Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017
ISSN 1519-7670 - Ano 19 - nº970

ENTRE ASPAS > QUARTA-FEIRA, 31/01

Governo dá canal
de TV à Renascer

Por Luiz Antonio Magalhães em 31/01/2007 na edição 418


Folha de S. Paulo


Quarta-feira, 31 de janeiro de 2007


MÍDIA & RELIGIÃO
Daniel Castro


Governo dá canal de TV à Igreja Renascer


‘Apesar dos escândalos envolvendo os líderes da Igreja Renascer em Cristo, o governo federal acaba de conceder à instituição um canal de TV.


Em portaria publicada no ‘Diário Oficial’ de anteontem, o Ministério das Comunicações autorizou a Ivanov Comunicação e Participações Ltda. (empresa registrada no mesmo endereço da sede administrativa da igreja) a retransmitir em Vila Velha (ES) os sinais gerados pela Fundação Evangélica Trindade, concessionária do canal 53 em São Paulo.


A Fundação Trindade foi criada pela Renascer nos anos 80 especificamente para obter uma geradora de televisão ‘educativa’, que não exige concorrência pública. Com a geradora em São Paulo, que tem o nome comercial de Rede Gospel, a igreja pediu ao governo, no ano passado, uma série de retransmissoras (que também não requerem licitação), como a que conquistou em Vila Velha. O canal na Grande Vitória será o quinto da Rede Gospel.


Os líderes da Renascer, bispa Sonia e apóstolo Estevam Hernandes, são acusados nos EUA de contrabando de dinheiro e depoimento falso à polícia. Em São Paulo, promotores os acusam de usarem doações de fiéis para aquisições pessoais, como haras e casa de praia nos EUA.


A Igreja Renascer não comentou as acusações contra seus líderes. O Ministério das Comunicações também não comentou o assunto.


PEDRA DURA 1 Miguel Falabella vem negociando com Mário Lúcio Vaz, diretor-geral artístico da Globo, a produção de uma temporada de seu humorístico ‘Toma Lá Dá Cá’, que a emissora testou no final de 2005.


PEDRA DURA 2 O autor e ator já ouviu que não há mais vagas para novas atrações na programação de 2007. Mas tem insistido por uma chance depois do ‘Globo Repórter’, horário em que a rede tem exibido microtemporadas, como ‘Antônia’.


AZARAÇÃO A Record estréia amanhã, no ‘Programa da Tarde’, o quadro ‘Jogo do Namoro’, inicialmente idealizado para ser estrelado por Daniella Cicarelli, o que não vingou. A apresentação será de Maria Cândida.


CRIAÇÃO ZERO Até quinta-feira passada, o programa apresentado por Celso Portiolli no SBT se chamava ‘Charme com Adriane Galisteu’. Na sexta, mudou para ‘Namoro na TV’. Anteontem, já era ‘Namoro e Etc.’ (sic).


FROST FREE Já Adriane Galisteu retornou da ‘geladeira’ de Silvio Santos, anteontem, às 23h30, marcando seis pontos no Ibope.


ESTABILIDADE A nomeação de Daniela Beirutty, filha de Silvio Santos, como diretora artística do SBT agradou aos apresentadores da casa, um fato raro. Eles acreditam que Daniela terá longa permanência no cargo, ao contrário de seus antecessores. E torcem para que ela consiga estancar o processo de queda de audiência pelo qual o SBT passa.’


JORNAIS GRATUITOS
Folha de S. Paulo


Mídia: jornal ‘Destak’ diz cumprir legislação


‘Investigado pelo Ministério Público de SP por suposto controle estrangeiro, situação vetada no Brasil, o jornal informou ao órgão que a presença majoritária de portugueses no conselho de administração não fere a Constituição. Disse que o dono majoritário é naturalizado há mais de 50 anos, o que é previsto em lei, e que a gestão empresarial cabe a dois brasileiros natos.’


TODA MÍDIA
Nelson de Sá


Índia bate Brasil


‘Saiu até na Globo, ‘a siderurgia brasileira dá mais um lance no tabuleiro do mercado internacional do aço’, ‘as empresas nacionais estão se transformando em multinacionais’ etc. No exterior, o jogo pesado da cobertura sobre a compra da européia Corus não se mostrou tão simpático ao Brasil. A disputa opunha a CSN e a Tata. Por coincidência, na última semana o noticiário externo veio carregado de questionamentos à brasileira e de elogios à indiana. Mas um acionista da Corus disse à BBC, citada no ‘Guardian’, que ‘arriscaria, com risco grande, que a CSN tem chance um pouco maior’. Ele perdeu.


COINCIDÊNCIAS


Exemplo de noticiário de última hora na disputa no aço foi ‘Cresce o lucro da Tata’, no ‘Wall Street Journal’, em despacho de Calcutá baseado em relatório da empresa.


A brasileira aparentemente respondeu com ‘CSN estuda oferta pela Paz del Rio’, no site do ‘WSJ’, em despacho de São Paulo também baseado em anúncio da empresa.


‘AMEAÇA’


Nada se compara, de todo modo, ao monte de despachos do ‘Financial Times’ há uma semana, com títulos como ‘Embate sobre ferro ameaça proposta da CSN pela Corus’, do correspondente -que deu voz a um questionamento da Vale, concorrente da CSN.


De outro lado, o sucesso da indiana Tata era previsto pelo ‘FT’, ‘mesmo sem a Corus’.


Gates, Stewart e o fundo de publicidade para o novo produto da Microsoft


VISTA, VISTA, VISTA


O megalançamento global do Windows Vista começou com Bill Gates -quem poderia imaginar?- no ‘Daily Show’ da noite anterior. É o programa de humor de Jon Stewart, num canal de cabo dos EUA, Comedy Central, mas dos mais solicitados no YouTube -e no Digg, como se viu ontem, com a explosão de indicações do vídeo.


Para quem acompanha Stewart, ‘âncora’ que questiona virulentamente à direita e à esquerda, com coragem que desapareceu das redes dos EUA, foi frustrante. Ainda que engraçada, a entrevista nem resvalou pela crítica -e era uma evidente plataforma de propaganda para a Microsoft.


DE R$ 10 A R$ 20


Por aqui, uma das notícias mais indicadas ontem no EuCurti, um Digg brasileiro, era ‘Windows Vista a R$ 10’ nos ‘camelôs em São Paulo’. Já a Folha Online apurou R$ 15 na rua Santa Ifigênia e R$ 20 na avenida Paulista.


VÍRUS E BUGS


Sites de edição participativa como o Slashdot destacavam ontem que avisos de vírus já ameaçam o Vista, segundo o ‘Guardian’, e que o mercado para criar/identificar ‘bugs’ no programa já está em ação, segundo o ‘New York Times’.


Imagem do videogame Nintendo Wii, com o canal da agência AP


TV E MAIS TV


No ‘Daily Show’, sobre ‘o futuro’, Bil Gates confirmou que a Microsoft vem desenvolvendo TV para a internet.


Não está sozinho. Há pouco os fundadores do Skype e do KaZaA se uniram para lançar o serviço de vídeo Joost, um YouTube com qualidade de imagem bem maior, já em fase ‘beta’, de testes. E agora surge outro, o Babelgum, já em ‘beta’ e até com blogueiros brasileiros participando.


A TV on-line está por todo lado, até no Nintendo Wii, como informa o blog Meio Bit, via Carlos Cardoso. O Wii já tem três canais, sobre internet, tempo e notícias da AP.’


INTERNET
Folha de S. Paulo


Yahoo! aposta em link patrocinado para crescer


‘O sistema de links patrocinados, o mecanismo de publicação ligado às buscas em sites, é uma das apostas do Yahoo! para aumentar o seu faturamento no Brasil. A empresa lança neste ano no país o Panamá, um sistema que promete ser mais preciso do que o atual.


Para o ano que vem, o Yahoo! diz que o usuário comum poderá utilizar o Panamá, e não apenas o grandes portais.


Segundo o presidente do grupo no Brasil, Guilherme Ribenboim, o faturamento do Yahoo! cresceu 76% em 2006 e a expectativa é que ele avance 50% neste ano. A empresa também diz esperar um aumento de 36% no número de usuários únicos em 2007 em relação ao ano passado.


Ele também mudará o Yahoo! Grupos, que deve ter mais características de site de relacionamentos.’


CINEMA & TV
Silvana Arantes


‘A Grande Família’ lidera bilheteria


‘A bilheteria de ‘A Grande Família – O Filme’ correspondeu às expectativas do mercado cinematográfico de ver surgir um sucesso nacional que suspenda o jejum em vigor desde o início de 2006, quando apenas ‘Se Eu Fosse Você’, de Daniel Filho, lançado em janeiro, teve público notável (3,6 milhões).


O longa de Maurício Farias, baseado no seriado homônimo da Globo, ficou em primeiro lugar no ranking de público (303 mil), renda (R$ 2,7 milhões) e média de espectadores por cópia (1.100) do fim de semana.


Lançado em 262 cinemas, ‘A Grande Família – O Filme’ estreou na última quinta, em São Paulo, e no restante do país, um dia depois. Os resultados somam o público até domingo.


Foi o segundo filme nacional a estrear em 2007. ‘Passageiro -°Segredos de Adulto’, de Flávio R. Tambellini, lançado há três semanas em 13 cinemas, soma 4.347 espectadores.


‘A Grande Família – O Filme’ ‘pode chegar a 2 milhões [de espectadores], o que seria fantástico para o cenário atual de público para cinema’, diz Carlos Eduardo Rodrigues, diretor-executivo da Globo Filmes.


Com o longa de Farias, Rodrigues testa ‘um novo formato de negócio’, que prescinde do incentivo das leis de renúncia fiscal (Rouanet e Audiovisual), utilizadas na quase totalidade dos filmes brasileiros.


O longa de Farias custou R$ 5 milhões, investidos pela Globo Filmes, pela distribuidora Europa e pela Caixa Econômica Federal, que tem sua marca divulgada em cenas do longa.


‘O formato buscou obter ganhos de escala na produção, com o uso de recursos de infra-estrutura da Central Globo de Produção e de recursos tecnológicos de ponta -foi filmado e finalizado em [tecnologia] digital’, afirma Rodrigues.


O executivo classifica o formato como sendo ‘de altíssimo risco’ e afirma que, no caso atual, os riscos foram minimizados pela ‘força da marca ‘A Grande Família’, associada a um roteiro adequado ao cinema e a um orçamento que incorporou os ganhos de escala’.


Segundo ele, a Globo Filmes não definiu em quantos títulos aplicará o formato, ‘mas não deve passar de um por ano’.’


************


O Estado de S. Paulo


Quarta-feira, 31 de janeiro de 2007


CASO PLAME
O Estado de S. Paulo


Jornalista complica ex-assessor de Cheney


‘A ex-repórter do jornal The New York Times Judith Miller complicou ontem a situação jurídica de I. Lewis Scooter Libby, ex-chefe de gabinete do vice-presidente dos EUA, Dick Cheney. Libby está sendo julgado pelo vazamento da informação sobre a identidade da agente secreta da CIA Valerie Plame. A revelação de agentes encobertos por parte de funcionários do governo é considerado crime federal nos EUA.


Judith, que passou 85 dias na prisão por se negar a revelar a fonte do vazamento, declarou ontem em juízo que ouviu Libby mencionar por duas vezes que Valerie era agente da CIA em 23 de junho e 8 de julho de 2003. Libby havia declarado em juízo que havia escutado pela primeira vez que Valerie trabalhava para o serviço de inteligência em 10 de julho de 2003.


Libby disse ter sido informado pelo próprio Cheney que Valerie realizava trabalhos numa divisão da CIA especializada em armas de destruição maciça.


A revelação da identidade da agente foi interpretada como uma vingança política contra o marido dela, o ex-embaixador Joseph Wilson.


Duro crítico da decisão do presidente George W. Bush de invadir o Iraque, Wilson desmentiu publicamente a informação de que Saddam Hussein estaria tentando comprar urânio no Níger para um suposto programa nuclear iraquiano. Bush havia apresentado o fato – uma justificativa para sua intenção de invadir o Iraque – durante o discurso sobre Estado da União de janeiro de 2003.


Wilson afirmou na época ter liderado meses antes uma investigação sobre a possível venda de urânio do Níger para o Iraque e o governo tinha ciência de que a informação era improcedente. AP’


CUBA
O Estado de S. Paulo


Fidel reaparece na TV cubana


‘Após 3 meses, líder é visto em vídeo ao lado de Chávez


A TV estatal cubana exibiu ontem um vídeo de Fidel Castro recebendo a visita do presidente venezuelano, Hugo Chávez, nas primeiras imagens do líder cubano divulgadas em três meses. Segundo a TV, o vídeo de 10 minutos foi gravado segunda-feira, durante encontro de duas horas. Chávez disse ontem que Fidel estava de bom humor e mostrou ‘muita clareza em suas idéias e análises, como sempre’.


O vídeo mostra Fidel de pé, com andar lento, magro, mas aparentemente mais forte que nas imagens divulgadas em 28 de outubro. Ele toma suco de laranja, lê algumas manchetes de jornal e comenta – falando lentamente e com voz quase incompreensível, segundo o correspondente da Reuters Anthony Boadle – sobre a ‘mudança climática’ e os problemas que acarretará à humanidade. ‘Você foi o primeiro a advertir que isso está pondo em perigo a vida da espécie’, diz Fidel a Chávez. Hoje faz seis meses que o governo anunciou que Fidel passou interinamente o poder a seu irmão Raúl para submeter-se a uma cirurgia intestinal. O médico espanhol José García Sabrido, que examinou Fidel em dezembro, disse há duas semanas que ele estava se recuperando lentamente, e negou uma versão do jornal El País de que o líder cubano tenha passado por três operações fracassadas por causa de uma diverticulite. REUTERS E AP’


INTERNET
O Estado de S. Paulo


Google coloca vídeos do YouTube no Orkut


‘Os usuários do Orkut, que pertence ao Google, agora podem incluir vídeos do YouTube e do Google Video em seu perfil, numa nova seção, chamada ‘Meus Vídeos Favoritos’. O dono do perfil cadastra os links dos vídeos e quem visita a página consegue assisti-los no próprio Orkut. ‘A idéia da integração surgiu de sugestões do internautas, que a equipe de desenvolvimento vai coletando’, explicou Carlos Eduardo Ximenes, diretor de Comunicação Corporativa do Google no Brasil. ‘Como aconteceu com o Gmail e o Google Talk, um produto alavanca o outro.’


O Orkut tem cerca de 40 milhões de usuários em todo o mundo. Cinqüenta e oito por cento se declaram brasileiros. O domínio do Brasil já foi maior, com mais de 80% dos perfis. A comunidade que mais cresce hoje é a indiana, com 13% do total de usuários. ‘A tendência é que a quantidade de brasileiros e de indianos venha a se equilibrar, no futuro’, disse Ximenes.


O Google também lançou outro serviço para o Orkut, integrando-o com o celular. Quem tem celular da Claro pode se cadastrar para receber e enviar scraps (recados) dos amigos pelo telefone móvel, no formato de mensagens de texto. ‘Negociamos com outras operadoras’, disse o executivo. Custa R$ 0,10 para receber e R$ 0,31 para enviar os scraps, mais impostos.


O usuário precisa se inscrever no Orkut e mandar a mensagem ‘ativar’ para o número 67588 (‘Orkut’ no teclado do telefone) par ao serviço começar a funcionar. O serviço é limitado a até 40 mensagens por mês. É possível configurar o recebimento de mensagens somente de amigos e também o horário. ‘Como fico conectado até às 20h no escritório, não preciso ser avisado de novos scraps pelo celular no horário de trabalho’, exemplificou Ximenes. ‘Também posso deixar o serviço desligado depois da meia noite, quando vou dormir e não respondo recados.’’


***


Especialistas prevêem boom de TV por internet


‘A TV por internet (IPTV) e a entrada das operadoras de telefonia nesse serviço são tendências irreversíveis para o Brasil, segundo executivos do setor que participaram do IPTV World Forum Latin America, no Rio. O diretor de Televisão e Serviço Multimídia da Telefônica do Peru, Werner Schuler, disse que a TV do grupo já está no ar no Peru e no Chile. No Brasil, disse, não há previsão de inauguração do serviço, por conta de limitações regulatórias.’


CARTUM
Karla Dunder


O bom Jeremias revive em livro


‘O personagem Jeremias, o Bom nasceu em 1965, como tiras nas páginas do Jornal do Brasil pelas mãos do cartunista Ziraldo. A história de Jeremias é tão intensa quanto curta: a figura que marcou época morreu em 1969, após ser publicada nas páginas da revista O Cruzeiro em um dos períodos mais duros da ditadura militar. No início, toda a bondade de Jeremias funcionava como uma crítica dos costumes da época, depois o alvo da pena ferina do desenhista passou a ser a política nacional. Essas histórias foram reunidas em livro, Jeremias, o Bom (Melhoramentos, 144 págs., R$ 39), e acaba de chegar às livrarias.


Uma figura de terno escuro e sempre impecável, sapato engraxado e brilhante. Sua elegância se traduz no comportamento: Jeremias é sempre polido com todos, cuidadoso ao extremo, tanto que ao nascer tomou cuidado para que sua mãe não sentisse nenhuma dor. Ele não é um Dom Quixote, que termina maluco, nem um santo. É um homem comum, de classe média, espremido entre o luxo e a miséria, alguém que quer fazer o bem sem chamar a atenção para si, sem estardalhaço.


Ele é aquele cara que sempre vai para o gol, para evitar discussões. Ou mesmo de tanto comprar dropes de crianças nas ruas – Jeremias seria incapaz de fechar o vidro ou ignorar um apelo de um menino pobre -, acabou tornando-se diabético. Chega ao cúmulo de ter sua residência assaltada e sua reação inesperada é fazer o miserável do ladrão jantar. Um alerta ou uma cutucada sobre questões tão comuns no cotidiano brasileiro.


Com o passar dos anos a crítica vai ser tornando mais apimentada. Como na tira em que uma grande roda se forma em volta de Jeremias. Todos o saúdam. Ele, constrangido, sem entender direito o que se passa, aceita os cumprimentos. Dois senhores ao lado comentam: ‘Espalharam que é ele que vai redigir a nova constituição.’ Em dado momento, alguém anuncia uma nova lei de imprensa. Jeremias recorta os jornais, com toda a boa vontade, tentando descobrir uma nova função para os impressos.


Em outro momento, Ziraldo desabafa: ‘Os bons não ficam alheios ao que está se passando à sua volta. Só que reagem de maneira muito especial. (…) A Guerra do Vietnã e o contraponto da Guerra do Oriente Médio, os transplantes de coração, a obsessiva preocupação do controle internacional da natalidade, o carnaval, o Dia das Mães, o Dia dos Pais, os eventos políticos de nosso tempo, tudo, enfim, que compõe cada dia da nossa vida neste mundo, que gira enquanto a Lusitana roda, é registrado mais pelo coração do que pela razão do nosso homem bom.’ Jeremias, o Bom continua atual e vale a pena ser lido pela geração do século 21.


O tão querido personagem ganhou uma homenagem extra. Um bar com o seu nome na Rua Avanhandava, nº 37, no centro de São Paulo. As paredes do bar ganharam decoração especial, repleta de desenhos originais de vários cartunistas brasileiros vivos.’


TELEVISÃO
Cristina Padiglione


Autores temem censura


‘Reunião em Brasília juntou anteontem os dramaturgos Silvio de Abreu e Marcílio Moraes (presidente da Associação dos Roteiristas), a atriz Angelina Muniz, o diretor Roberto Farias, a Associação Brasileira das Emissoras de Rádio e TV (Abert) e José Eduardo Romão, do Departamento de Classificação Indicativa do Ministério da Justiça. Em pauta: o Manual da Nova Classificação Indicativa, que rege a adequação de horários e conteúdos.


Resultado de uma série de consultas públicas realizadas em 2006 e de encontros entre ONGs e entidades civis, o Manual só agora chegou ao conhecimento do pessoal da TV. Não que a turma não tenha sido avisada do processo, mas os autores mal tinham noção, até aqui, dos detalhes do documento.


A princípio, a imposição das regras que determinam o que pode ir ao ar e a que horas não os agrada. A reunião visava A manifestar a desconfiança dos artistas e das emissoras. ‘É um cartapácio de 58 páginas com uma série princípios e indicadores extremamente preocupantes’, disse Marcílio Moraes ao Estado. ‘Manifestamos nossa estranheza e demonstramos como é impossível aplicar o que ali está dito em novelas. Acabaria com o gênero no Brasil.’


Romão disse na ocasião que os princípios já vêm sendo aplicados, ou seja, não há interferência na criação. Mas os autores se surpreenderam com a especificação de detalhes que nem sempre podem ser mensurados, como termos porcentuais de conteúdo sexual ou o grau de ironia de uma cena. ‘Não chegamos a propor mudanças. Gostaríamos que simplesmente não houvesse nenhum tipo de classificação, porque, em última análise, se torna censura’, diz Marcílio.


Procurado pelo Estado, Romão, do MJ, não foi localizado até o encerramento desta edição.


entre-linhas


O contrato de Gilberto Barros com a Band vai até 2008. Na renegociação, a propósito de sua redução em cena, um novo acordo vem sendo proposto. Muda a base financeira e seu espaço na programação, mas o vencimento para 2008 será mantido.


Noite de segunda-feira, pleno horário de Hebe, o SBT exibia um programa com Adriane Galisteu. Obra de Silvio Santos, que adora provocar constrangimentos entre as estrelas de seu cast.


Christine Fernandes ignorou a gramática por duas vezes em Páginas da Vida: ‘Fazem seis anos que conheço Jorge.’’


************

Todos os comentários

x

Indique a um amigo

Este é um espaço para você indicar conteúdo do site aos seus amigos.

O Campos com * são obrigatórios.

Seus dados

Dados do amigo (1)

Dados do amigo (2)

Mensagem