mas a atenção dos entusiastas não diminui. O sexto ano de ‘Lost’ está sendo gravado e todos os dias blogs colocam uma foto capturada na surdina, contam bastidores e cogitam algo depois de escarafunchar o Twitter de um envolvido.

A presença de Elizabeth Mitchell em ‘V’ ajuda a funcionar a engrenagem das especulações. O que será da Juliet que ela vive em ‘Lost’?

A resposta só vai aparecer no começo de 2010, quando estreia a próxima temporada, mas… quem não gosta de spoiler, pare agora.

Na quinta temporada, Juliet acabou no fundo do poço, com uma bomba na mão, tentando fazê-la explodir para alterar o futuro e evitar a queda do avião.

Não ficou claro se conseguiu, só que, para 2010, os produtores de ‘Lost’ convocaram atores que morreram no início da série. Foi gravada uma cena de Locke, de novo na cadeira de rodas, conversando com Hurley, que tem o carro que tinha antes de cair na ilha. Em outra, Claire está grávida, condição em que embarcou no voo.’

 

Folha de S. Paulo

Música inédita de Bob Dylan está em ‘NCIS’

‘Uma canção inédita de Bob Dylan está na trilha sonora do seriado norte-americano ‘NCIS’. ‘California’ foi gravada junto com as faixas do disco ‘Bringing It All Back Home’, o quinto álbum de estúdio do cantor e compositor, lançado em março de 1965 sem ‘California’.

A faixa está disponível agora no segundo volume da trilha sonora de ‘NCIS’, o seriado mais visto da televisão norte-americana hoje. O disco será lançado na próxima terça-feira, mesmo dia em que vai ao ar nos Estados Unidos um episódio da série com destaque para a música de Bob Dylan.

No Brasil, está no ar pela AXN a sexta temporada do seriado ‘NCIS’, exibido às sextas, às 20h.’

 

Folha de S. Paulo

NBC cancela ‘Trauma’, que estreia no Brasil

‘O seriado ‘Trauma’, que estreia no Brasil pela Warner na próxima quarta-feira, foi cancelado pela NBC, canal que exibe o seriado nos Estados Unidos.

Já estão prontos 13 episódios do drama médico, indo ao ar agora nos EUA. Mas estes serão os primeiros e últimos capítulos da trama. Um dos programas mais caros na grade de segunda-feira da NBC, ‘Trauma’ não emplacou, o que motivou o cancelamento de uma segunda temporada da série.

Executivos apontam como um dos motivos para o fracasso de ‘Trauma’ a concorrência com ‘Mercy’, outro drama hospitalar na grade de outono da rede NBC, que, aliás, já tem garantida a sua próxima temporada.’

 

******************

Clique nos links abaixo para acessar os textos do final de semana selecionados para a seção Entre Aspas.

Folha de S. Paulo

Folha de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

O Estado de S. Paulo

Comunique-se

Carta Capital

Terra Magazine

Agência Carta Maior

Veja

Tiago Dória Weblog

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem